Scott Spark 900 RC WC 2017

davidream

Active Member
bOAS!
Obrigado pelos comentários :)
Pedro Barradas já não dava para esperar mais!!
Ontem fizemos a troca e hoje de manhã já fiz o Test-Drive (mexi tb nos PSI e Rebound)

rQ4IOWt.jpg


Ebp1JmP.jpg


Fica a bike com um aspecto mais homogéneo ;) agrada-me mais assim.
Mas nestas coisas já sabemos que gostos...:D
Estétiquisses á parte,o relevante nisto tudo é que o upgrade é de facto uma mais valia para o comportamento da bike. Fiz trilhos com muita pedra em subida e o conforto/rigidez é outro!(e que diferença para a StepCast 32) e nas descidas agrestes o curso extra e rigidez que se sente,permite mais velocidade,mais abuso e mais controlo. Enfim, super contente!

OBS: Estou a gostar também do comportamento das rodas, como o novo aro a parte lateral(onde o pneu se fixa) é bastante mais pequena,torna-se menos propícia ás pancadas laterais das pedras(em que sou bastante afoito...o_O:mad:) e os 25mm internos para o que faço e pneus que uso está "perfect".

Agora siga meter Km's nisto e ver o que aparece!
Bom fds e boas pedaladas a todos;)
 

davidream

Active Member
bOAS!
fabio viana e não é que nessa altura(da troca da suspensão) o bichinho na cabeça começou a mexer...

A ideia de usar um espigão telescópico já andava a marinar á uns tempos, muita leitura/videos sobre isso e perguntas de experiências a colegas levaram a que a vontade de colocar um ganhasse força.A pica de abusar mais nas descidas e ter um controlo diferente/superior sobre a bike fez o resto...(e claro a carteira leva mais um saqueo_O)

p8BxOUM.jpg


Aqui um pouco de DIY (na tentativa de evitar alguns salpicos do pneu traseiro)

9FfNw61.jpg


Só andei uma vez(no Domingo) com a Bike, e é dificil avaliar o que quer que seja. Quer por ainda não ter o hábito de o usar(a descer dava por mim sem ter baixado o Selim :confused:)
quer por que quando o fiz, a sensação na Bike até assustava! pois perdia a referência do Selim e como a posição do corpo era a mesmao_O(mais alto) a Bike parece que fugia...nem sei bem explicar,perde-se o balanço habitual.
Obviamente isto tem a ver com a posição do corpo(agora errada) e a necessidade de reaprender todos os movimentos, mas sinceramente até foi um pouco por isso que também decidi colocar o espigão :) a vontade de procurar sempre melhorar as minhas capacidades e aprender algo mais.
Vou dando feedback assim que comece a utilizar da melhor forma o espigão,e perceber se nos Prós e Contras a equação final sai boa para mim ;)
Cumps

zS0OUVn.jpg
 

davidream

Active Member
bOAS!
Com os Km's a trazerem uma melhor ideia das coisas, com os upgrades recentes(Suspensão/Droper) vai dando para ter uma opinião já melhor formada.
O peso extra na bike nota-se obviamente. Dou por mim a puxar bem na pedalada,e a bike já não "dispara/avança" da mesma forma, parece que o esforço extra que se faz é gasto e não se traduz na velocidade que se quer obter.Obviamente nota-se isto ao rolar e a subir principalmente :oops: e quanto mais cansado...
As subidas muito inclinadas e técnicas também ficam mais difíceiso_O pois a frente parece agora fugir mais facilmente (não no sentido de querer levantar mas foge para os "lados") e dou por ela estou muito mais dobrado e em posição mais baixa sobre o avanço para compensar,o que causa mais esforço no controlo e esforço físico dada a posição das costas.

Em contrapartida no conforto e rigidez da Bike é outra loiça!:) a Bike torna-se muito mais capaz,confortável na sua posição de condução(frente ligeiramente + subida) e com a adição do Droper abrem-se outras possibilidades nos trilhos :cool: o agreste parece acessível e a diversão aumenta proporcionalmente!
A ideia do Btt que faço actualmente (e que mais me diverte) é um XC mais agressivo, e a Bike foi apetrechada em consonância.
Penso que quando controlar perfeitamente o uso do Doper e aperfeiçoar mais a técnica a diversão de andar de bicicleta vai valer o esforço.
No fundo acho que é isto que todos procuramos ;)

V1bKdbz.jpg
 

davidream

Active Member
bOAS!
Um update ao tópico :)
Graças a um pequeno infortúnio a transmissão teve que ser trocada.
(isto pré-Pandemia)

bnjnLtg.jpg


Foi atualizado para Shimano XT 12v:

FBzMcfA.jpg

ah5Anf8.jpg

fzwIe96.jpg


Agora mais recentemente após uma revisão geral continua a visitar regularmente os trilhos!

2trUIAW.jpg

QQTjOLK.jpg

1vVpU0g.jpg

8znnasD.jpg

leo8OKD.jpg

VPS8sFz.jpg


Super contente com o comportamento da Bicicleta!
A Fox StepCast 34 é um mimo nesta Bike, o Droper da Fox é game-changer, e coloquei um Maxxis Rekon 2.4 á frente que com o Ikon atrás completam o ramalhete.
Desde 2017 que a Bike é usada/abusada :D, e apesar de gostar dos novos modelos continuo super feliz com a montada e sem pensar em trocar.
Vamos andando e vendo, pois atualmente o mundo das bicicletas está super confuso e a mudar rapidamente... mas enquanto me for divertindo a Spark vai continuar aqui no estábulo!
Cumps
 

ndg

New Member
Boas,

Bela máquina :p notas muita diferença de 11v para 12v? Diria que a principal diferença é na velocidades de ponta não? :D a subir pouca diferença tens...
 

davidream

Active Member
bOAS!
Nesta alteração há o bom e claro...também o mau :rolleyes:
O bom passa pelo carreto 10, que de facto ajuda a uma maior velocidade e além disso gosto mais dos saltos entre velocidades nesta cassete de 12V.Mantenho melhor a cadência.
Excelente também é a suavidade aquando das mudanças de velocidades, mesmo em carga.
O mau, é o clutch deste desviador XT de 12V necessitar de mais manutenção que o antigo, senão começa a funcionar mal e até a bloqueia o_O, e mau também é o facto de ser muito comum haver uma peça que se estraga no interior do shifter XT e deixas de conseguir mudar as velocidades. Aconteceu-me já a meio de uma volta (bem longe de casa!) só a troca resolve.
Infelizmente há sempre os dois lados e concessões a fazer...
Cumps
 

ndg

New Member
bOAS!
Nesta alteração há o bom e claro...também o mau :rolleyes:
O bom passa pelo carreto 10, que de facto ajuda a uma maior velocidade e além disso gosto mais dos saltos entre velocidades nesta cassete de 12V.Mantenho melhor a cadência.
Excelente também é a suavidade aquando das mudanças de velocidades, mesmo em carga.
O mau, é o clutch deste desviador XT de 12V necessitar de mais manutenção que o antigo, senão começa a funcionar mal e até a bloqueia o_O, e mau também é o facto de ser muito comum haver uma peça que se estraga no interior do shifter XT e deixas de conseguir mudar as velocidades. Aconteceu-me já a meio de uma volta (bem longe de casa!) só a troca resolve.
Infelizmente há sempre os dois lados e concessões a fazer...
Cumps
Pois, nem sempre temos o melhor dos 2 mundos. Estava a pensar trocar de transmissão, quando está de 11v tiver pela hora da morte... :p obrigado pelas dicas.
Abc
 
Top