Qual a vossa solução para GPS?

#1
Boas! Gostava de saber qual a combinação que usam para o GPS? Dedicado ou telemóvel?

Eu até agora usava o meu Garmin Edge Touring... fácil e fiável.. no entanto, com a chegada do meu novo Galaxy S5... as coisas estão para mudar!

Assim sendo, antes usava: Garmin Edge Touring (sozinho), mas sentia a falta de algo mais completo... em que pudesse ter os sensores ligados e afins...

Então, agora uso:
Samsung Galaxy S5
Fita de frequência cardiaca Garmin Ant+ (uma vez que o Galaxy S5 já suporta dispositivos Ant+)
Sensor de cadência Garmin Ant+
Suporte Quad Lock (universal fit, por agora, uma vez que o suporte dedicado para o Galaxy S5 só ficará disponível lá para meio do ano)
Software: Endomondo Pro (Premium)

Boas pedaladas!
André
 
#2
Eu uso o garmin dakota 20 pois posso ligar todos esses sensores e é muito mais vantajoso que um telemóvel.

Achas mesmo uma boa ideia levar um equipamento de 700€ para fazer btt?
 

Jepas

Super Moderador
#3
Subescrevo:

O meu EDGE 800 liga-se a isso tudo, custou menos de metade e foi feito para andar em cima de uma bicicleta.

A meu ver quem compra um EDGE Touring é quem prescinde de todas as funcionalidades de treino da gama EDGE (batimento, cadência, etc). Se o EDGE Touring não tem o que precisas é porque devias ter comprado o 800 ou 810. Sempre era mais barato que um Galaxy S5.
 
#4
Compreendo perfeitamente o vosso ponto de vista...

Quando comprei o Garmin Edge Touring é para as minhas viagens mais longas (2/3 dias), onde, se fosse para usar o telemóvel, ficaria sem comunicações/tracking!

Quanto a usar o Galaxy S5 para o BTT... parece de doidos... eu sei... mas confio bastante nos suportes da Quad Lock, além disso, não investi no telemóvel, exclusivamente para isto! Ou seja, é o meu telemóvel do dia a dia...

Os Edge 800/810 são, de facto, muito bons... tenho pena que, pelo preço dos mesmos, não tenha mais qualidade de ecrã... embora, para o que é feito, sirva perfeitamente!
 
#5
As potenciais limitações do telemóvel serão a autonomia e a sensibilidade do GPS... Não me parece loucura nenhuma usar o Galaxy como GPS, até porque cá no UK não é preciso "vender um rim" para o comprar ;)
Qual o teu feedback acerca das limitações que apontei?


PS: Em breve seremos quase vizinhos, vou mudar de Edinburgh para Portsmouth
 
#6
Ora ai está I l l u m i n a t u s ! Aqui é bastante acessível... principalmente face ao custo do equipamento Vs percentagem do ordenado que comprar acarreta!

Até à data não tenho nenhuma razão de queixa quanto a essas duas limitações... dá perfeitamente para usar como GPS na bike, principalmente porque não precisas de o ter sempre ligado (ecrã), aguenta bem 4/5h de voltas típicas. Quanto à sensibilidade do GPS, não tenho nenhuma queixa!

A única coisa que eu ainda não testei no S5 foi a sua resistência a grandes intempéries! No entanto, acredito que o "british summer" me dê a oportunidade de testar em breve!

PS: Quando é que vens para cá? Ver se depois se combina umas voltinhas!!
 
#7
Bom dia,

Estou quase a decidir qual o GPS adquirir, vi aqui que falam sobre o edge touring sobre o qual tenho algumas dúvidas. Penso que o edge touring plus possibilita a ligação a fita e sensor de cadencia. A minha questão é, qual a diferença entre o edge touring plus e o edge 800 / 810? Além da conectividade com o pc ou smartphone. Em termos de mapas, treinos são semelhantes?

Obrigado por a ajuda.
 
#8
xanobtt,

Pelo que conheço, a diferença é bastante mais que isso. Ora vejamos:

Edge Touring - Contém os mapas de toda a Europa, faz os trackings dos percursos, permite seguir os percursos de forma simples e intuitiva, gravando os dados como altitude (baseada no mapa), velocidade, distância, tempo e suas variantes (médias e afins)

Edge Touring Plus - Tudo o que o normal tem, acrescentando: Altímetro, termómetro e Ant+ (Somente para medidor de frequência cardíaca, não suporta cadência).

