Team Amarante Bike Zone Onbike - Transrockies 2009 - João Marinho & José Silva

Re:Team Amarante Bike Zone Onbike - Transrockies 2009 - João Marinho & José Sil

Mais uma vez parabéns e mais do mesmo.

Vocês cheios de trabalho e mal têm tempo para descansar e eu aqui deitado a descançar e de férias.

Acreditem q nem me sinto bem ao estar a dizer isto.

Mas tb vos digo q não me importava nada de ter de fazer o vosso trabalho só para q voçês pudessem ir descansar mais um pouco. Para a próxima digam qq coisa q eu vou convosco para servir de ama e tratar de fazer o trabalho q tem para fazer após o términos de cada etapa.

Enquanto ha vida ha esperança e essa é sempre a ultima a morrer. Nem q seja na ultima,mas ainda vão vencer uma etapa.

Mas se não vencerem,não se preocupem pq para nós tugas,vocês ja são os primeiros destacadissimos desde a primeira etapa.

Força ai malta,siga mais uns watt´s para vocês :twisted: :twisted: :twisted:
 
so a equipa de fabrica da rocky mountain a vossa frente ?mas ninguem apoia a serio estes rapazes ?sera preciso darem a volta ao mundo em 8 dias ?so mesmo em portugal ,espectcular so posso dizer isso nem tenho mais palavras ,estarem em 2 no transrockies e qualquer coisa de surreal ,força pa voçes merecem tudo a começar por algo com mais força para vos ajudar ...
 
Primeiros europeus...
Primeiros não canadianos...
Primeiros não pro´s...
Primeiros sem ajudas extras...
opah... ÚNICOS EM TUDO!!!!!!

AVISEM A SIC PLEEEEEEEAEEEEE....
Eu já enviei um mail, mas temos mesmo k ser muitos a fazê-lo..
Vá lá pessoal.. O João arranja sempre tempo para os seus fantásticos relatos... Nós também temos k arranjar tempo para enviar um mail prós canais de TV...
 
Transrockies – João Marinho & José Silva – Dia 4

Team Amarante Bike Zone ONBIKE

Nipita to Whiteswan


Distância: 107 km
Acumulado de Subidas: 1890m
Acumulado de Descidas: 1921m
Classificação: 2º - 05:07:59s

Hoje o passeio pelo quintal foram ‘’apenas’’ 107km para os 1890m de acumulado. Noutros locais isto aparentava ser uma etapa rolante, sem grandes preocupações. No Canadá a escala de dureza é outra, aqui até podem ser só 15km uma etapa mas podemos demorar 3h para os fazer. Nós não fazíamos a mais pequena ideia, tínhamos lido relatos, concelhos de amigos mas fazer isto é qualquer coisa de brutal, para homens (e mulheres) e máquinas. Nunca em Portugal fomos brindados com a dureza que aqui enfrentamos, por vezes a nossa vida corre mesmo risco e não estou a exagerar.

Querem saber mais, ninguém se queixa, ninguém diz que tiveram de carregar com as bikes durante kms, que gelaram os pés a passar o rio (a água aqui é mesmo gelada!!!), que tiveram de fazer trilhos com precipícios dos dois lados da roda, que a bike ficou enterrada na lama, até me esqueço do que já tivemos de ultrapassar!! Querem saber ainda mais?? Estamos a adorar cada segundo, vivemos a dureza, adoramos os trilhos, respiramos liberdade e distribuímos boa disposição indiscriminadamente.

Pois, a etapa…

O posicionamento inicial é muito importante porque aparecem singletracks de um momento para o outro e se não estivermos no grupo da frente, perde-se segundos preciosos. Os primeiros kms alternaram entre estradas florestais e trilhos ‘’hand made’’ na floresta.

Depressa se formou o grupo ‘’ do costume’’ – Team Amarante Bike Zone ONBIKE, Rocky Mountain Bicycles, e os Checos que ainda não bem o nome da equipa deles porque não são da nossa categoria. Uma coisa pouco normal nesta prova, estradões, e parecia que estávamos na primeira etapa…rolar a 50km\h em terreno ondulado e ainda a conversar….

O staff do primeiro abastecimento ficou de boca aberta porque além de sermos muito rápidos a lá chegar, nem sequer parámos!
Depois a história conta-se acerca do Zé, da bike e das pernas. Primeiro o travão traseiro começou a travá-lo. Tivemos que parar para ver o que é que se passava, (tentar) dar um jeito à coisa mas sem grande sucesso. Depois foram as velocidades que começaram as saltar e que não deixavam pedalar. Para acrescentar mais uma pitada, foram as pernas dele que começaram a não querer colaborar.

