29er Rockrider XC 100s 29r (Suspensão completa) - feedback

#22
Na altura comparei com dois modelos e eram mais baixos. Nesses que apontas é muito semelhante.

Ainda não tenho a certeza se os quadros da nova gama são 29' ou se são os mesmos com estes sistema de adaptação aos três tamanhos de roda.

115psi na frente parece pouco, mas também depende do que pretendes da suspensão.
ela indica 90kg 110psi, eu tenho 82kg e já passei esse valor(115psi). O máximo rotulado no autocolante são 150psi.
 
#24
Bom, meti 100psi na frente e 80psi atrás, medi o sag, tudo OK. Meti 2.2 no pneu da frente e 2.3 no de trás, tudo OK.

Fui novamente ao sítio onde caí ao final da tarde e desta vez correu bem. Fiz claramente uma má abordagem (demasiado rápido na descida) o que levou a escolher o trajecto errado na curva onde caí.
Desta vez correu 5* mas é sem dúvida a descida mais complicada que eu já fiz e também a mais perigosa.
 

Nande

Well-Known Member
#25
Diria que à partida tens pressão a mais nos pneus...
Para quem não tem ideia da pressão ideal a que deve rolar (tem a ver com o nosso peso, tipo de bike e tipo de trilho), a “thumb rule” é colocares 25psi (1,7 bar) em ambas e a partir deste valor ires ajustando.
A roda da frente (que suporta menos peso) terá sempre menos pressão que a de trás.
 

Nande

Well-Known Member
#27
Ncasquinha, é um trade-off:
Mais pressão - rola melhor em terrenos lisos, menos aderência em terrenos irregulares, mais protecção dos aros das rodas.
Menos pressão - rola com mais resistência em terrenos lisos, melhor aderência em terrenos irregulares, menos protecção dos aros das rodas.

Como a maioria de nós faz BTT :p, usamos as bikes em terrenos irregulares. Muitas vezes, quanto mais irregular, melhor :cool: por isso a questão normalmente é: qual é a pressão mais baixa que consigo usar sem danificar os aros? ;)

Para qualquer vertente de BTT, diria que a pressão que usas está altíssima. Seria adequada para rolar em ciclovias.
 
#28
Então mas 2.2 e 2.3 é muito? Tenho 82kg e por vezes preciso de
Ncasquinha, é um trade-off:
Mais pressão - rola melhor em terrenos lisos, menos aderência em terrenos irregulares, mais protecção dos aros das rodas.
Menos pressão - rola com mais resistência em terrenos lisos, melhor aderência em terrenos irregulares, menos protecção dos aros das rodas.

Como a maioria de nós faz BTT :p, usamos as bikes em terrenos irregulares. Muitas vezes, quanto mais irregular, melhor :cool: por isso a questão normalmente é: qual é a pressão mais baixa que consigo usar sem danificar os aros? ;)

Para qualquer vertente de BTT, diria que a pressão que usas está altíssima. Seria adequada para rolar em ciclovias.
Muito útil obrigado.
Então mas tenho dúvidas sobre o que fazer... Eu tenho de ir por estrada até aos ditos locais, que pressão seria recomendada?
 
#29
A roda da frente (que suporta menos peso) terá sempre menos pressão que a de trás.
Atenção que em travagens e a descer suporta a quase totalidade do peso.

Eu tenho uma opinião e abordagem diferente :

Se os fabricantes dos pneus colocam lá uma pressão mínima, vou admitir que eles é que estão certos, que testaram o pneu e que o mesmo foi desenvolvido para funcionar tendo em conta aquela pressão mínima.
Se o pneu tem uma pressão mínima de 2,5 bar, não deve ser lá muito lá muito bom andar com 1,5 bar, por exemplo, uma vez que isso está completamente fora das especificações do pneu.

Depois eu em particular, não consigo andar com essas pressões. Para quem só desça e não se preocupe com a saúde das jantes ainda vá, mas para rolar e subir detesto a sensação que os pneus transmitem.

Deixo aqui um recorte de uma fotografia minha ( tenho 77 kg ), tirada a andar devagar pois era para a foto, com pneus de largura 2,35 e 2,2 bar de pressão :



Ora se a andar tão devagar o pneu já se deforma daquela maneira, eu não quero sequer pensar nas pancadas que a jante não levaria a andar com essas pressões baixíssimas a velocidades maiores, ainda para mais tendo em conta que as jantes em carbono são carissimas e depois de empenadas lixo com elas.
 
#30
Atenção que em travagens e a descer suporta a quase totalidade do peso.