Edge 800/810 - tudo o que os anteriores tem, mais a um vasto leque de compatibilidade com sensores e funções de treino, conexão ao smartphone entre milhões de outras coisas...

Resumindo:

Touring - Para quem quer seguir trajectos ou partir à aventura, sem muitas preocupações com dados para treino.

Touring Plus: Para quem quer seguir trajectos ou partir à aventura, sem muitas preocupações com dados para treino, no entanto, não dispensa dados como o medidor de frequência cardíaca ou a precisão de um altímetro

Edge 800/810: Ideal para quem quer ter um GPS na bicicleta que permita gravar todos os dados sobre a volta e ciclista, competir contra "adversários virtuais" e mesmo assim ainda ter um mapa disponível para poder seguir um track.

Pelo menos esta é a minha ideia!
 
#9
Muito obrigado Andre.Pepe,
Ambos substituem o conta km, pois dão velocidade, média, etc...?
O edge touring não possibilita é a ligação de cadencia mas por a diferença de preço.
 
#10
xanobtt,

Sim, ambos substituem o conta KM nessas funções, incorporando a altitude, tracking e o seguir rotas!

Pela diferença de preço, se não queres dados como percentagem de inclinação, power meter ou outras coisas do genero... não sei até que ponto compensa um série 800/810... depende sempre de para que queres isso!
 
#11
Bom dia,

Hoje é o dia de ver o gps, ao fazer umas pesquisas, vi que se usar um telemóvel com gps consigo aproximar a um edge. Ex. Um htc wildfire com fita Bluetooth e um sensor de cadência tb com Bluetooth, faço a festa por menos. A questão é, é fiável em termos de sinal, velocidade, altimetria? bateria penso que é o ponto fraco, mas.
 
#12
bom dia,
eu sou daqueles que não passo sem um gps, por isso tenho 2 (Edge 705 e Oregon 450T). Não faço competição, só os uso para treino ou para registar/seguir trilhos do estilo caminhos de Santiago, Tróia - Sagres pela costa Vicentina...enfim, percursos em autonomia, passeios longos uma vez que não tenho nada a provar a ninguém e gosto de percorrer locais de difícil acesso de carro, longe da poluição.
O Dakota 20 também é uma bela maquina e mais barato que o Edge ou Oregon.
Boas pedaladas a todos.
 
#13
Eu nunca ando sem gps tenho que registar tudo! tenho um Oregon 450 e estou muito contente com ele estes dias num caminho/ribeiro o dito saltou e teve de procura-lo e encontrei-o totalmente debaixo de água foi sacudir e toca andar, em contrapartida durante este inverno já queimei um iphone só porque atendi o telefone com as mãos molhadas e estava a chover, por isso telemóveis de gps para bicicleta não aconselho.
 
#14
davi73, eu tenho o meu preso ao guiador com uma pequena corda daquelas fininhas da decathlon, que apanha o meu oregon na argola na parte inferior, já por causa de não o perder, pois já tinha lido que pode saltar fora
 
#17
eu tenho um edge 200 é muito bom nunca perde o sinal como acontece com o edge 500, o edge 800 é muito sofisticado mas não me convence, ja viram o novo sigma rox 10?? parece-me muito bem tem montes de funções e um bom preço
 

iMiguel

Active Member
#18
eu tenho o edge500 e não perde o sinal. Ja andei por tudo o lado com ele e nada!

eu sou suspeito, mas os gps foram inventados por alguma razao... O tlm é para fazer/receber chamadas o gps para navegacao (isto no btt)
 
#19
Concordo plenamente com o iMiguel... no entanto, visto não ser o "BTTista" profissional, ando de bicicleta porque gosto, gosto de levar o meu tempo se for preciso e gosto de aproveitar as paisagens, como tal, vejo-me na situação de levar o telemóvel para fazer chamadas, o GPS para fazer o tracking e os dados da volta e a camera fotográfica para tirar umas fotos do passeio... ou seja, 160gramas pelo tlm + 100gramas pelo GPS + 200/250 gramas pela máquina... ou seja, peso desnecessário, quando podes usar tudo numa só peça... isto para lazer...

Já para treinos ou Touring... cada macaco no seu galho... chamadas (telemovel básico com muita autonomia), Garmin Edge Touring para os tracks e dados e a camera apenas se for necessário...
 
#20
Eu uso um Garmin Oregon 550T... já o tenho a algum tempo pois é utilizado para outras coisas, como o geocaching, mas para a bicicleta é do melhor! A desvantagem é que não é dos mais baratos, havendo muitas alternativas igualmente boas!