RCZ Race

fabio viana

Well-Known Member
#1
Boas :)

Depois de ter um "pequeno" problema com o meu antigo quadro, estava na atura de escolher um novo. Andei a ver as 29er's mas os quadros apesar de bonitos eram pesados e grandes para o meu tamanho, por isso decidi escolher este RCZ Race que me ficou por 85€ com espigão em carbono, caixa de direcção, aperto do selim e películas protectoras.

Fica aqui o equipamento que tenho de momento:

Quadro: RCZ Race 16"
Suspensão: Suntour Raidon X1 80mm
Rodas: Ozone O2
Pneus: Panaracer Soar 26*2.1
Discos: Shimano RT56
Travões: Shimano M396
Desviador Traseiro: Sram XO BlackBox
Desviador Frontal: Shimano SIS
Manipulos: Sram XO
Corrente: Sram PC-830
Cassete: Shimano HG-20 11-34 9v
Pedaleira: Shimano Deore FC-M612 22-30-40
Espigão: Carbono 350mm
Aperto do Espigão: Sem marca em vermelho
Selim: Berg Vertex
Avanço: Funn Stryge 70mm
Guiador: Pro Koryak 600mm
Espaçadores: KCNC Ocos em Preto
Tampa da caixa de direcção: KCNC em Vermelho
Punhos: MSC Ultralight
Tampas do Guiador: KCNC em Vermelho
Pedais: Shimano PD-M520

Agora fica uma foto da "maquina", depois amanhã meto mais algumas :)

 

fabio viana

Well-Known Member
#3
Eu já experimentei todos os cursos que a suspensão tem :p e apenas gostei de andar com ela nos 80mm..

Se eu meter nos 100mm, apenas tenho 90/95mm de curso disponíveis, nos 120mm com a pressão indicada para o meu peso, nas descidas mais inclinadas, afunda muito e se eu meter mais ar perco sensibilidade quando o terreno fica mais irregular e por fim os 140mm que estão fora de questão( apesar de ter andado nos 140mm no ultimo quadro :) )

Com o curso a 80mm, se eu usar a pressão indicada para mim, nas descidas ela não afunda tanto, fica mais sensível e fico com uma posição baixa para as subidas.
 

SeteGu

Active Member
#4
Eu só experimentei a Epicon com 120 e 100mm.

Prefiro com 120 mas no quadro em que está o ideal são os 100mm. Com 120mm afunda mais mas também tens a frente mais elevada logo à partida... e podes ter um pouco menos de pressão, ou seja, mais sensibilidade.

Para subir os 80mm hão-de ser melhor, sim...
 

fabio viana

Well-Known Member
#5
O teu quadro deve dar no máximo 120mm, mas já deves ficar com a frente um pouco alta e com um ângulo de direcção um pouco mais estranho e caso o quadro parta a garantia pode dizer que deste mau uso ao quadro...
 

fabio viana

Well-Known Member
#6
Boas :)

Fica aqui uma foto para "atualizar" um pouco o tópico.



A bicicleta está montada com o guiador Truvativ da univega e está montada com uns punhos de borracha basicos que andavam para aqui perdidos.

De resto apenas tem feito KM's e já notei muito bem as diferenças do outro quadro para este.

Cumps.
 

Joseelias

Well-Known Member
#10
Tens que garantir que a parte inferior do espigão fique abaixo da soldadura inferior do tubo superior ao tubo vertical. Se esses 10cm ficam acima desse limite arriscas-te a danificar o quadro. Vê esta imagem da Thomson e lê o que é dito no ponto 6.

De resto a imagem refere-se a espigões da Thomson que são de alta qualidade. Não sei sequer se essa norma pode ser aplicada a todas as outras marcas e em particular a espigões de carbono. Tem cuidado com isso.



Um exemplo do que pode acontecer:

 
Last edited:

Mr.sa

Active Member
#12
A partir do momento em que se cumpre a marcação do limite que o espigão trás, só se a bicicleta tiver uma construção esquisita, é que fica acima da soldadura.
 
