Burla

Boas, não sei se derivado ao tipo de serviço (ems 18, mas numa das minhas inúmeras compras online (todas correram bem, sempre) ia a passar o cheque (400 € se não estou em erro) e o tipo dos CTT disse-me que não podia ser em cheque, tinha que ser em €€€ vivo, até ligou directamente para a loja, ao que eles confirmaram que tinha que ser em €€€ vivo, logo não sei como é que há regras para uns e diferentes para outros, mas...

Em relação ao cheque visado, não sabia que o banco podia dar o mesmo como extraviado? (vou-me informar hoje)
O cheque vinha à tua ordem ou ao portador???
 
Boas

O cheque vinha á minha ordem. O que me foi dito foi que o visar do cheque tinha sido falsificado, pois as assinaturas dos funcionários que visaram o cheque eram falsificadas.
Também não percebo o modo de funcionamento dos serviços dos CTT, umas vez pedem bilhete de identidade e só aceitam dinheiro , outras já não pedem nem uma coisa nem outra ...

Cumps
 
Para mim e indo um pouco para as teorias da conspiração, o trapaceiro teve ajuda do tipo dos ctt, é a ideia com que fico!

Em relação ao cheque, não percebo porque razão então não se pode culpar os tipos do banco também, pois numa das vendas que fiz de um carro, o tipo que me comprou também trouxe um cheque visado à minha ordem, quando cheguei ao banco assisti ao processo todo:
O tipo do banco 1ª coisa digitalizou o cheque e enviou para o balcão onde o mesmo foi visado.
Só após confirmação da veracidade do cheque é que me colocaram o dinheiro na conta, por isso não percebo os procedimentos do teu banco, mas se quiseres posso informar-me melhor junto a um amigo meu que trabalha num banco, pois não me parece justo uma pessoa ter um cheque visado (representa dinheiro, supostamente) o banco aceita-lo e 2 dias depois dizer que é falso, para isso existem os cheques normais, não precisam de ser visados.

Claro está que isto não tira as culpas ao trapaceiro, mas ou o pessoal do banco sabe o que anda a fazer ou é preferível darem lugar a outros, mas vou-me informar e depois digo-te algo.
Abraço
 
Então mas e os CTT's não podem ser responsabilizados por isso!?!?! Afinal o serviço de envio à cobrança é substancialmente mais caro que o serviço normal, por algum motivo será não!? Se os CTT aceitaram o pagamento em cheque, que se veio a verificar ser roubado, problema dos CTT's... deviam dar-te os 2300€ e entenderem-se eles com a policia! Afinal foram eles que foram enganados e não tu! Imaginemos outro caso, metes a bike à venda num stand, que obviamente tem a sua margem de lucro, se alguém a roubar ou pagar com notas falsas, cheque roubado etc., o problema é da loja não nosso... ou estarei a ver mal!?
 
Boas, falei ontem com o meu colega do banco e fiquei com algumas questões:

O cheque era Visado ou bancário?
Qual foi a "desculpa" para o banco te retirarem o dinheiro (eu sei que disseste a trás, mas já li o tópico e não encontrei)?
Abraço
 
porque nao das uma saltada a moranda para onde envias te a bicicleta?? avisa a policia conprovando que a bicicleta e tua e chegando la tocas a campainha..

naquela casa foi entregue portanto quem mora la tem que saber de algo e ai ou tens sorte e o proprio gajo te abre a porta ou entao pode ser algum familiar que depois com a ajuda da policia o identifique...
nao custa nada tentar 2300€ na bike se tavas a contar com eles para bike nova la se vai o novo brinquedo....

ja roubaram a bike a um amigo meu e por sorte ele falou com um outro amigo que sabia onde esse que roubou morava quando fez queixa na policia disse que o conhecia e sabia a morada foram la e conseguiu reaver a bike com ajuda da policia.
 