Nestas provas por equipa se um elemento está menos bem, o outro têm o dever de se manter com ele, incentivar, falar e empurrar se for necessário. Não adianta ‘’seguir viagem’’, é pensar sempre no ´´nós’’ em vez do ‘’eu’’. A dura subida do Bear Creek foi feita em sofrimento, só nos restava esperar que acabasse rápido.

As paisagens eram arrepiantes, pedalávamos pelo meio de cordilheira com imponentes picos rochosos e como ruído de fundo tínhamos o correr da água vinda da neve que derretia no topo das montanhas (e as velocidades que de vez enquanto saltavam J)
Antes mesmo de chegar ao topo, ainda fomos obrigados a desmontar durante umas centenas de metros, mas isto já nem merece muitos comentários, é ‘’tão natural como a sua sede’’.

Supostamente os restantes 55km após o final da subida, seriam sempre a descer. Até chegar ao 3º abastecimento, onde os sempre alegres Bazileiros estavam, foram a descer. Mas daí até à meta faltavam 30km, para se fazer numa estrada larga de terra batida, aliás, lama batida e com vento contra. Estamos entregues à nossa sorte, não havia nenhuma equipa para trabalhar em conjunto de forma a podermos descansar um pouco. O Zé estando mal, isto significa que não há descanso para mim e ‘’transportei-o’’ até à meta a morder a língua.

Quando estive na Costa Rica consegui ver uns crocodilos (não é Aldo?? aliás, Holandês Voador :D ), depois nos Alpes não tivemos a sorte, assim como em África do Sul com a observação de vida selvagem em directo. Ursos, estávamos no terreno deles e queríamos mesmo ver pelo menos um. Três, vimos três Grisley, a mãe e três filhotes a atravessar a estrada à nossa frente e felizmente a correr para o bosque.

Ursos tipo estes...



Estávamos numa ‘’Endless road’’, os kms passavam e nunca mais chegava a meta, não havia descanso porque certamente quem viesse na nossa perseguição vinha em grupo e estava a ganhar tempo.

Nos últimos 3km e quando a estrada serpenteou a serra e deu para ‘’controlar’’ quem nos perseguia, vimos 3equipas a dar tudo para nos apanhar. Não podíamos morrer na praia, há que dar tudo também, tínhamos de garantir a 2ª posição na etapa.

Quando cortamos a meta em Whiteswan, quase se foi ao sprint, mas garantimos o lugar. Na cara do Zé estava estampado sofrimento, mais tarde confessou-me que lhe vieram as lágrimas aos olhos de tantas dores…valeu a pena amigo!!!

Apesar de estarmos cansados não havia tempo para grande descanso. Comemos uma frutinha na chegada, fomos logo de seguida lavar as bikes, aproveitamos para lavar logo as sapatilhas porque iam ser necessárias no dia seguinte. Depois há que levar os sacos para a tenda (pesados que se fartam), beber o recuperador, tomar banho e descansar 5min. Depois lavar a roupa e procurar um sitio para a estender. Neste campo havia muitas soluções, desde estar no chão até pendurada nas árvores ou até mesmo nem a lavar e usa-la amanhã! O cansaço é tanto que esta solução compreende-se.

Optamos por a colocar no estendal montado pelo Crazy Lary (vejam a foto), felizmente que deu uns raios de sol ao final do dia porque durante a quase toda a etapa foi chuva. Entretanto o Zé foi descansar, porque não aguentava das pernas enquanto eu limpei, lubrifiquei e afinei as duas bikes. No final disto as pernas até tremiam de tanto estar de pé.

Crazyyyyyyyyyy Laryyyyyyyyyyyyyy :mrgreen:



Ainda consegui arranjar uns minutos para a bicicleta do João César que também precisou de uma ‘’atenção’’. Ele merecia, o Team Arruda estava de parabéns, tinham terminado em 5º na categoria de 80+ (soma das idades dar mais de 80 anos). Como se diz por cá…So far so good…Parabéns AMIGOS!

A caravana parou no meio do nada, numa clareira com uma vista privilegiada para o Gordan Peak e para o magistral Lago do Cisne Branco (Whiteswan). Que lugar mágico e belo!