Eu tenho uma opinião e abordagem diferente :

Se os fabricantes dos pneus colocam lá uma pressão mínima, vou admitir que eles é que estão certos, que testaram o pneu e que o mesmo foi desenvolvido para funcionar tendo em conta aquela pressão mínima.
Se o pneu tem uma pressão mínima de 2,5 bar, não deve ser lá muito lá muito bom andar com 1,5 bar, por exemplo, uma vez que isso está completamente fora das especificações do pneu.

Depois eu em particular, não consigo andar com essas pressões. Para quem só desça e não se preocupe com a saúde das jantes ainda vá, mas para rolar e subir detesto a sensação que os pneus transmitem.

Deixo aqui um recorte de uma fotografia minha ( tenho 77 kg ), tirada a andar devagar pois era para a foto, com pneus de largura 2,35 e 2,2 bar de pressão :



Ora se a andar tão devagar o pneu já se deforma daquela maneira, eu não quero sequer pensar nas pancadas que a jante não levaria a andar com essas pressões baixíssimas a velocidades maiores, ainda para mais tendo em conta que as jantes em carbono são carissimas e depois de empenadas lixo com elas.
Pois, eu também fico receoso com baixa pressão e tenho de rolar em alcatrão até chegar ao mato
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#31
Deixo aqui um recorte de uma fotografia minha ( tenho 77 kg ), tirada a andar devagar pois era para a foto, com pneus de largura 2,35 e 2,2 bar de pressão
Tens a certeza que a tua bomba anda a indicar a pressão correta ;)
Eu usava, 2.1BAR em tubeless . Mas isso em estradões no Alentejo e zonas menos técnicas/ mais rolantes. Quando comecei a ir para locais mais técnicos, tive de rever isso. atualmente , apesar de não acompanhar as pressões do pessoal que me acompanha, ando com os pneus com 1.8/1.9BAR. Outro dia fui dar uma voltar em Monsanto, ainda assim tive de esvaziar os ditos mais um pouco.. epá pareciam uma bailarina nos trilhos com raízes molhadas. ainda ssim a borracha e geometrias dos meus pneus não é para este tipo de pisos.

No flanco dos pneus indica como pressão minima 2.5BAR... nunca na vida iria meter tal pressão!!! Nem quando pesava 77kg, actualmente estou com 67kg.
Set de pneus que tenho nas minhas 29...
MAXXIS 2.1/ 2.2
Fr: IGNITOR; ARDENT race;
Tr: CROSSMARK; CROSSMARK II
 
#33
Tens a certeza que a tua bomba anda a indicar a pressão correta ;)

No flanco dos pneus indica como pressão minima 2.5BAR... nunca na vida iria meter tal pressão!!!

MAXXIS 2.1/ 2.2
Fr: IGNITOR; ARDENT race;
Tr: CROSSMARK; CROSSMARK II
Então os fabricantes não sabem o que andam a fazer é isso ? ;):eek:

O mínimo que eu meto nos pneus 2,35 é 2,1 bar e isto se souber que o piso é fácil e vão levar pouca pancada, senão é 2,2 ou 2,3 bar, que as jantes são caras, já nos pneus 1,9 tem mesmo de ser os 2,5 bar no mínimo.
Por vezes meto um pouco mais de pressão, mais 0,1 ou 0,2 bar andando dentro das especificações mínimas de pressão dos pneus.

Estas pressões dão para alcatrão, estradões rolantes, areia, descidas com calhaus, enfim tudo o que apanho sem ter de andar a tirar ou colocar pressão no meio da volta.

Tenho várias bombas, sendo que a última que comprei, o ano passado, foi uma Topeak JoeBlow Booster, que pelo preço e uso até agora, vamos admitir que marca as pressões bem.
Mas se marcar mal a pressão, então todas as que tenho utilizado estão mal.

https://www.topeak.com/global/en/products/41-Floor-Pumps/1322-JOEBLOW-BOOSTER
 
Last edited:
#34
Eu também ignoro as pressões mínimas no flancos dos pneus (As marcas devem meter essa pressão por questões de "liability", a verdade é que profissionais não usam essas pressões nem de perto). Peso 72kg e nas minhas bikes com 140mm de curso a pressão em pneus 2.35 tubeless a pressão que uso é entre 1.6 - 1.8. Mais que isso e as bike ficam super saltitonas/nervosas em terrenos irregulares. Isto ainda é mais evidente em hardtails em que dependes mais da deformação do pneu para amortecimento e tracçao.

Relativamente a pressões nas suspensões o melhor é mesmo usar o SAG como principal indicador para ajuste, a minha interapretaçao é que principalmente em amortecedores devido a diferentes cursos e racios de compressão de cada sistema de "alavanca(linkage)", por vezes as pressões sugeridas estão longe das corretas.
 
