Programa Strava (para gravar os tracks)

Hardskin, essa actividades do Strava que partilhaste foi registada com um Edge 800, o qual creio ter altímetro barometrico e é um dos dispositivos reconhecidos pelo Strava. O problema terá sido que o user em questão, ao ver aquele "elevação ?" por baixo do acumulado clicou lá é "corrigiu" o mesmo... Resultado: inflacionou o acumulado.

Eu fiz o Granfondo, para o qual estava anunciado um acumulado de 3300 D+... Fica aqui o registo da minha actividade...

https://www.strava.com/activities/709017171

3017 D+... Tb tenho a opção de "corrigir" a elevação mas não o faço pq sei que esta, ainda que possa não estar 100% correcta, está mais próxima da realidade que a que iria resultar da suposta correcção.

A mim interessa-me mais ter dados reais, ou o mais aproximados possível da realidade, que alimentar o meu ego com acumulados astronómicos é completamente inflaccionados.

Um dos companheiros que foi comigo ao Granfondo registou a actividade através de um tlm Android. Ficou com 4920 D+ até ao final da última contagem de montanha e onde era feita a tomada de tempos. Registou a descida de 20 kms para a Lousã como sendo uma nova actividade... São 20 kms sempre a descer... Deu 646 D+! Como é q explicam isto? Este meu companheiro não tem GPS e não tem outra hipótese de registar via tlm... O que nós rimos ontem quando vimos os 646 metros de subida acumulada que ele fez numa descida de 20 kms... Eheh
 

Hardskin

Well-Known Member
MiGuEl_82 , não percebi qual era a elevação antes do user em questão ter corrigido a mesma e o Strava a ter inflacionado.
Se quiseres os dados mais aproximados da realidade abre sempre os teus track no GPsies e subtrai 100/200m e a coisa não ficará muito longe do real.
;)
 

RTC

Super Moderador
Hardskin,
provavelmente a elevação que esse user tinha antes de clicar no "elevação?" seria a correcta. Medido por um Edge 800 bem calibrado, de certeza que lhe teria dado um resultado na casa dos 2300-2500, ou seja, aproximadamente ao real.
No entanto, quando se pede a correcção (e nisso concordo com o Miguel82 ao dizer que terá sido o user que o fez, quase de certeza), o Strava apresentou esses 3000 e tal.
Esse botão de correcção deve ser usado quando se tem a certeza que o valor apresentado é muito longe do real (em casos de má calibração, gps usado à chuva, valores adquiridos por aparlehos sem sensor barométrico, etc). Mas quando se activa com valores correctos...bumm, o Strava extrapola sempre isso.
 
Já que apresentam o exemplo da Lousã,nas 2 ou 3 vezes que subi ao Trevim usando o Strava (Android),foram as vezes que o erro foi maior,uma das quais dando cerca do dobro do acumulado. Há qualquer coisa ali que baralha os GPS com certeza,o que não será difícil,num caminho tão retorcido e arborizado.
O percurso do granfondo ainda não fiz.
 
Já que apresentam o exemplo da Lousã,nas 2 ou 3 vezes que subi ao Trevim usando o Strava (Android),foram as vezes que o erro foi maior,uma das quais dando cerca do dobro do acumulado. Há qualquer coisa ali que baralha os GPS com certeza,o que não será difícil,num caminho tão retorcido e arborizado.
O percurso do granfondo ainda não fiz.
Os links que o Hardskin disponibilizou ajudam bastante a entender o pq destes erros nas leituras dos acumulados.
 
em telemoveis o strava ignora o acumulado do gps mesmo que o telemovel tenha barometro (e alguns tem), limita-se a ir á base de dados e comparar com outras voltas e as cartas. Ou seja tem zero a ver com o gps do telemovel.

Device without a barometric altimeter and the Strava mobile app: If your activity was recorded with the mobile app or with a GPS device that does not have a barometric altimeter, Strava will recalculate the elevation by comparing the GPS data to an elevation database. We do some smoothing to the data, which includes discarding outliers to reduce noise. The amount of smoothing is more on activities without barometric data than it is for activities with barometric data.
https://support.strava.com/hc/en-us/articles/216919447-Elevation-for-Your-Activity