[RESCALDO] VIII Encontro Luso-Galaico de BTT - Esposende - 24 e 25 Abril 2010

PLB

New Member
Ora ca vai, meia maratona de muito andamento e pouca tecnica, trilhos espectaculares, travessia em cima das canoas (espectacular) será que caiu alguém a agua? Do resto boa organização, sinalização pro ano lá estarei mas para a maratona!

Parabéns!
 

mariosantos

New Member
Estou aqui a escrever pois estou muito desiludido este ano. Queria ter ido à maratona, e nem completei a maratona nem fiz a meia maratona em condições decentes.

Aos 40km exactamente estávamos a fazer uma descida rápida e com algumas pedras e perdi-me devido a sinalização fraca ou inexistente. Após esta situação e no final da descida deparo-me numa situação sem sinalização adequada para continuar, esperei um pouco, ninguém vinha, e quando estava a decidir voltar para trás reparei em mais 3 colegas da maratona a chegarem. Deduzi que estava no caminho certo e então voltei a tentar encontrar mais sinalização. De facto encontrei 2 setas pintadas num muro. Seguimos-as e ao fim de 200m encontra-mos mais fitas azuis. Pensamos que estávamos no caminho certo. Mas não, passado uns km's verificamos que estávamos no caminho da 1/2 maratona. Frustrado continuei. Após alguns Km's verifico que os parceiros do engano uns desistiram outros voltaram para trás e arriscaram fazer mais uns 10 a 20km a mais do que deviam. Isto é inadmissível numa organização como esta. Tantos anos de experiência e é isto. Já o ano passado senti a que a sinalização podia ser melhor.

O que vejo de ano para ano o que melhora o que a povoação vê o evento em si, condições para os BTTistas nada se fez.

1 - Sinalização: Fraca. Apesar de que nos cruzamentos haver bastantes pessoas a prevenir de perigos e a dar orientações. No meio do monte e em percursos mais difíceis pouca sinalética colocada. Tenho de alertar que apesar deste evento não ser direccionada para profissionais , deve estar preparada para todo o tipo de andamentos dos seus participantes. E para além disso quem esta a fazer um descida , esta com mais atenção ao percurso (cheio de pedras e regos e covas fundas). Logo se no meio de uma descida aparecer mudanças de direcção estas devem ser excessivamente assinaladas. Tenho de salvaguardar que as zonas de perigo foram bem sinalizadas.
Concelho / Solução: Optar pela sinalização normalizada/adoptada pela Federação de Ciclismo

2 - Alimentação/ Almoço: Vou a muitas eventos deste tipo. Todos sem excepção dão almoço. Este ano a esta organização tentou melhor esta área da pior maneira. É muito interessante haver a "tenda gastronómica". Mas tal como eu muitos colegas não optaram pelo almoço pago a parte e caro nesta dita tenda. Não sei como funcionava, mas 15 euros para inscrição (que o ano passado dava almoço) + deslocações + alojamento. Ainda não fiz as contas, mas assim não venho aqui mais. Salvo o erro o concelho de Esposende começou a organizar este tipo de eventos pois é uma boa maneira de puxar turismo e dar a conhecer a beleza deste concelho. Assim é complicado pois não é para todo o tipo de bolsas.
Gostaria de colocar aqui um desafio a organização e mostrarem a relação de todos participantes do evento em relação aqueles usufruirão da dita Tenda.
Proposta: Incluírem no preço do evento o almoço e quem não quiser o almoço do evento vão a "Tenda".

3 - Lavagem de Bicicletas: O evento que quiser proporcionar este tipo de serviço deve o fazer com mínimo de condições. As mangueiras devem ter comprimento suficiente e se não houver pontos de ligação suficientes para mangueiras individuais, as derivações devem estar bem feitas , senão verificam-se as tristes cenas de bttistas a tentarem ligar aquilo que não conseguem por falta de ferramentas. Basta 1 puxar a mangueira que estava tudo outra vez estragado. Assim é um pouco complicado.

