Santiago à vista!

#1
Boas caros companheiros do pedal!

Mais um ano, mais outras perpetivas de visitar Santiago de bike.

Neste ano as dúvidas são as seguintes: voltar a fazer o Caminho Francês, ou fazer o Via de la Plata!

É mais ou menos, como escolher entre o Messi e o Ronaldo! :D

Problemas:

Para o Francês tenho lido que a Rota de Napoleão, à saída de Saint Jean Pied de Port encontra-se fechada devido à neve.
Li que oficialmente era até entre 01-11 até 31-03 do ano seguinte.
Mas que poderiam manter a interrupção deste caminho.
Como consigo confirmar isto?

Sobre o VdlP, as dúvidas são todas, pois nunca o fizemos.
Rola-se bem? É possível chegar a Salamanca em 4 dias?
Locais mais importantes a visitar? Cáceres, Mérida, Salamanca, e mais?
Paragens obrigatórias? Outras indicações?

Estamos a pensar em seguir em finais de maio deste ano.
 

camponubla

Well-Known Member
#2
Olá,

Eu fiz há anos o Francês desde Logroño, a Via de la Plata desde Cáceres e el Camino del Norte o de la Costa desde Irun. Cada um deles os fiz de uma vez só, em uns 10 dias cada, levando tudo connosco nas biclas.

O primeiro foi o del Norte -> adoramos, mas na altura, a sinalética e os albergues, eram escassos até Santander. Estou a falar duns 12 anos atrás.

O del la Plata foi o 2º -> foi o que gostamos mais. O percurso é muito variado na paisagem e nos trilhos. Está (o estava na altura) menos cheio de pessoal (quase não encontramos peregrinos), tinha (e tem suponho) boa sinalética e albergues. Na altura comprei numa loja especializada em viagens uma guia desse Camino.

O Francês -> foi o que gostamos menos, cheio de gente, todos a correr para ter vaga nos albergues.......não gostei.

As 3 vezes os fizemos em Setembro.
 

MTS

New Member
#3
Boa tarde camber29

Entre outros caminhos, fiz:

Em 2010 Caminho Francês de Saint-Jean-Pied-de-Port - Santiago de Compostela - Finisterra.

Em 2012 Via de La Plata (Sevilha - Santiago de Compostela).

Em 2015 Vila Real de Santo António - Chaves - Santiago de Compostela - Fátima - VRSA.

Na minha opinião, não há caminho como o Francês, mas, atualmente, segundo opinião que tenho trocado com alguns peregrinos e como já aqui foi dito, está muito comercial. O valor monetário fala mais alto. Perdeu-se um bocado a mística do caminho.

A Via de La Plata atualmente é mais apetecível, está bem marcado, existem bastantes albergues, consegues sentir o caminho. É mais duro que o Caminho Francês, mas faz-se bem.

De uma forma muito resumida, atualmente, optava pela Via de La Plata.
 
#4
Obrigado pelas vossas respostas.
Eu não estou com dúvidas em relação aos percursos a escolher.
Como é que hei de dizer...?
Trata-se mais de organização mesmo.
O que se passa é o seguinte.
Em princípio iremos 4 elementos. Se for o grupo todo, vamos para o Via de la Plata. Mas se 2 elementos não puderem ir, resto só eu e outro que nunca andou nestas aventuras. Assim sendo vamos para o Francês. Ou seja, não há dúvidas quanto a isso.

As minhas dúvidas são mesmo aquelas que referi. A possibilidade de neve na Rota de Napoleão, à saída de SJPP. Estará esta via encerrada?
E sobre o VdlP é que as dúvidas são todas. Aquilo ao inicio é sempre a rolar certo? Salamanca em 4 dias é possível?
 

camponubla

Well-Known Member
#5
Em relação à VdP lembrome que entre Cáceres e Bejar os caminhos eram com muita areia solta e seco (mas é lindo! com os toros e porcos a lado e lado do caminho), em Bejar a subida é "potente" e a paisagem volta a mudar para verde (paisagem de montanha). Entre Bejar e Salamanca-Zamora volta a paisagem mais ou menos seca (seca = no verde)...Se bem me lembro a entrada a Galiza foi dura também.
 

MTS

New Member
#6
Camber29, aqui ficam as etapas que fiz na Via de La Plata:

1º Dia
Sevilha – Monastério – 108kms com 1780mts de acumulado. Neste primeiro troço a parte mais complicada é a serra norte de Sevilha.

2º Dia
Monastério – Mérida – 117kms com 920mts de acumulado. Etapa muito rolante.

3º Dia
Mérida – Grimaldo – 132kms. Se fizerem a Via de La Plata no Verão, tenham cuidado com o calor, em especial neste troço, apanhei 50º à sombra.

4º Dia
Grimaldo – Fuenterroble de Salvatierra - 130kms.

5º Dia
Fuenterroble de Salvatierra – Zamora – 122kms.

6º Dia
Zamora – Rionegro del Puente – 124kms. Aquí optamos pelo caminho Sanabrés em vez de ir em direção a Astorga para apanhar o caminho Francês.

7º Dia
Rionegro del Puente – A Gudiña – 99kms. Etapa muito dura.

8º Dia
A Gudiña – CEA – 120kms. Apesar de ter feito a Via de La Plata no verão, nesta etapa apanhei 5º. Tem que ir preparados para todas as temperaturas.

9º Dia
CEA – Santiago de Compostela – 81kms.

Em resposta às tuas perguntas:
- Confirmo que a Rota de Napoleão com mau tempo está fechada.
- Os primeiros kms da VDLP são rolantes (+/- 35kms), até à serra norte de Sevilha.
- Com as etapas conforme descrevi, passei Salamanca ao 5º dia.

