Pedaleira tripla - prato 32 dentes

edununo

Well-Known Member
#41
Nas fotos que colocaste, a transmissão tem lixo que nunca mais acaba.
Se calhar essa limpeza a cada 15 dias não é suficiente.
Eu não limpo a transmissão por tempo, mas sim por utilização / tipo de utilização.
Por vezes dou uma volta de 20kms no meio do monte e limpo a transmissão antes da próxima volta.
Outras vezes faço 200 kms mais em estrada e só acrescento um pouco de óleo. Só na corrente e não é preciso muito. Andar a colocar óleo na cassete e pratos, além do desperdício, ajuda a juntar sujidade que vai provocar mais desgaste.
 
#53
Eu estou convencido que chega, estive a fazer as contas nos sites que calculam a percentagens e dava bem.

Estou mais preocupado com a velocidade max se tiver de fazer estradão ou alcatrão.
 
#57
Estás agora com 32 com cassete 11/32 de 8 velocidades.

Teoricamente perdes 12 kms/h em ponta e 3 kms/h em subidas com cadência de 80 Achas pouco o_O ?

Ou estás ainda nos primórdios do BTT ou então fizeste mal as contas, digo-te já. Se apanhares uma subida mais rija vais sentir falta do 22 , garanto. E em rectas, se pedalas em grupos , vais ter de te esforçar muito para acompanhar a malta... Um prato à frente com 11 ou 12 atrás ainda se come agora só com 8 :confused:
 
#58
Estás agora com 32 com cassete 11/32 de 8 velocidades.

Teoricamente perdes 12 kms/h em ponta e 3 kms/h em subidas com cadência de 80 Achas pouco o_O ?

Ou estás ainda nos primórdios do BTT ou então fizeste mal as contas, digo-te já. Se apanhares uma subida mais rija vais sentir falta do 22 , garanto. E em rectas, se pedalas em grupos , vais ter de te esforçar muito para acompanhar a malta... Um prato à frente com 11 ou 12 atrás ainda se come agora só com 8 :confused:
Claro que não acho nada pouco, pelo contrario! A ideia é meter uma cassete 11x42 de 9v que penso que me vai safar nas subidas, o problema realmente vai ser se tiver de rolar em grupo...