4 - Nota 5* para a "picagem" de inicio e fim de prova. Penso que assim não haverá mais erros como o que me aconteceu a 3 anos que a leitura dos códigos de barras não foi bem feita.

5 - Programação de animação: Não entendi. Este ano consegui convencer a minhas 2 raparigas a virem comigo (mulher e filha) dizendo que havia actividades para a mais nova e um espaço muito simpático para estarem até o viciado neste eventos voltar. Para que aliciar alguém com este tipo de actividades se depois verifica-se que é tudo a pagar. Já não basta pagarmos o evento , almoço, portagens estadias. E mais isto. Um pequeno gesto as crianças? Depreendo que a Câmara de Esposende pretende com este evento ajudar a ultrapassar a crise financeira que existe.

6 - Sinalização de outros anos Existente. Inadmissível? Pode ser de mim mas se num ano pintam setas em muros , acho que no final do evento devem no mínimo inutiliza-las de alguma maneira. Pintar uma cruz ou mesmo pintar por cima.


Para o ano vou pensar 2 vezes antes de decidir participar. Prefiro que me digam que não vão oferecer jerseys, que acredito que já toda a gente tenha as dezenas. Pois inicialmente davam "tshirts" ,tinha tantas que até comecei a usa-las para limpar a bike. Agora são jerseys.
Em vez de Jerseys porque não oferecem um almoço em condições e em instalações boas. É que mesmo assim são +-2000 participantes a 15€ mais uma serie de patrocínios de peso. É muita nota.
No inicio isto era um grupo de amigos que com a ajuda da câmara organizaram estes eventos, agora isto esta a ficar demasiado comercial / politico.

A caça ao voto e o "showoff" para a população atingiu proporções que não fazenda evoluir em nada o objectivo final: BTT

Este é um desabafo de alguém muito desiludido com o resultado final, pois vejo um pouco mais além do tapete vermelho da chegada.


Nota: Estava a esquecer-me que no fim fiz uma reclamação. A chegada direccionaram-me para uma pessoa da organização que me foi dito que era responsável pelo percurso. Reclamei o sucedido. A primeira palavra foi desconfiança pelo que eu estava a dizer. Quando mostrei prova (meu GPS). Apenas disse para mandar o meu track por email para ele , para verificar o sucedido. O mais caricato é que virou costas e andou sem me dar algum email ou algum tipo de argumentação ("desculpas"). (Pensei eu depois em enviar para o geral do evento). Depreendi que se eu me enganei (devido a algum motivo) mais alguém poderia sofrer o mesmo. Pelo contrário o "responsável" não manifestou qualquer tipo de intenção de enviar alguém fazer parte do trajecto que eu referi no meu relato para tentar corrigir alguma potencial situação anómala. Será esta atitude a mais correcta? Após a analise do track dos 80km e dos 50km e do meu track verifiquei que exactamente aos 40km me desviei do caminho. Os caminhos neste sitio estão afastados de menos de 2km (+-). Com a ajuda de setas de outros anos( penso eu) é fácil nos enganarmos.
 

joebraga

New Member
Passeios com 2000 participantes acho que não faço mais, é confusão a mais. E depois estar 45m para passar um rio é excessivo . Não acho que valha a espera. para não apanharmos confusão temos que ir para a partida às 8.
Na minha opinião o trajecto não foi selectivo e provocou muita confusão mesmo aos 20km.
ABC
 

amac63

New Member
pelo 2ºano consecutivo q participo na meia maratona de esposende, faço-o principalmente pelo convivio que se gera, com amigos e conecidos de muitas paragens...de resto só pelos trilhos nao iria pq sao mais do mesmo..ainda nao apresentaram um percurso q fizesse a diferença.estamos em presença de um percurso acessivel, mt pouco tecnico, rolante.
a unica nota para mim menos, sem duvida as demoras(mais de 10m)para passar o rio cavado, bonito o cenario sem duvida..mas a seca foi grande...
 

