UM APELO...

#1
... às organizações de eventos desportivos relacionados com o BTT:

NÃO SE ESQUEÇAM DE RETIRAR AS VOSSAS MARCAÇÕES!

Não basta um ciclista dizer que é amante da natureza e depois nada faz para o provar. Bastam de câmaras de ar deixadas nos trilhos, garrafas de plástico e fitas a marcar percursos.

Temos trilhos com tantas fitas deixadas pelas organizações, que por vezes mais parecem estendais de plásticos. Não sei como é que o pessoal se consegue orientar quando num evento chegam a um cruzamento com tantas marcações, muitas delas idênticas.

Uma coisa é verdade, quando me meto por trilhos desconhecidos e penso que estou perdido, ao encontrar uma ou mais fitas dão-me um sentimento de segurança, pois sei que afinal há uma saída; mas como diz o ditado antigo "quem não se quer queimar, que não mexa no fogo", ou seja, prefiro achar uma saída por mim mesmo.

Uma vez mais deixo o meu apelo, por favor organizadores, mostrem a diferença e retirem as vossas marcações: A NATUREZA CONTA CONVOSCO!

Cumprimentos betetísticos
 
#2
bom post.. é muito bonito falar-se no ambiente,até virou moda,fica bem e tal.. mas na hora de fazer alguma coisa...
Sinceramente não compreendo qual a dificuldade de guardar o palel da barra energetica,ou a camara de ar no bolso.
 
#3
Um tópico bastante util. Pois nimguem quer ver poluída ou estragada o sitio por onde percorremos kilometros a fiu.
Penso que nao custa nada guardar o papel, a camara de ar, qualquer coisa que nao deixe uma má impressão para quem mais tarde por la passa.


Abraços e boas pedaladas. :)
 
#4
Boas

Eu nao podia concordar mais com este topico, eu quando ando pela zona de alcobaça e uma coisa impressionante, especialmente na zona dos salgados, na zona da ataija e chiqueda, e ainda nas matas do estado na freguesia de vimeiro!
Sera que custa assim tanto passar no fim e limpar?
E que o impressionante e que sao sempre os mesmo grupos a fazer este "coco" todo!

Abraço
 

Hugo_BTTejo

Utilizador Banido
#5
Agora, tocaram numa ferida importante.
è verdade que se vê muito lixo espalhado pelos trilhos dessa zona, agora vejam se for um dia de Maratona ou Passeio, onde costumam estar presentes centenas de Bttistas e ai o caso é pior...
A Natureza não é para se estragar, é para sobreviver, e para isso, não é a deitar lixo para o chão que se safam, mas Deus castiga quem fez porcaria e mais tarde lembram-se do que fizeram e redimem-se!!!

Abraço ao Nelson, do Cadaval :mrgreen: :mrgreen:
 
#6
Nunca é demais falarmos sobre este tema e devemos sempre defender o nosso ambiente!

Quanto mais mensagens destas circularem por aí, mais pessoas poderão ficar definitivamente sensibilizadas, e na hora de deitar o lixo para o chão talvez possam começar a consciencializarem-se de que é errado. Realmente não custa nada guardar as coisas num bolso para posteriormente serem colocados nos devidos locais.

Abraço.
 
#7
Boa noite,

Não podia estar mais de acordo com este apelo. Subscrevo-o com todas as letras. É lamentável que se deixe tanto lixo nos trilhos. Ao percorremos os trilhos são às centenas as fitas de sinalização que encontramos.

É complicado porque penso que não existe nenhuma entidade a fiscalizar estes atentados. Deve ser competência, julgo eu, da GNR. Corrijam-me se estiver errado.

Portanto, isto só lá vai com cívismo.

Boas pedaladas
 
#8
JorgePedroso said:
(...)

É complicado porque penso que não existe nenhuma entidade a fiscalizar estes atentados. Deve ser competência, julgo eu, da GNR. Corrijam-me se estiver errado.

Portanto, isto só lá vai com cívismo.

Boas pedaladas
Penso que o que menos preocupa a GNR são as fitas espalhadas pelas nossas matas. Não fiquem zangados os agentes das autoridades que são utilizadores deste fórum, mas a verdade é que nunca tive conhecimento que algum se "envolvesse" neste tipo de problema, o que me leva a crêr que nem sequer os agentes da autoridade amantes da natureza e ciclistas se preocupem muito; contradigam-me se eu estiver errado (espero bem que sim).

Temos que ser todos nós a chamar a atenção!

Temos que ser todos nós a nos preocuparmos!

Temos que ser todos nós a fazer alguma coisa!

Porque não basta só falar sobre o assunto, mas sim avançar mais... pelo menos é o que eu pretendo fazer...
 
#10
Boas
Realmente este é um tópico que toca bem fundo numa ferida bastante desagradavel.
No que toca ao meio ambiente todos os cuidados são poucos pois ele neste momento está como todos voçês sabem bastante deblitado.
E cabe a cada um de nós tentar fazer com que certas situações se deixem de repetir vezes sem conta.
Para terminar deixo-vos uma placa informativa que me chamou bastante á atenção.
Espero que sirva de alguma forma para esclarecer melhor alguma duvida que ainda possa persistir.



