NOVIDADES BTWIN/ROCKRIDER

#41
Na minha opinião também é um ponto fraco fraco. Um instrumento que deveria ser prático de usar não o é, ora prende na luva, ora a borracha que envolve o manípulo dificulta ela própria a ação giratória do mesmo... Pelo menos o que já tive oportunidade de exprimentar, montado numa ST560, deixava bastante a desejar comparado com outros mecanismos com a mesma função.
Está tudo dito...
agora falam no combolock V2 que desconfio (pura intuição minha) que se limitaram a colocar o mesmo mecanismo mas com um ou mais pequenos relevos "patilhas" na borracha para se usar o polegar...
 
#45
Vi a presentação parecem me bem as novas bikes.

Digam, quem tem experiência neste mundo, os preços das bike da Decathlon, no modelos mais avançados, são bastante mais baratas de k as marcas de referência/top.
Há assim tanta diferença nos quadros desta marca para outras k justifique em modelos +/- dentro da mesma Gama, mais de 1000 paus de diferença.

Nota se assim tanta diferença na performance das bicicletas?

Por exemplo uma xc900s, vai para 2000, por 2000 não compras nada parecido em termos de características de outras marcas.

Qual é a grande diferença k justifique a diferença de preço?

Obrigado
 
Last edited:

Nande

Well-Known Member
#47
Olá Ruipgouveia
Uma das principais razões que leva aos preços da Decathlon serem abaixo da média tem a ver com o volume de vendas.
Da mesma forma que um hipermercado esmaga os produtores que lá querem colocar produtos, também a Decathlon esmaga preços nos fabricantes. Como exemplo, há uma empresa em Portugal que monta mais de 1 milhão de bikes por ano para a Decathlon. Com um volume destes, tens um enorme poder de negociação...
Quanto à qualidade, é outro assunto; terás bikes melhores e piores que as da Decathlon e a uma grande variedade de preços... não vou entrar por aí...
 
#50
Vi a presentação parecem me bem as novas bikes.

Digam, quem tem experiência neste mundo, os preços das bike da Decathlon, no modelos mais avançados, são bastante mais baratas de k as marcas de referência/top.
Há assim tanta diferença nos quadros desta marca para outras k justifique em modelos +/- dentro da mesma Gama, mais de 1000 paus de diferença.

Nota se assim tanta diferença na performance das bicicletas?

Por exemplo uma xc900s, vai para 2000, por 2000 não compras nada parecido em termos de características de outras marcas.

Qual é a grande diferença k justifique a diferença de preço?

Obrigado
Diria que a diferença é praticamente nula a grande vantagem das outras marcas ditas de grande nome é que não desvalorizam tanto como uma da decathlon.
 
#51
Bom dia!
Este é um tópico bastante interessante! Andei a ver com bastante atenção a xc900. Realmente está muito bem equipada para o preço que apresenta. Por outro lado, tem cores bastante interessantes. Contudo, há sempre o estigma da marca . Há quem valorize imenso a marca do quadro, independentemente do material ser muito fraco. De certeza, que não estamos a falar de um quadro s-works, ou um scale RC, mas acredito completamente que estes quadros de carbono da RR tem qualidade. Se mais tarde pretenderes vender a bike, de certeza que sairás muito desvalorizado. Mas...
Terminando, penso que as RR , principalmente a xc900 é uma bike excecional para o preço.
 
#52
Eu não concordo com essa opinião da desvalorização. Fazendo um simples exercicio, muito generalista:

Compra XC900 por 1600€ passado x anos vendes suponhamos por 1000€. Outra marca, no mesmo período, vendes por 1500€ mas compraste por 2100€.


Acho que dá para perceber o meu ponto de vista.
 
#53
Olá Malta, tenho uma RR 540, comecei por iniciação e agora o bicho pegou.. esta bicicleta leva-me onde as KTM scarp e Scott vão.. mas por vezes não é nada confortável.
Estava agora a pensar passar para uma xc900s e gostava das vossas opiniões..
Estou indeciso entre a semi-rigida Orbea M50 Eagle e a Xc900s.

Alguma ajuda? Abraço
 
#55
Olá Malta, tenho uma RR 540, comecei por iniciação e agora o bicho pegou.. esta bicicleta leva-me onde as KTM scarp e Scott vão.. mas por vezes não é nada confortável.
Estava agora a pensar passar para uma xc900s e gostava das vossas opiniões..
Estou indeciso entre a semi-rigida Orbea M50 Eagle e a Xc900s.

Alguma ajuda? Abraço
Uma é suspensão total e outra semi-rigida. Na linha da M50 tens a XC900. Considero a Orbea mais apelativa, e a RRider mais bem equipada. O quadro da Orbea tem o tubo de selim mais vertical.
 
#56
Uma é suspensão total e outra semi-rigida. Na linha da M50 tens a XC900. Considero a Orbea mais apelativa, e a RRider mais bem equipada. O quadro da Orbea tem o tubo de selim mais vertical.
Faço trilhos e estradões, cerca de 50/60km por fim de semana, a Orbea parece-me suficiente, mas a XC900s está muito bem equipada e a diferença de preço não é assim tão grande.
Acho que também é importante frisar que não sou daqueles de comprar só por marca..
Será que a Xc900S me irá dar mais conforto e segurança nas descidas?
 
#59
se fazes muitos estradoes, esquece a XC900s. para isso vai para XC900.
Arranja mas é uma hardtail com suspensão não superior a 100mm.
Que trilhos são esses? onde?
Zona Oeste.. trilhos entre Foz sisandro - Ericeira - Mafra - Cheleiros - Sintra..
Estradões não fazemos muitos, só de acesso aos trilhos.. mas nada muito técnico
 
#60
Na área que referes ou se sobe ou se desce.

Falando nas RRider, entre a 900 e 900s são 2 quilos de diferença.

Entre a 900s e a Orbea tens uma suspensão melhor e com mais 20mm na 900s, para não falar do curso traseiro.