#35
Eu pelo que testei ontem, para os meu 82kg atuais gostei do desempenho e acho que encontrei o equilíbrio ideal com ~2.1 frente ~2.3 atrás, 100psi na suspensão com rebound a 50% e 80psi no amortecedor.
Vendi à pouco os pedais de encaixe a um amigo, os Shimano m324 e já montei os novos, Shimano m520.
Acho é que tenho de sangrar ou afinar o travão de trás, porque tem mais curso do que o da frente e eu prefiro com menos, sem dúvida.
Penso que está apta para fazer uns bons km e é só meter em modo tubeless. No meu caso é meter as válvulas e líquido, retirando as câmaras de ar de gel.

Pelo que vejo no comentários, as pressões variam muito do gosto pessoal de cada um. Sou pesado e não quero dar cabo das jantes, portanto dificilmente colocarei menos de 2.0bar em cada um, mas entendo perfeitamente que para mato, quando menos ar melhor.
 

nmt

Active Member
#36
Quando comecei a fazer btt, com pneus 26" 1.9 (Maxxis Larsen TT) andava com pressões nos 3 bar. Tinha medo de furar ou de estragar os aros...
Depois vai-se evoluindo, vai-se vendo o que pessoal mais experiente usa, as bicicletas mudaram, etc... Atualmente uso pressões entre 1 bar e 1,5 bar, dependendo do tipo de trajecto (mais do que a bike em que vou), peso 77 kg e uso os pneus em tubless. Quanto à indicação de pressões mínimas dos fabricantes, nem olho para elas. Na bike de trail, com pneus Onza Ibex 2.40 chego por vezes a andar no pneu da frente abaixo de 1 bar
 
#37
Quando comecei a fazer btt, com pneus 26" 1.9 (Maxxis Larsen TT) andava com pressões nos 3 bar. Tinha medo de furar ou de estragar os aros...
Depois vai-se evoluindo, vai-se vendo o que pessoal mais experiente usa, as bicicletas mudaram, etc... Atualmente uso pressões entre 1 bar e 1,5 bar, dependendo do tipo de trajecto (mais do que a bike em que vou), peso 77 kg e uso os pneus em tubless. Quanto à indicação de pressões mínimas dos fabricantes, nem olho para elas. Na bike de trail, com pneu Onza Ibex 2.40 chego por vezes a andar no pneu da frente abaixo de 1 bar
Lá está, cada caso é um caso e assim é que é porreiro. É ouvirmos e ir vendo o que melhor se adequa a nós.
 
#38
Quando comecei a fazer btt, com pneus 26" 1.9 (Maxxis Larsen TT) andava com pressões nos 3 bar. Tinha medo de furar ou de estragar os aros...
Depois vai-se evoluindo, vai-se vendo o que pessoal mais experiente usa, as bicicletas mudaram, etc... Atualmente uso pressões entre 1 bar e 1,5 bar, dependendo do tipo de trajecto (mais do que a bike em que vou), peso 77 kg e uso os pneus em tubless. Quanto à indicação de pressões mínimas dos fabricantes, nem olho para elas. Na bike de trail, com pneus Onza Ibex 2.40 chego por vezes a andar no pneu da frente abaixo de 1 bar
off topic:
Eish, tenho a mesma bike e os mesmo pneus Onza de origem (mas ja comprei uns vittoria mazza para substituir) e nunca andei com perto de 1 bar nos pneus.

Mas fica aqui algo curioso sobre as pressões usadas pelo Nino Schurter.
"Nino is running Maxxis Aspen tyres again in 2021 and will be keeping the same set up with Oko Magic Mill High Fibre sealant, 1.15- 1.20bar (16.6 - 17.4psi) front and 1.25- 1.30bar (18.1 - 18.9psi) rear."
 

nmt

Active Member
#39
off topic:
Eish, tenho a mesma bike e os mesmo pneus Onza de origem (mas ja comprei uns vittoria mazza para substituir) e nunca andei com perto de 1 bar nos pneus.

Mas fica aqui algo curioso sobre as pressões usadas pelo Nino Schurter.
"Nino is running Maxxis Aspen tyres again in 2021 and will be keeping the same set up with Oko Magic Mill High Fibre sealant, 1.15- 1.20bar (16.6 - 17.4psi) front and 1.25- 1.30bar (18.1 - 18.9psi) rear."
Se o trajecto tiver uns drops ou saltos a pressão tem de ser mais alta (na casa de 1,5 bar), senão o aro toca no chão nas aterragens. Mas os meus trilhos favoritos são de roda no chão e prefiro a tração e capacidade de moldagem do pneu ao solo, principalmente em pedra e raízes
 

edununo

Well-Known Member
#40
Eu também uso pressões abaixo do indicado no pneu.
+- 2bar atras e +- 1.7 à frente. Se for uma volta com mais estrada, subo um pouco.
Mesmo na fininha uso muito menos que o indicado.