SAUDAÇÕES BETETISTAS
 

RTC

Super Moderador
#11
Consta que uma ou outra entidade que tenha organizado um passeio/maratona de btt e tenha deixado fitas após 60 dias da realização do mesmo tenha sido autuada pela Divisão de Ambiente da GNR. (SEPNA)
http://www.gnr.pt/portal/internet/sepna/12.denuncias/form_sepna.asp

São eles que têm competencia, pelo que sei, de fiscalizar situações como estas.
E que pelo que parece o valor minimo da coima não é nada baixo!

É um caso que ouvi há uns tempos e que merece ser confirmado...
 
#13
Sem duvida uma boa iniciativa , ainda este fim de semana fui dar uma volta pela zona da serra de grandola e fitas era coisa que não faltavam,

tanto de marcações de passeios de btt como de tt , é sem duvida uma iniciativa a seguir :wink:


boas pedaladas
 
#14
No caso de Portugal, não são só as fitas de marcação dos trilhos e as embalagens das barras energéticas, esse até seria o mal menor, não compreendo e o pior, é também nas bermas e valetas das estradas os milhares de garrafas de plástico e vidro deitados pela janela dos automóveis, os sacos de plástico do modelo e intermarché a esvoaçar, observem bem, não percorrem um único metro que não tenha qualquer destes detritos, às vezes até sacos de plástico com lixo deitados para a berma da estrada como se não tivesse-mos contentores com a inscrição«lixo ensacado no contentor fechado» e ecopontos ao pé da porta.  São também os frigoríficos, os colchões e fogões velhos, sanitas e bacias abandonados em qualquer lugar, quantos não andaram no campo e se depararam com montes deste lixo nos locais mais inesperados, e os guardanapos de papel pelo chão, sinais  da febre de sábado à noite, demonstração da liberdade sexual dos jovens portugueses.  A mim revolta-me e ainda mais quando das janelas de carros finos e xiquerrímos propriedade de pessoas de nariz ao alto, voam para fora maços de tabaco vazios, lenços utilizados e até fraldas de bebé com restos digestivos da noite anterior.  A lista seria bem grande mas resume-se assim: onde pára um português deixa lixo no chão. Há anos e anos que batemos na mesma tecla, respeitar?... bem poucos. Desculpem a dureza, mas é a verdade nua e crua.
 
#16
Olá,

De facto é um assunto que já passou em muitos tópicos, mas na minha opinião, estes tópicos nunca são demais.
O português tem o péssimo habito de se descartar de tudo para sítios onde "não" se veja, para quem conhece a zona do Cacém/Tala/Belas sabe que existem muitas pessoas a lá deixarem os restos de carros acidentados, como para-choques, portas, pneus, etc.
Isto já cabe a nós participarmos estas "barbaridades" as autoridades e se chegarmos a ver o FDP que o faz... bom, o 112 é a melhor solução.

Lembro-me de uma vez estar a andar de bike mais um amigo e vimos uma carrinha com algumas coisas (lixo/entulho) na caixa, a nossa reacção foi segui-la não fosse o caso do chico-esperto ir despejar aquela coisa. mas não o fez!

Agora quanto ao lixo dos passeios, as fitas qualquer um de nós poderia ir tirando. Achei a iniciativa do clubedomatobtt muito boa. Não resolve os problemas, mas é uma iniciativa. Se mais pessoas tiverem a mesma atitude quem sabe se não começa a alterar a mentalidade. Temos de começar por qualquer lado, certo?

Para mim o mais grave é mesmo os companheiros bttistas (que somos todos amantes da natureza), que deixam as câmaras de ar, os sprays de reparação de furo e os papeis das barras no meio da serra... Então não os trouxeram numa mochila/bolso?? não podem lá voltar a meter para depois colocar no lixo?! isto sim, é inadmissível!

Cumps
 
#17
Pois é caros amigos do pedal... este topico tambem já tinha eu pensado abrir...

Pois um dia destes estava a circular por umas estradas muito secundárias ou terciarias entre Monte da Pedra e Chança, penso que freguesias que pertencem a Alter do Chão quando reparei em dois cruzamentos e vi setas direcionais daquelas em folhas A4 com micas em plastico que pareciam estar alí há meses... Mais tarde posterei aqui as fotos que tirei...
 
#18
Subscrevo completamente as anteriores palavras...

São actos que todos devemos condenar e evitar fazê-los, não só durante provas ou passeios, mas no nosso dia-a-dia.

Se todos nos guiarmos pelo lema "deixar melhor do que encontrámos" de certeza que tornaremos os nossos treinos ou passeios pela natureza bem mais agradáveis!!!


Abraço a todos !!!
 
#20
a especies aparecem desenvolvem-se e estinguem-se por norma de forma natural no nosso caso voluntária
mas a natureza acabará por vencer e para ela nunca haverá fim