Em provas deste calibre exige uma redobrada (aliás triplicada) atenção na escolha de roupa. Há quem opte por levar 7 mudas de roupa para ter sempre uma preparada todos os dias. A lista vai desde os tradicionais calções e Jersey aos manguitos, pernitos, impermeável, casaco térmico, calças…tudo o que possam imaginar aqui poderá ser necessário. Nisto o precioso apoio da ONDABIKE foi essencial para enfrentarmos a dureza da prova e espalharmos a impressão de Pro Riders. Infelizmente não o somos, mas frequentemente temos que dizer isso quer atletas quer aos espectadores e staff.

NÃO SOMOS PRÓS, MAS ANDAMOS COMO TAL :) (Como dizem o pessoal da RMB) ehehehe

A etapa de amanhã levamos de Whiteswan a Elkford num total de 87.5km e 2254m de acumulado de subidas. Elkford -"Wilderness capital of British Columbia", fundada por mineiros que exploravam (e exploram) o carvão. Finalmente vamos ver civilização, upiiiiii :)

Rocky Mountains e Caravana




PS: Estou a escrever este relato de ontem quando já terminei a etapa de hoje. Vocês preparem-se porque vem aí coisas bombásticas!


João Marinho & José Silva


Ride Like Hell
 
João Marinho said:
Pessoal,

Não vou conseguir acabar o relato de hoje a tempo...

Amanhã coloco...

Tenham um bom dia ;)
D4SS3 :mrgreen: :mrgreen:

AINDA TENS MAIS PARA RELATAR?!?!?!?!?!

QUE ESPECTÁCULO!!!!!

Esta quase (falta o quase), mas vocês chegam lá, tanto uma(s) vitoria(s) nas etapas restantes,como chegar ao fim num dos lugares do podium (sonhar pelo lugar mais alto no podium ainda é possivel :mrgreen: ). Equipa Arruda Team, o podium também ainda é possivel! Força AARRUDA :mrgreen:

Boa Sorte Bravos Lusos :podio:
 
Estes rapazes dizem que não são profissionais, mas com desempenhos destes estão a arriscar-se :mrgreen:
Força nas canetas que a meta é já ali ao virar da montanha :wink: ...
 
Re:Team Amarante Bike Zone Onbike - Transrockies 2009 - João Marinho & José Sil

Boas pessoal do pedal.
O João, tratem de se recuperar o maximo q poderem e façam o rescaldo mais tarde,mas só mesmo qd der.
Descansem primeiro pq nóa a mt custo :mrgreen: podemos esperar,mas voçês precisam bem mais de descansar q nós ler-mos os vossos rescaldos.
Força ai malta e nada de desistir.
Como CHÈ disse: A vida é dura para quem é mol!
Grande abraço.
 
Fantástica a vossa participação neste mega-evento! :#1: E estes relatos quase em directo são excelentes... :clap:
Vocês estão em grande, mesmo com todas as "contrariedades" em relação aos Pro's! Mas são esses pormenores que fazem um brilhante 2.º Lugar saber a uma fantástica vitória! Não se preocupem muito em ganhar etapas, em ficar em 1.º, para o pessoal do "BTT português" vocês já são 1.ºs há muito tempo! Divirtam-se o mais que puderem, isso sim, o resto virá por acréscimo pois vocês já mostraram as pernas que têm! E quando as pernas estiverem mais fracas lembrem-se que apesar de não podermos empurrar, estamos convosco!! Uma palavra de apreço também para os óptimos resultados dos "80+"!! :wink:
Continuem assim! :yeah:
 
bru.ki said:
Bem, antes de mais os Parabéns e TODA A FORÇA para ainda ganharem uma etapa.

Para ver se para uma próxima têm mais apoios nada melhor que visibilidade pública, por isso aqui vai:

euvi@tvi.pt
atendimento@sic.pt
http://www.rtp.pt/wportal/participe/formulario.php

Façam como eu, um pequenino mail a informar...
Va malta, enviem, já recebi respostas, aqui fica uma delas:
Caro Sr. Bruno Magalhães,

Recebemos a sua mensagem, que mereceu a nossa melhor atenção.
Agradecendo o seu interesse pela nossa estação televisiva, informamos que a sua sugestão para reportagem foi encaminhada para a Produção de Informação da SIC, que verificará a possibilidade e o interesse de efectuarmos alguma referência noticiosa.
Sem outro assunto de momento, agradecendo o seu contacto, e colocando-nos à sua inteira disposição para futuros contactos, apresentamos os nossos melhores cumprimentos,
 
Tenho seguido este tópico com grande entusiasmo, e a minha palavra é de PARABÉNS :!: :!:

Infelizmente não conheço pessoalmente estes dois rapazes, mas a julgar pela quantidade de pessoal que vos apoia e vos tem tanto carinho, só podem mesmo ser uma dupla de entusiastas do desporto e da boa disposição!