depinho

New Member
Mete seca nisso. Estive 45 minutos em amena cavaqueira com o pessoal, depois de um esforço de recuperar alguns (muitos) lugares. E numa falta de organização, ajudado pelo xico espertísmo nacional, quem vinha nas calmas deu para passar à frente de tudo e de todos.
Ideia infeliz de querer atravessar o rio nesse local, dos sítios mais largo, depois de 20 km rolantes, sem grandes cortes, uma ponte que pelo tamanho muito instável e perigosa, não suportando muito peso, o que originou a " grande marcha da travessia do Cavado". Fiquei a saber como foi a sensação do pessoal que caiu ao rio Douro no sec XVII na famosa Ponte das Barcas.
Sobre o almoço, já falaram.
Tenho pena, pois gostava muito desta maratona.
 

duchene

New Member
Realmente, este ano parece que Esposende desaprendeu algumas coisas que ao longo de 8 anos, foram fazendo uma maratona de referência ou melhor, de afluência...

O processo de inscrição e pagamento é sem dúvida do melhor que se faz a nível nacional! A integração é exemplar e as SMS servem de meio de comunicação primordial.
No entanto a tesouraria é pouco ágil a confirmar as entradas de caixa. O ano passado paguei directamente na CM Esposende e ainda não tinha dobrado o recibo, já tinha a mensagem de confirmação de atribuição do frontal. Este ano demoraram alguns dias até o pagamento por multibanco ser validado. É um ponto a rever.

Jersey igual ao do ano passado, mudando o grafismo. Não sou fã do fecho integral mas aceito de bom grado.

Não percebi a birra com os almoços. Ter contratado um mau parceiro o ano passado não significa que este ano a organização se descartasse da questão dos almoços e atirasse para as barraquinhas. No entanto, não era a minha guerra! O meu frango assado já estava reservado na Póvoa. Ficou a perder o comércio de Esposende.

Controlo 0 com a habitual qualidade graças ao chip e aos diversos portões e, desta feita, a partida foi feita sem grandes atrasos. Apesar de tudo, 3 minutos antes ainda havia atletas calmamente a chegar em "contra a mão" na avenida da partida.

Mais um ano, mais uma partida atribulada. Há pessoal que ainda não percebeu uma série de coisas: Primeiro, no mínimo são 51km. O nosso lugar na maratona não se decide na recta de partida. Concordo que tenhamos o direito de tentar ganhar lugares desde o início mas sempre com responsabilidade. Irresponsáveis a fazer diagonais e zig-zagues erráticos no meio dos primeiros 25% do pelotão eram aos montes. Resultado, várias quedas, uma delas bastante audível, fruto de alguém que se espatifou contra um carro estacionado. Valeu a pena? Foram 2 pessoas a ficar com o dia estragado e "the show must go on".

Primeiros quilómetros para cumprir calendário, praticamente sem nenhum interesse a não ser para o pessoal da estrada fazer uso da elevada cadência e potência de pedalada. Após a passagem para o lado de Fão senti-me um hamster ás voltas na roda, para aquecer.

Primeiro checkpoint do dia e primeira criancisse da organização. Subida, cotovelo à direita a subir e... PAROU para levar o risquinho. Ridículo! Pior foi o facto de se ter repetido novamente no posto de controlo seguinte! Com tanta zona plana, escolhem uma parte que exige alguma gestão da pedalada para interromper os atletas.

Voltemos no entanto aos positivos. Grande zona espectáculo na travessia do Cávado com uma nota muito positiva para a galvanização dada pela mol humana que nos recebia do lado de lá. Tive a sorte, ao contrário de muitos outros, de não esperar rigorosamente nada para atravessar a inusitada ponte.

Ao longo do percurso foram também muitas as palmas e os incentivos de uma população que se nota já sentir como seu e com importância este Luso Galaico.

Chegados à subida dos 25Km. Ciclável presumo, no entanto tal como a longa fila que ia subindo resignada, optei por nem esboçar a tentativa de a levar de vencida em cima da bicicleta e subi à mão.

Mais algumas zonas técnicas interessantes, singles a convidar a uma condução divertida e zonas mais rolantes para estabilizar. Tinha começado a maratona dentro da maratona.

O abastecimento estava num sítio interessante embora não fosse fácil de atravessar a quem, como eu, não quisesse parar. Nota positiva para a água em abundância. Como sempre os porcos do costume e lá vai a garrafinha para o chão.

Depois de já lhe ter agradecido o gesto no local, aqui fica o registo de um abraço ao miúdo que andava a apanhar garrafas que iam sendo deitadas para o chão no último reforço perto dos 5km finais. Eu trouxe duas garrafas vazias e amassadas no meu jersey. Foram 40g que carreguei com todo o prazer. Admirou-me por isso que um "profissional" que arrancou à minha frente nesse último abastecimento e que se livrou da garrafa atirando-a para o chão, não tenha conseguido acabar a prova antes de mim, de tão leve que ia.

Voltando um pouco atrás: A separação. O ano passado pareceu-me uma solução gráfica muito melhor. Este ano, não houve grandes dúvidas é certo, mas deixem as indicações a 4 metros de altura para os painéis de partidas do aeroporto, ok?

Pouca emoção se seguiu até ao fim, após o aviso dos 5km. E o fim é o esperado em Esposende, 3km a rolar, esmagar toda a réstia de energia na recta, ganhar mais um lugar e finalizar. Mais uma vez, com o chip não há dúvidas e o registo final é imediato. Tempo e posição são assimilados logo ali.


Um último capítulo na novela Esposende 2010. Estacionei na escola para fugir à confusão na partida e nos banhos. Bicicleta no carro, vou para a escola e está tudo fechado. Ligo à organização. A resposta foi hilariante: "Olhe, não sei da pessoa que tem a chave. Nem tampouco lhe sei dizer se vamos abrir ou não a escola, pode ser que sim, pode ser que não...".

Siga para a piscina. Valha-nos a entrada imediata e a saída igualmente rápida daquele que deverá ser o meu último Luso Galaico. É giro e tal mas depois de dois anos a ver o colorido dos 2000 atletas, depois dos jerseys iguais e das canoas que ainda não tinha experimentado, Esposende já me oferece pouco para justificar o regresso em 2011. Mas nada de desanimar, lá no meio, nem se nota que falta um tipo de 88 quilos e uma Cannondale de 12!

Esta já está! Venha agora Penafiel e o grande atractivo deste semestre, o Marão!

Resultado final : 115º na meia maratona, com 2h30m a 40 min do primeiro.

200p4s5.jpg

Aqui eu em primeiro plano, após o controlo zero.
 
Last edited:
Ora boas ...

único ponto negatico ... a falta de personalidade e civismo de alguns betetistas ... que 'sem pernas' colocaram.se/meteram.se em frente dos que já esperavam há mais de 10 minutos para passar o rio ...

de resto ... foi um BOM PASSEIO ... para desanuviar as pernas e as ideias ...

Boas pedaladas
 

ricardo gomes

New Member
Ora boas ...

único ponto negatico ... a falta de personalidade e civismo de alguns betetistas ... que 'sem pernas' colocaram.se/meteram.se em frente dos que já esperavam há mais de 10 minutos para passar o rio ...

de resto ... foi um BOM PASSEIO ... para desanuviar as pernas e as ideias ...

Boas pedaladas

boas concordo com isso, e tambem durante o percurso pessoas com a bina na mao que nao queriam perder lugares e nao nos deixavam passar, e o tempo de espera nas canoas :X
de resto foi uma prova excelente :D
 

maft

New Member
Viva

Aqui deixo a minha opinião.

A organização montou uma bela prova, muito bem sinalizada, com belos trilhos, bons reforços alimentares e muitas pessoas envolvidas desde GNR, Bombeiros e outros elementos, estando em praticamente todos os cruzamentos.
Quanto a refeições não utilizei a tenda gastronómica.
Considero que a maratona foi dura, tendo as subidas muita pedra e técnicas o que originou muto desgaste de solas. Julgo poder mqnter-se a altimetria, mas num percurso mais ciclável.

