CrÓnicas longas distÂncias btt & cavaleiros do pedal

#62
Viva..

Procurem no FB por o grupo "Portugal Bikepacking", peçam a adesão. Depois, como se pretende que seja um grupo de todos (e para todos) os interessados, podemos definir qual será a política de adesões e outros assuntos de interesse.

Desfrutem!

CManl
 
#66
Boas Amigos do Pedal

Dia 3 de Maio, Domingo, Passeio dos Cavaleiros do Pedal

Destino: Barreiro - Cabo Espichel - Trafaria, terreno misto, infelizmente terá de ser assim.
São 100km, com 1250Ac+

*Velocidade de Passeio

Passeio para se fazer com calma, almoço no Cabo Espichel. Ao chegar à Costa, e se a maioria ainda estiver bem, há uma surpresa...

Mais informação em facebook.com/groups/cavaleirosdp - eventos - Cavaleiros Ao Cabo Espichel

Mais não digo, logo verão
 
Last edited:
#67
Possa como o tempo passa....

Bem este domingo é dia de largar a fera.. ainda indeciso, se vou há Conquista dos 3 Castelos ou a um Passeio organizado pelos Maniacos do Pedal, em Melides!!! Hummmmm o que hei-de fazer.. Se calhar irei optar pela segunda... um dia bem diferente na companhia de muitos amigos do pedal
 
#73
Boas

faço um pequeno rescaldo das duas travessias, tudo seguido, como pretendi de inicio.

A Rota Vicentina não fizemos na integra porque assim o decidimos, mas ficou o bichinho de o querer fazer novamente e completo, mas com outro track que arranjei mais recente, de 2015. Da próxima até posso manter os mesmos dias: Tróia - Almograve / Almograve - Odeceixe / Odeceixe - Cabo são Vicente - Lagos.

No dia a seguir ao fim da Rota, fui para Vila Real de Santo António, e no percurso de comboio, houve escala, eh eh, em Faro e aí conheci finalmente o meu companheiro de viagem e também ele Cavaleiro do Pedal, o LFrank.

Ao chegar a VRSA fomos logo almoçar e seguimos logo a seguir ao reforço para Alcoutim, foram por volta de 40km com talvez os últimos 15 de baixo de chuva. Era a benção para a Via.

Os 5 dias que vieram, fiquei com uma nova sensação a respeito a tudo o que fiz até hoje de travessias. Esta sem dúvida foi a mais puxada. A Via em si, não é fácil, e depois com condicionantes que podemos apanhar, como o ano passado o Froids e o Miguel apanharam SOL, também deve doer bastante e não deve ser fácil.

Nós não apanhámos sol, mas foi do primeiro ao último dia com Chuva, nem sempre chovia, mas quando acontecia era de extremos.

No inicio disseram-me que a Via era um carrossel, e cheguei a outra conclusão, é uma montanha russa e daquelas que nos borra todo. O primeiro dia é apenas uma introdução daquilo que vais sofrer todos os dias. Eu já tinha mais de 250km quando iniciei a Via. E dei-me bem, não tive problemas fisicos, nem técnicos, nem o Lfrank.

Agora há que planear outras viagens mas ao pormenor.

Passem pelo blogue, têm lá as fotos destas travessias, como os videos.
 
Last edited:
#75
Boas companheiros/as

Super entusiasmado com a preparação da GRZêzere. Tudo delineado.

Programa será mais ao menos assim.
Ida de Lisboa para a Covilhã no regional. Assim não teremos de desmontar as bikes. Chegada à Covilhã, iremos a pedal até às Penhas da Saúde, 12km com D+ 970. Belo aquecimento. Passamos essa noite na pousada da juventude da serra da estrela. No dia seguinte. Temos 4 etapas até Constância. Haverá uma etapa de campismo selvagem. Super ansioso. Nunca mais chega Maio. Até lá há que preparar tudo muito bem. Locais de pernoita. Bagagem a levar. O mínimo possível. Estrear a bolsa de selim de 17L da Alpkit Pig Papa.

Até lá continuação e boas pedaladas
 
#77
Boas Lucard

Falta pôr fotos onde, aqui? Estou sem PC de momento. E tudo que tenho postado tem sido como tlm. Não tem sido fácil. Nos blogues estão atualizados. Pelo menos nas crónicas
 
#80
O que eu gosto é disto, ver fotos... Paisagens.. E contra mim falo, eu que sou fotógrafo como hobby tenho 0 fotos... Com a sua justificação válida (digo eu).
Um dia, que esteja melhor do costeledo, era gajo para me aventurar... Mas para já, só voltas pequenas até recuperar :) vou seguindo o que fazes sempre que posso