Boas rapaziada,
antes demais lamento a cena do Rui, mas num negócio desses tinhas de te encontrar com ele, nem que fosse a meio caminho. Esperemos que apanhem o personagem e que tenhas possibilidade de o ir cumprimentar, ficas sem as cenas mas sais satisfeito. Bom deixem-me contar como ia sendo "comido" à grande e em grande estilo. Aprox à dois anos tive à venda a minha Genius e respondeu-me um tipo de Inglaterra a dizer que estava muito interessado e que tinha um cliente mt interessado e tal e que para reservar a bicla me dava mais dinheiro e que ele próprio trataria do transporte e que tb por isso mesmo me enviaria um cheque com mais dinheiro. Bom eu estava a vender a Genius por 2.000€ e o jovem queria dar-me 5.000€, foi a minha sorte, ainda vacilei e pensei "Será que nas terras de Sua Majestade as Scott Genius são assim tão preciosas?" e o transporte é assim tão caro para lá? Bom o jovem voltou à carga a dizer que estava mesmo interessado e que me iria enviar o cheque; Obviamente que o avisei que só após boa cobrança poderia a tal empresa transportadora vir levantar a bina. O cheque chagou, um cheque de um banco de Inglaterra e de um titular completamente diferente e que levei a mostrar ao meu banco e que me informou que ainda que o cheque fosse verdadeiro a reclamação desse cheque demoraria mais de uma semana e que haveriam custas justamente por ser um cheque estrangeiro. Bom não fiz nada, pesquisei um pouco e là encontrei a trafulhice parece que o banco NatWest de regent street, Londres tinha estado envolvido num caso de falsificação de cheques e o mais grave era que tinha havido mesmo pessoas que recebiam o dinheiro e que era anulado umas horas depois, tendo já sido enviado o material, claro está e o normal era a transferência tardar algum tempo e a pessoa como já tinha o cheque algum caía, parece que aconteceu bastante com carros em 2ª mão. Creio que perder 20,30 40 ou mesmo 50€, ainda se tolera, agora para compras/vendas de maior vulto tem de ser mesmo olhos nos olhos, porque há gente que pensa nos esquemas mais estranhos para sacar o guito. Fiquem bem.
 
Chiça que tareão tão bem dado... qual polícia qual quê... era um enfardamento. DEPOIS sim, chamar a polícia. Depois como se faz sempre: Eu? Eu não vi nada... não me apercebi de nada.
Balaclava na cara ou gorro e ele depois da primeira bem assente nem vê mais nada.

Se não houver bicicleta para reaver, é dar-lhe 2300euros de ossos partidos e convalescença no hospital mais próximo.
Não te preocupes com represálias que quem faz estas merdas, já fez muitas e já nem sabe porque está a levar na tromba porque pode vir de muitos lados.

Enfim...
 
melhor opção...... transferencia atravez de NIB e entao depois despachavas a bike....
como comprador fazias isso? como sabes que o vendedor é pessoa séria e te vai mandar a bike?

Como já vários disseram o ideal (nestes valores) é cara a cara e com money. E cuidado com o test drive porque já há relatos de gajos fugirem durante o "teste" á bike.
 
boas amigo Rui, infelizmente tens de ser tu a resolver a situação, não confies em terceiros para resolveres o teu problema(policia, tribunais,etc), sou de Gaia e se precisares de ajuda para ir a Guimaraes podes contar comigo, rápidamente se arranja mais pessoas para irem tb
grande abraço
 
epá é mesmo triste o que te aconteceu

só quero aqui acrescentar que se estás á espera de PJ, PSP, GNR ou tribunal te defendam os teus direitos entao vais ter umas desilusões

Quando ouvi que ele aldrabou outros, lemnrei-me que já soube de casos em que tipos que fazem dessas falcatruas em serie conhecem tipos na policia. Por outro lado policia e tribunais em Portugal são do mais incapaz que por ai anda a fazer justica, e nao digo que seja propositado, mas a verdade é que assim é. CTT estao-se a cagar de alto pras consequencias, querem é receber as custas.

Olha aprendeste uma lição, pena ter saido tao caro. Só compro na net em sites com feedback e se estiver referenciado em quantidade e qualidade.