Deixo aqui alguns links que podem ser úteis à preparação da Via de la Plata:

http://caminodesantiago.consumer.es/los-caminos-de-santiago/via-de-la-plata/

http://caminodesantiago.consumer.es/los-caminos-de-santiago/sanabres/

Qualquer dúvida diz.
 
#7
Eu já fiz alguns Caminhos completos (Português, Francês, Via de la Plata, Norte, Muxía/Fisterre) e de todos o meu preferido continua a ser a Via de la Plata.
Se quiseres podes ir a www.rumoasantiago.com e espreitar a secção de cada um destes caminhos que fiz. Em todos eles fiz uma mini-reportagem diária do trajeto, pelo que pode ser que te ajude. Tens também por lá os tracks GPS (em Google Maps) de cada uma das etapas que planeei.

Este ano vou experimentar o Caminho do Levante... daqui a 2 meses já posso dizer se vale a pena :).
 

MTS

New Member
#8
Bom dia nfh

Acho que foi com vocês que ficamos no mesmo albergue em Mérida (Via de La Plata 2012), correto?

Um abraço

Marco Rosa
 
#10
Camber29, aqui ficam as etapas que fiz na Via de La Plata:

1º Dia
Sevilha – Monastério – 108kms com 1780mts de acumulado. Neste primeiro troço a parte mais complicada é a serra norte de Sevilha.

2º Dia
Monastério – Mérida – 117kms com 920mts de acumulado. Etapa muito rolante.

3º Dia
Mérida – Grimaldo – 132kms. Se fizerem a Via de La Plata no Verão, tenham cuidado com o calor, em especial neste troço, apanhei 50º à sombra.

4º Dia
Grimaldo – Fuenterroble de Salvatierra - 130kms.

5º Dia
Fuenterroble de Salvatierra – Zamora – 122kms.

6º Dia
Zamora – Rionegro del Puente – 124kms. Aquí optamos pelo caminho Sanabrés em vez de ir em direção a Astorga para apanhar o caminho Francês.

7º Dia
Rionegro del Puente – A Gudiña – 99kms. Etapa muito dura.

8º Dia
A Gudiña – CEA – 120kms. Apesar de ter feito a Via de La Plata no verão, nesta etapa apanhei 5º. Tem que ir preparados para todas as temperaturas.

9º Dia
CEA – Santiago de Compostela – 81kms.

Em resposta às tuas perguntas:
- Confirmo que a Rota de Napoleão com mau tempo está fechada.
- Os primeiros kms da VDLP são rolantes (+/- 35kms), até à serra norte de Sevilha.
- Com as etapas conforme descrevi, passei Salamanca ao 5º dia.

Deixo aqui alguns links que podem ser úteis à preparação da Via de la Plata:

http://caminodesantiago.consumer.es/los-caminos-de-santiago/via-de-la-plata/

http://caminodesantiago.consumer.es/los-caminos-de-santiago/sanabres/

Qualquer dúvida diz.
Ex-ce-len-te!

Era mesmo isto que eu procurava.

A nossa disponibilidade é de uma semana, mais os respetivos fins de semana, ou seja, os tais 9 dias das etapas que vocês fizeram.

Se formos para o VdlP as etapas serão muito semelhantes. E sim, a nossa ideia é fazer o VdlP até Zamora e depois fazer o Sanabrês.

Normalmente é que se chama Via de la Plata a essa combinação.

Essa 7ª etapa que dizes que foi dura, foi porquê? Muito acumulado? Mau piso? Mau tempo?

Foram no verão e apanharam assim tanta diferença de temperatura? Arre... Nós iremos em maio.

Há forma de se saber se a Rota de Napoleão está aberta? Sei que neste momento está encerrado, mas para a próxima semana? Como consigo ver on-line?

É que eu a fazer o Francês queria mesmo fazer a Rota de Napoleão, porque da outra vez que fui estava encerrado. Precisamente em maio...

Muito obrigado pela informação!
 
#11
Eu já fiz alguns Caminhos completos (Português, Francês, Via de la Plata, Norte, Muxía/Fisterre) e de todos o meu preferido continua a ser a Via de la Plata.
Se quiseres podes ir a www.rumoasantiago.com e espreitar a secção de cada um destes caminhos que fiz. Em todos eles fiz uma mini-reportagem diária do trajeto, pelo que pode ser que te ajude. Tens também por lá os tracks GPS (em Google Maps) de cada uma das etapas que planeei.

Este ano vou experimentar o Caminho do Levante... daqui a 2 meses já posso dizer se vale a pena :).

Obrigado.
Vou espreitar.
 
#12
Bom dia camber29

A 7ª etapa foi dura por ter muitos troços não cicláveis, quer a subir, a descer ou a rolar. O acumulado também foi muito.

É verdade, apesar de termos feito no verão, apanhámos grandes diferenças nas temperaturas.

Em relação ao caminho Francês, tenta obter essa informação aqui http://www.bicigrino.com/ . Qualquer dúvida, envia-lhes um email, mas já sabes, de um momento para o outro pode cair um nevão e o caminho fecha. :(

O site que o NFH te indicou também é muito bom para tirares informação.

Cumprimentos

Marco Rosa
 
#14
Vamos arrancar amanhã!!!
Francês 10 etapas, vamos com tempo desta vez!

Já estou a contar os segundos.
Depois vão ser os quilómetros.

No final faço o relato.
 
#18
Desta vez.... Hum... Não gostei!
Vá estou a exagerar, mas não foi a mesma coisa.
Tivemos azar com tudo. Tudo correu mal.
O tempo, uma queda valente, logística...
De zero a dez, foi só um 8!

No fim de semana faço o relato.