É incrível como atravessam o atlântico de "mochila" ás costas para chegar a uma das maiores provas deste género e fazer resultados absolutamente :shock: :shock:
O que vocês estão a fazer nessas montanhas, mais do que orgulho e realização pessoal, é elevar a bandeira portuguesa... Não digo isto como sendo uma exigência de bons resultados em nome de todos nós, portugueses BTTistas, mas ver dois tugas de sorriso no rosto a subir ao pódio é realmente fantástico!

Depois das 5 etapas já realizadas, o cansaço deve ser mais que muito... Já devem olhar para o selim com alguma desconfiança :roll:... Mas lembrem-se que é em cima dele e aos comandos dessas máquinas de 2 rodas que estão a explorar as Rocky Mountains, a cumprir um desejo de longa data (acredito que a preparação para esta prova tenha começado à muitooooooo), e a fazer história!!!

João Marinho / José Silva e Hélder Carvalho / João Mendes :arrow: Parabéns pela excelente prestação!!! Continuem a dar cartas, continuem a pedalar e a desfrutar dessa grande prova!!! Estamos convosco!!!

(João, não posso deixar de reconhecer os teus relatos super entusiasmantes... As tuas palavras transmitem a grande emoção que são as etapas, a paisagem, e todo o ambiente... Já agora, uma pequena curiosidade: Embora vocês tenham pouco tempo, como é o ambiente pós-prova entre atletas? Cada um no seu canto a repor energias e a preparar-se para a próxima etapa, ou existe espírito de comunidade com actividades, etc?)

Um grande abraço!!!
 
Tenho seguido atentamente o tópico, mas ainda não tinha aqui dito nada.

MUITO PARABÉNS pelo excelente desempenho em mais uma épica!

São um exemplo de atitude, postura e desempenho nesta modalidade. Boa sorte para o resto, que o mérito e o resultado histórico "já cá cantam"

Abraço
 
Hó seus kotas...

Eu só pedi o 10º lugar ...

MAS EM OITAVO !!! FICARAM DOIDOS ???

Tenham lá calminha que para Sábado ainda faltam muitos Kms !!!

João cuida lá do Zé... não apertes com ele. Vocês já são os meus "eróis"

Um abraço do tamanho do Mundo.

Powerranger
 
A_T_X said:
eu k lhes pedi um top 10 e eles brindam-nos com isto :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

epa eu dou por mim a acordar as 4:30 para ir a casa de banho e lembro-me! 4:30 é hora do marinho postar :oops:!!

toca a ligar o pc! :mrgreen: mas desta vez tramou-me voltei para a cama desolado :( :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

John!! ja agora não laves a roupa toda! traz um jersay sujo de lama daí para tu assinares e mais o zé para me ofreceres para emoldurar ao lado do Amarelo :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

quanto a parte do staff ja sabes que aqui o je ja está disponível para dar assistência nessas provas :mrgreen: :mrgreen: na próxima levas-me! :twisted:

essa malta deve de andar louca! " de onde é k estes 2 gajos apareceram" como estão a dar nas vistas pode ser que apareça um big sponsor para repetirem os "transepics" todos que vocês bem merecem!( o mecanico sou eu :mrgreen:)

boa sorte para os próximos dias!!

é a LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOCCCCCUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUURRRRRRRRRRRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA TTTTTTTTTTTTTTTTTTTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALLLLLLL
grande cravas.... :shock: :rotfl: :rotfl:

grandes atletas sim senhor!!! cada vez mais o btt esta em alta!!!! felizmente em Portugal não ha so futebol...
 
rjcm said:
Tenho seguido atentamente o tópico, mas ainda não tinha aqui dito nada.

MUITO PARABÉNS pelo excelente desempenho em mais uma épica!

São um exemplo de atitude, postura e desempenho nesta modalidade. Boa sorte para o resto, que o mérito e o resultado histórico "já cá cantam"

Abraço
+1

Falta pouco! Bring it home!