CrÓnicas longas distÂncias btt & cavaleiros do pedal

froids

Active Member
#43
Peço desculpa não te ter respondido mais cedo Ricardo.
O meu método de bivaque consiste em dormir ao relento com um saco cama apenas. A isto junto um pequeno toldo, chamado "tarp" se estiver tempo mais manhoso. É um processo que pode ficar muito identico a essa tenda que mostraste ou mais simples.
Deixo aqui um link de uma pesquisa do Google com imagens. Quando tiver o meu kit todo completo novamente e poder testar tiro umas fotos e mostro. Agora está em processo de "upgrade" ;)

https://www.google.pt/search?q=bike...-talk-little-bikepacking-772693.html;1024;768

Penso que dê para veres o que é. O peso é ridiculamente pequeno quando comparados com os 1.6Kg dessa tenda que postaste (embora essa tenda tenha alta pinta :D)

Em relação à ida a Sintra, é só combinarmos um dia. Eu posso ir tanto ao sabado como ao domingo, ou nos dois dias eheheheeh
Tenho os dias 12/04, 17/05 e 31/05 ocupados, mas tirando esses domingos, é quando quiseres! ;)

Abraços
:xau:
 

froids

Active Member
#45
iMiguel, é como preferirem! :D
Esse Raid das Linhas de Torres (será isso?!) eu não conheço, mas conheço a zona mais ou menos e também deve ser um passeio interessante. É uma questão de se combinar. Por mim, pedalo em qualquer lado!

Abraços
:xau:
 

froids

Active Member
#48
Olá ignite,

Para já é DIY, mas o upgrade que espero é um "Tarp" (toldo) novo, maior e ainda mais leve :D
A marca, ainda em principio, será Alpkit, o Rig 7 (o Rig 3.5 não é impermeavel)

Algumas ideias basicas para montagem de tarps: https://www.alpkit.com/alpdocs/tarp_tips.pdf

Outra peça do meu equipamento que vai sofrer alterações profundas é o fogão.
Para já tenho um bico Camping Gás ao qual junto uma botija pequena da mesma marca e o Windshield. O peso do conjunto deverá rondar o quilo, quilo e pouquinho.
O que irá ser substituido é mesmo todo o conjunto por um fogao a alcool desnaturado, feito com latas de cerveja. O peso ronda as 150 gramas já abastecido de fuel (alcool) :D :D :D

Penso que por estas imagens também conseguiram tirar uma ideia do que falo:
https://www.google.co.uk/search?q=c...PImvU9GHgPAN&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1355&bih=695

Em principio irei tentar fazer o meu na versão "Penny stove". Mas irei testar outros modelos durante a fase de fabrico e "invenções"!

Todas estas alterações ao meu "kit" de bikepacking irão ser documentadas num post proprio para o efeito que criarei ainda antes de arrancar para a minha travessia da GR22.
Aí irei postar a lista completa de material que irei usar, primeiras impressões e testes ao material (ao que construi e alterei e áquele que já tenho próprio para o efeito)

Abraçorros
:xau:
 
Last edited:
#49
Boas pessoal,

FROIDS, estou a ficar super curioso de fazer uma travessia em plena autonomia.. Esse modo do Bivaque é altamente, e no verão ainda melhor!
Como ainda não sei se vou fazer a Rota Vicentina no modo Dionísio Lopes, caso não o faça, se calhar arrisco uma noite, para experimentar.

Na tua bagagem levas alguma bolsa daquelas triangulares que encaixam no quadro? Onde se compra isso? e aquelas bolsas, que ficam por baixo do selim e presos no espigão? Parece que se leva aí o saco cama...

Se o Dionisio Lopes, não for à Rota, a viagem mantém-se, mas com este track - http://www.gpsies.com/map.do;jsessionid=33B6E27387E5EC2158218D8CA8988BFD?fileId=gdgtmoabgptsnlzl

Ou senão, a Via Algarviana... seria uma boa altura para experimentar a Autonomia total...

Outra questão - nos teus planos da GR22, tencionas pernoitar todos os dias, em total autonomia? ou ponderas passar um dia ou outro na civilização para tomares banho, lavar roupa?

E o que é um DIY?

Aguardo por novidades, eh eh eh
:yeah:
 
Last edited:
#50
Falando a Rota das Linhas Torres, é outra que me está atravessada, mas essa é mais curta... faz-se num dia...
Por falta de tempo, ainda não a fiz. Pode ser que na próxima semana, uma vez que vou estar 4 dias em casa, pegue na bike e vá até Torres Vedras, seguindo o track
 

froids

Active Member
#51
Ricast,

Na GR22 vou um pouco à aventura e preparado para dormir ao relento as 4 noites. No entanto, se algum final de etapa se proporcionar perto de alguma possibilidade de alojamento, aproveito se puder. Em relação aos almoços e jantares, irei aplicar a mesma filosofia. Se os timmings coincidirem com local para comer, melhor. De qualquer forma irei levar 4 jantares comigo, "just in case" ;)

DIY significa "Do It Yourself" ;)


Abraçorros
:xau:
 
#53
Vivam,

quero agradecer-vos as 3 últimas horas aqui neste vosso tópico :venia:

Embora já tenha feito uma ou outra aventura (Caminho de Fátima e Caminho Central Português), ao pé de vós, como se costuma dizer, sou um "menino".
Porque este é o tipo de btt com que mais me identifico, agradeço-vos a "viagem", pois para quem não tem tanto tempo/disponibilidade/possibilidade de efetuar este tipo de Raids, estas crónicas são puro "mel"! Podem crer que vos vou acompanhando por aqui. (Quem sabe, algum dia, nos trilhos)

No fim de semana passado fiz alguns quilómetros na GR33 (Grande Rota do Zêzere, ligação entre Constância e Penedo Furado - Água Formosa) e ainda estou com água na boca...
Ando a estudar uma incursão pelas Aldeias de Xisto (3/4 dias), neste próximo Verão e vocês vão servir-me de "fontes" (bibliografia/material/inspiração/etc...).
Obrigado pelos relatos e por toda a informação que vão partilhando.
Continuação de boas aventuras/pedaladas
:cheers:
 
#54
Boas FROIDS, agradeço e ao CManl também, desconhecia completamente este tipo de material e já estou fã... a próxima viagem que será a Via Algarviana, mas de 15 a 20 de Setembro. Aqui quero experimentar pelo menos um dia, essa experiência. Logo a seguir vem a Rota Vicentina, de 21 a 24 de Setembro, vai ser tudo seguido.

Boas Speças, cada vez tenho mais ganas de viajar de bike, e graças ao FROIDS, mais curioso estou de me iniciar no bikepacking... nem é tanto no bikepacking, não sou apologista de ter a bike pesada.. mas há bolsas muito interessantes neste conceito

Quem sabe um dia, não faça um viagem contigo, ou com o FROIDS, e o CManl... Portugal é tão pequeno e Enorme para as nossas aventuras!

Abraço
 
Last edited:
#55
Boas
Existe cá alguma loja que venda material para BikePacking?
Ou que loja online que aconselham-me? Curtia comprar algo parecido a esta bolsa
 

froids

Active Member
#56
Cá, como assim?! Cá em Portugal?! Loja fisica?! DUVIDO! ehehehehe
Infelizmente, dúvido mesmo muito que consigas encontrar cá disso à venda.

Tenta no link que o CManl meteu.
Olha que é mesmo alta dica, porque tem material que é feito nos States e é dificil mandar vir desde lá.
Aquele site é Francês, tem bastante variedade e boas marcas com a facilidade da compra ser na europa, sem stresses com alfandegas, portes e afins!

O(s) meu(s) suportes de carga são "tradicionais", ou seja, rigido para bikes FS. Este ano ainda é o que vou usar em conjunto com mais um saco (pequeno) para o quadro, suporte frontal (debaixo do guiador) e mochila. Com estes 4 reservatorios de carga penso conseguir distribuir todo o peso de forma homogene e equilibrada e nao sobrecarregar nenhuma parte (traseira, frente ou costas)

A vantagem desse tipo de "alforge" é que são extremamente leves quando comparados com os rigidos "tradicionais". E normalmente muito mais robustos e duradouros!
Dentro do suporte vai um saco cilindrico impermeavel, tipo os de espeleologia.

:xau:
 
#57
Boas, ya, estou a explorar agora o link, muito bom mesmo!
Obrigado CManl e Froids, pelas dicas


É um mundo esta página... tem tudo, e várias marcas.. perfeito

:hehe::venia::venia:
 
Last edited:
#58
Bikepacking em Portugal

Viva..

Tenho uma página criada no FB, que pretende abordar e dinamizar o bikepacking em Portugal. Na verdade, como não tenho tido muito tempo para lhe dedicar, ainda não passou de pouco mais que um projecto. Penso, que os camaradas que aqui já demonstraram algum interesse e prática sobre o bikepacking, poderão constituir um núcleo de dinamizadores da mesma.

O bikepacking em si está "inventado" há muito, embora aqui em Portugal não tenha qualquer expressão. É para avançar?! :yeah: Bora!!

Abraço,
CManl
 

froids

Active Member
#59
Eu este ano, desse modo, pretendo fazer a GR22 e repetir a minha primeira travessia Troia-Sagres (btt, claro).
Êu gosto muito do conceito e sim por mim pode ser para avançar.
E também tinha ideia (ou ilusão ehehe) de criar a primeira (acho) "Bickepacking self-supported Adventure Race" cá no nosso cantinho ;) e é nesse sentido que vou repetir a minha primeira travessia. Para reconhecer trilhos e conhecer outros novos e depois criar "algo" à volta disso, como a Tour Divide ou muitas outras que há por esse mundo fora... menos em portugal ehehehe claro, que com distancias adaptadas às nossas realidades de tamanho de país ehehehe

Mas manda aí o link da página, CManl. Manda, manda.... Pensava que eu era o único maluquinho :D mas afinal já percebi que não ;)
Haja depois malta com sede de aventura ehehehe

:xau:
 
#60
Por mim é na boa, é bom encontrar pessoal com o mesmo vicio.. Falo das travessias claro, em relação ao modo Bikepacking ainda sou um maçarro. Estou é muito curioso do modo DIY, e experimentar ficar no mato ao relento como o FROIDS já mencionou que quer fazer a GR22 nesse mesmo modo, Autonomia Totalissima.

Qual o nome da página CManl?

:cheers: