Operação a hérnias Inguinais

#61
.....isso é que era!!! Cirurgia, SÓ, depois do Gerês. :p Até lá, "vai se lindo". :D

Curiosamente, a pedalar, stress off. O problema, é mais quando o intestino anda mais preguiçoso (há um mau estar chato...). :(
 
#63
....entretanto "cusquei", vejo que somos vizinhos. :)
Antes do MQ, temos aí as 24h. Conto lá estar, pela primeira vez, e a solo.... (poderei parar, sempre que me apetece, sem stress) para a diversão. :p
 

Mr.sa

Active Member
#64
Eheheheh, eu ás 24h não vou. Porque se fosse já sei que a minha cabeça ia querer deixar tudo no pó e depois as pernas para o MQ era bonito era... prefiro fazer muitos km's nas calmas para preparar o MQ do que fazer muitos km's a menos de 7dias do MQ e depois querer chegar ao MQ e querer fazer boa figura... aiii. Já terminar os 250km's será uma epopeia, imagina depois se tiver calor...
 

Mr.sa

Active Member
#66
Os 180km's já fiz o ano passado, este ano o objectivo é terminar os 250km's.

Só de me lembrar o que já sofri para os 180... nem é bom...
 
#67
Boas tardes a todos,
Queria a vossa ajuda no seguinte, fui operado a uma hérnia inguinal do lado esquerdo por laparoscopia há um ano e dois meses, segundo o cirurgião q me operou está tudo bem.. no entanto por vezes fico com a zona do canal inguinal saliente e rija, após uma pequena massagem volta ao normal. já pedi uma segunda opinião a um outro cirurgião q me confirmou q a hérnia etsá tratada e relativamente à tal saliência, não sabe ao certo o q poderá ser... podendo ser uma contratura ou ter a ver com o a barriga mais "inachada"..
por acaso já alguém teve esta situação..????

Obrigado a todos
 
Last edited:
#68
Já lá vai algum tempo desde o último relato, mas quero apenas partilhar mais uma situação relacionada com hérnia inguinal.
No meu caso, após vários meses de alguma dor no músculo interno da coxa ao fazer o movimento de elevação da perna, fiz fisioterapia que não resultou em nada. Só depois de fazer uma ressonância magnética é que me foi diagnosticada a condição de hérnia inguino-escrotal bilateral, com maior incidência no lado direito.
Fui operado ontem com uma técnica aparentemente inovadora e com bons resultados: TEP (total extra peritoneal), por laparoscopia. Fui operado por um dos poucos especialistas nesta técnica em Portugal e que tem muita boa fama por isso.
Neste momento sinto-me bem, tirando o facto de que a qualquer movimento que faça sinto alguma dor e fico com receio de danificar ou os pontos dos orifícios da laparoscopia, ou que provoque alguma deslocação das próteses (a rede que colocam - 4 no total, duas em cada lado).
Ir à casa de banho também é um desafio... Urinar é simples (com algum ardor, pois colocaram-me uma algália durante a cirurgia), mas fazer o #2 é complicado pelo receio de fazer força.

No meu caso a anestesia foi geral. A anestesista injetou uns ML no catéter e ao fim de um ou dois minutos já estava knocked out :). A cirurgia durou uns 45 - 60 minutos e acordei bem disposto.
Estive apenas uma noite no hospital e neste momento já estou em casa a recuperar. Creio que dentro de 2 a 3 semanas já estarei em condições de retomar a vida normal e o trabalho, mas até lá vão ser umas férias forçadas.