No entanto, a prova foi superada, pelo que me resta dar os parabens à organização e treinar mais para o próximo ano.
 

mctorn

New Member
Concordo 100% com o Mario Costa aconteceu o mesmo a mim e no final depois de mostrar que tinha 3 chek points deram a entender que eu estava armado em chico esperto ainda por cima uma miuda com a idade da minha filha pra ai CRISSIMOS ESTA MARATONA PRIMEIRA E ULTIMA VEZ pra semana vou ate Portalegre a ver se a coisa tem mais profossionalismo.So quero pedalar, porque gosto ja nao tenho idade pra competiçao.
Fiquem Bem
 

Virgem

New Member
Boas, gostei do percurso e da organização no geral, mas parei pelo menos 3 vezes porque é muita gente e nos single tracks parava tudo.
De resto nada a apontar.
 

mariosantos

New Member
Estou aqui a escrever pois estou muito desiludido este ano. Queria ter ido à maratona, e nem completei a maratona nem fiz a meia maratona em condições decentes.

Aos 40km exactamente estávamos a fazer uma descida rápida e com algumas pedras e perdi-me devido a sinalização fraca ou inexistente. Após esta situação e no final da descida deparo-me numa situação sem sinalização adequada para continuar, esperei um pouco, ninguém vinha, e quando estava a decidir voltar para trás reparei em mais 3 colegas da maratona a chegarem. Deduzi que estava no caminho certo e então voltei a tentar encontrar mais sinalização. De facto encontrei 2 setas pintadas num muro. Seguimos-as e ao fim de 200m encontra-mos mais fitas azuis. Pensamos que estávamos no caminho certo. Mas não, passado uns km's verificamos que estávamos no caminho da 1/2 maratona. Frustrado continuei. Após alguns Km's verifico que os parceiros do engano uns desistiram outros voltaram para trás e arriscaram fazer mais uns 10 a 20km a mais do que deviam. Isto é inadmissível numa organização como esta. Tantos anos de experiência e é isto. Já o ano passado senti a que a sinalização podia ser melhor.

O que vejo de ano para ano o que melhora o que a povoação vê o evento em si, condições para os BTTistas nada se fez.

1 - Sinalização: Fraca. Apesar de que nos cruzamentos haver bastantes pessoas a prevenir de perigos e a dar orientações. No meio do monte e em percursos mais difíceis pouca sinalética colocada. Tenho de alertar que apesar deste evento não ser direccionada para profissionais , deve estar preparada para todo o tipo de andamentos dos seus participantes. E para além disso quem esta a fazer um descida , esta com mais atenção ao percurso (cheio de pedras e regos e covas fundas). Logo se no meio de uma descida aparecer mudanças de direcção estas devem ser excessivamente assinaladas. Tenho de salvaguardar que as zonas de perigo foram bem sinalizadas.
Concelho / Solução: Optar pela sinalização normalizada/adoptada pela Federação de Ciclismo

2 - Alimentação/ Almoço: Vou a muitas eventos deste tipo. Todos sem excepção dão almoço. Este ano a esta organização tentou melhor esta área da pior maneira. É muito interessante haver a "tenda gastronómica". Mas tal como eu muitos colegas não optaram pelo almoço pago a parte e caro nesta dita tenda. Não sei como funcionava, mas 15 euros para inscrição (que o ano passado dava almoço) + deslocações + alojamento. Ainda não fiz as contas, mas assim não venho aqui mais. Salvo o erro o concelho de Esposende começou a organizar este tipo de eventos pois é uma boa maneira de puxar turismo e dar a conhecer a beleza deste concelho. Assim é complicado pois não é para todo o tipo de bolsas.
Gostaria de colocar aqui um desafio a organização e mostrarem a relação de todos participantes do evento em relação aqueles usufruirão da dita Tenda.
Proposta: Incluírem no preço do evento o almoço e quem não quiser o almoço do evento vão a "Tenda".

3 - Lavagem de Bicicletas: O evento que quiser proporcionar este tipo de serviço deve o fazer com mínimo de condições. As mangueiras devem ter comprimento suficiente e se não houver pontos de ligação suficientes para mangueiras individuais, as derivações devem estar bem feitas , senão verificam-se as tristes cenas de bttistas a tentarem ligar aquilo que não conseguem por falta de ferramentas. Basta 1 puxar a mangueira que estava tudo outra vez estragado. Assim é um pouco complicado.

4 - Nota 5* para a "picagem" de inicio e fim de prova. Penso que assim não haverá mais erros como o que me aconteceu a 3 anos que a leitura dos códigos de barras não foi bem feita.

5 - Programação de animação: Não entendi. Este ano consegui convencer a minhas 2 raparigas a virem comigo (mulher e filha) dizendo que havia actividades para a mais nova e um espaço muito simpático para estarem até o viciado neste eventos voltar. Para que aliciar alguém com este tipo de actividades se depois verifica-se que é tudo a pagar. Já não basta pagarmos o evento , almoço, portagens estadias. E mais isto. Um pequeno gesto as crianças? Depreendo que a Câmara de Esposende pretende com este evento ajudar a ultrapassar a crise financeira que existe.

6 - Sinalização de outros anos Existente. Inadmissível? Pode ser de mim mas se num ano pintam setas em muros , acho que no final do evento devem no mínimo inutiliza-las de alguma maneira. Pintar uma cruz ou mesmo pintar por cima.


Para o ano vou pensar 2 vezes antes de decidir participar. Prefiro que me digam que não vão oferecer jerseys, que acredito que já toda a gente tenha as dezenas. Pois inicialmente davam "tshirts" ,tinha tantas que até comecei a usa-las para limpar a bike. Agora são jerseys.
Em vez de Jerseys porque não oferecem um almoço em condições e em instalações boas. É que mesmo assim são +-2000 participantes a 15€ mais uma serie de patrocínios de peso. É muita nota.
No inicio isto era um grupo de amigos que com a ajuda da câmara organizaram estes eventos, agora isto esta a ficar demasiado comercial / politico.

A caça ao voto e o "showoff" para a população atingiu proporções que não fazenda evoluir em nada o objectivo final: BTT

Este é um desabafo de alguém muito desiludido com o resultado final, pois vejo um pouco mais além do tapete vermelho da chegada.


Nota: Estava a esquecer-me que no fim fiz uma reclamação. A chegada direccionaram-me para uma pessoa da organização que me foi dito que era responsável pelo percurso. Reclamei o sucedido. A primeira palavra foi desconfiança pelo que eu estava a dizer. Quando mostrei prova (meu GPS). Apenas disse para mandar o meu track por email para ele , para verificar o sucedido. O mais caricato é que virou costas e andou sem me dar algum email ou algum tipo de argumentação ("desculpas"). (Pensei eu depois em enviar para o geral do evento). Depreendi que se eu me enganei (devido a algum motivo) mais alguém poderia sofrer o mesmo. Pelo contrário o "responsável" não manifestou qualquer tipo de intenção de enviar alguém fazer parte do trajecto que eu referi no meu relato para tentar corrigir alguma potencial situação anómala. Será esta atitude a mais correcta? Após a analise do track dos 80km e dos 50km e do meu track verifiquei que exactamente aos 40km me desviei do caminho. Os caminhos neste sitio estão afastados de menos de 2km (+-). Com a ajuda de setas de outros anos( penso eu) é fácil nos enganarmos.



Só me faltou comentar o percurso em si.
- As subidas em pedra!!! Ora bem, eu sei que BTT, é bicicleta de todo terreno, mas atenção não é sapatilha de todo terreno. Eu gosto de subir, as vezes mais do que descer. Mas havia 2 subidas que mesmo a pé eram muito difíceis de realizar. Concordo que a altimetria pode manter ou até aumentar mas compensando as pedras (era mais cascalho).
 

mariosantos

New Member
Concordo 100% com o Mario Costa aconteceu o mesmo a mim e no final depois de mostrar que tinha 3 chek points deram a entender que eu estava armado em chico esperto ainda por cima uma miuda com a idade da minha filha pra ai CRISSIMOS ESTA MARATONA PRIMEIRA E ULTIMA VEZ pra semana vou ate Portalegre a ver se a coisa tem mais profossionalismo.So quero pedalar, porque gosto ja nao tenho idade pra competiçao.
Fiquem Bem

Estava aqui a trocar algumas opiniões com a minha esposa e concluo que esta organização deste evento não estava minimamente preparada para dar resposta a situações destas. Ainda à 2 semanas atras foi a maratona de Moimenta da Beira e aconteceu uma situação parecida. A diferença é que a organização mal soube da retirada das fitas enviou imediatamente pessoal de mota para corrigir a situação.

Esta Organização ainda tem muito que evoluir e pensar mais no BTTista em vez da "imagem"
 

David17

New Member
Boas

É a primeira vez que participo neste encontro de btt, e só tenho a dizer bem.

Quando dizem aqui que tiveram que parar aqui e ali, por isto e aquilo, eu não posso concordar. No caso da travessia do rio só tive que esperar uns quantos segundos, e sem ter que passar a frente de ninguém. Nada a dizer da sinalização. Quanto as confusoes de que falam nos primeiros 20km, quem for honesto e tiver cabecinha para pensar sabe que quando há tanto bttistas junto, há zonas de mais ajuntamentos e apanhei muitos desses e nunca tive necessidade de parar. Quanto às subidas de pedra eram acessiveis na minha opiniao, mesmo com o cascalho. Só se tem que inteligente e saber por onde passar. E para os que nao conseguiam, a pé tudo se faz mais ou menos devagar.

O ter que pagar almoço, nao me importei. Uma vez não são vezes.

Achei magnifico o apoio e os aglomerados das pessoas das varias povoações. Principalmente na travessia do rio.

Parabens à organização e para o ano só nao irei se não poder mesmo.


Abraços
David Sérvolo
 

PLB

New Member
Estou completamente de acordo com o David, eu penso que muita gente enganaram-se no desporto mais valia vender as bikes e comprar tacos de golfe assim não há cascalho e não é preciso GPS
 

amclopes

New Member
Viva amigo Mário Santos.
Peço desculpa mas acho que andamos a fazer outro tipo de passeio, por acaso estive preparar a minha “menina” e vi meus dorsais e neste momento já conto 22, quanta a sinalização penso que não tens razão já, estava muito bem marcado mesmo muito bem, já fiz maratonas que foram autênticos pesadelos em termos de marcações, esta peço desculpa mas não tens razão, se me disseres que neste momento isto é um negocio meu amigo de acordo ache que uma prova destas 8 euros é bem pago mesmo muito bem pago.

Não desanimes amigo força

A. Lopes
 

amclopes

New Member
Pois meu amigo se tens essa ideia esquece é bem piror, alias leva quaquer cosia de comer é que só tens direito a agua boa sorte, aconselho tambem a ver as questões do segure de prova, procura bem na net aquilo que aconteceu a quem teve problemas!!!

Mas boa sorte!!!
 

mondraker_lover

New Member
Viva pessoal da pedalada;

2000 bicicletas é muita coisa, tava mesmo a ver quando afunilava, foi na passagem da ponte e no single seguinte, 1h que me demorou a fazer essa meia duzia de km´s contudo a meu ver a organização tá mais um ano de parabéns....

Partida a horas;
Trilhos fantásticos, muitos e bons singles adorei;
Marcação para mim 5*s,
Muito povo ao longo do percurso a incentivar;
Pontos de água bem distribuidos e foi bem preciso com o calor que se fez sentir;
Reforço tinha o essencial: frutas, marmelada, pão, água, bolachas, o que precisavamos para repor energia;
Ah, e muitas caras bonitas de cabelo comprido, é sempre bom ter companhia feminina;,

L.Pinto
#1226
avg HR 78%
máx HR 93%
198 ficaram à minha frente na maratona...

Abraço a todos os tombatrilhos presentes que encararam sempre com boa disposição este dia!
*a próxima é a serra do sicó, 1 de maio, não vai ser nada meiga... mas venha ela!
 
Top