#13
Eu tive um quadro RCZ, embora tivesse gostado dele, dispenso tal marca. Vê se tens dropouts disponiveis para esse quadro. O quadro que tinha, empenei o dropout e nao consegui nenhum para trocar, tive que trocar de bike (e em boa hora o fiz :p )

Mas cada caso é um caso e desejo-te boa sorte com a nova máquina
 

fabio viana

Well-Known Member
#14
Boas :)

Fica aqui mais um update:

-Guiador Pro Koryak 600mm(já o tinha por aqui, mas decidi tirar a tinta toda e deixar "sem nada" e montar outra vez)
-Avanço "GIX" 80mm(com a troca de um quadro M para um S, decidi meter um avanço maior, e para já não tenho nada a apontar, mas este avanço vai dar lugar a outro, este já esta velhote e foi só para testar)
-Cabos das mudanças shimano em branco, com terminais vermelhos da Alligator e cabos KCNC vermelhos.
-Forqueta Kona P2(depois de andar com a suspensão Suntour Raidon, decidi voltar as origens e ando outra vez com uma rígida total, que por acaso nem fica totalmente desconfortável... Provavelmente deve ser da flexão do espigão em carbono..)

Por agora é só, mas estou a pensar em montar um conjunto de periféricos ritchey ou kcnc..Tenho de ver o que anda no usados :p

Uma imagem para acabar :) (sry pela baixa qualidade :/ )


Cumps :yeah:
 

fabio viana

Well-Known Member
#15
Boas :)

Este fim de semana, decidi fazer alguns ups na maquina, e ficou com o seguinte material:

Rodas: Mavic Crossride
Cassete: Shimano HG400 11-32
Guiador: Funn Flame 710mm
Avanço: Funn Stryge 70mm(voltou a ser montado)
Punhos: MSC Pretos
Aperto do Espigão: Funn Frodon
Suspensão: Suntour Raidon 120mm(voltou a ser montada)





 

fabio viana

Well-Known Member
#17
Boas ignite :)

Sim eu sei que a RCZ recomenda 105mm no maximo para este quadro..

Mas o que é certo é que a minha Raidon com 120mm está ainda mais baixa do que uma XCR de 100mm... isto porque a raidon apenas tem 125mm de fora, ou seja, para chegar aos 120mm tenho de usar mesmo até ao limite.

Agora o que me falta saber é se a RCZ recomenda 105mm de curso total independentemente de ter 110 ou 120mm de bainha/perna ou se recomenda uma suspensão com 105mm de perna ou bainha(não sei o termo :( ) independentemente de ter 80mm, 90mm ou 100mm..
 

Joseelias

Well-Known Member
#18
A medida que tens que saber é a chamada Axle-to-Crown (abreviado muitas vezes como A2C), isto é, a distância entre o centro do eixo do cubo à base onde assenta a caixa de direcção. Para suspensões com o mesmo curso por vezes essa medida varia bastante.

Por exemplo entre a minha suspensão actual e a que a minha mulher tinha antes, para os mesmo 100mm de curso a da minha mulher tinha mais 20mm de Axle-to-Crown. E há marcas onde a diferença pode ser maior.

Podes tentar saber junto da RCZ qual a medida Axle-to-Crown que eles recomendam. Na imagem é a medida assinalada pelas setas verticais do lado direito.

 
Last edited:

Joseelias

Well-Known Member
#20
Adianto já agora uma informação adicional sobre a alteração da medida A2C aquando da troca de suspensões/forquetas.

Por cada +-20mm que se aumenta a A2C o ângulo da direcção (e do tubo do selim) reduz cerca de 1º, tornando a direcção mais lenta e colocando o peso do ciclista mais sobre o eixo traseiro o que tira peso à frente e reduzindo potencialmente a eficácia em subida.

Muitas marcas assumem como um valor aceitável a alteração de 1º na direcção em termos do comportamento que eles planearam para a bicicleta se considerarmos a montagem base. Mais do que isso começam a "torcer o nariz". Daí que muitos quadros vêm com a recomendação da montagem de suspensões com os tais 20mm de diferença, por exemplo 100/120mm, 80/100mm.

Há ainda outro factor a considerar que já pode entrar no campo do preciosismo. Se considerarmos 25% de sag nas suspensões, a diferença entre uma suspensão de 100mm e uma de 120mm não é na prática de 20mm. Vejamos:

100mm-25mm (25% de sag) -> 75mm de curso efectivo
120mm-30mm (25% de sag) -> 90mm de curso efectivo
Diferença efectiva entre cursos: 15mm

Assim, como 25% de 120mm é maior que de 100mm, a suspensão vai comprimir mais quando te sentas o que leva a que a alteração de ângulos não chegue a 1º. Se tomarmos em conta o que mencionei das diferenças de A2C que há entre marcas pode acontecer num exemplo extremo ficares com a frente mais baixa com uma suspensão de 120mm que com uma de 100mm de outra marca/modelo.
 
Last edited: