O Meu Caminho ... A Caminho de Santiago de Compostela pelo Caminho Central Português.

#21
Boas.
Desde já parabens pelo seu relato e pela sua forma de escrever... consegue "transportar-nos" para o caminho.
Eu também fiz o caminho em 2009, Ilhavo - Porto por estrada e depois seguimos pelo caminho e numa outra altura fiz Fátima - Mealhada apanhando parte do caminho que fez na zona centro e li com muito interesse o seu relato!
Uma parte que saliento do seu relato é o momento da partida, isso também me tocou muito. Não era uma saida para uma voltinha com os amigos, era uma aventura que começava com aquele rodar de chave e fechar o portão... olhei para a casa e questionei-me de como estaria quando voltasse... é uma grande viagem, mas penso que a maior é ao nosso interior...
Além disso, quando abri a sua página e vi a sua bike deu-me uma saudade da viagem... é que eu tenho uma Rockhopper com essa decoração! :)
Acho que vou pensar numa nova viagem.
Bem haja!
 
#22
Boas Jean73
Como não vinha ao forum há muito, só agora vi o teu post.
Muito obrigado pelos comentários.
Uma peregrinação a Santiago é muito mais que uma corrida de bicicleta. Tenho a sensação de que mesmo aqueles que partem apenas com esse propósito, mais cedo ou mais tarde acabam por ser "tocados" pela mística do caminho.
O suporte que eu levei é da Decathlon - Marca: PLETSCHER - Modelo: Orion. Está é "kitado" com uma placa de alumínio para aumentar a área de suporte.
A Bike é uma Rockhopper já com uns "aninhos" mas super fiável.
Abraço e boas pedaladas.
Miguel
 
#24
Parabéns pela aventura, fazer este ou qualquer percurso no mato, sozinho, acarreta muitos riscos.

Parabéns pela reportagem, de certeza que será útil para muita gente
Olá Prospero,
Das duas vezes que já fiz o Caminho foi sozinho. Fiz uma vez a pé e outra de btt no percurso entre o Porto e Santiago.
Posso dizer que para sentir o espírito do Caminho ir sozinho tem vantagens e nunca senti estar em risco pois estamos sempre acompanhados por outros peregrinos. Mais atrás ou mais á frente vão sempre outros peregrinos e quando queria ia sozinho e quando queria ia acompanhado.
Foi o que senti neste percurso.

O meu próximo Caminho será em principio iniciado aqui mesmo em minha casa pois passa aqui o novo Caminho do Mar que o Miguel Claro referiu. Começa no Estoril e vai até Fátima. Já o fiz daqui de Sintra a Mafra e está bem marcado. Só em Mafra é que faltam lá algumas setas junto ao Convento pois não foram autorizadas as pinturas naquela zona tal como junto ao Mosteiro de Alcobaça como o Miguel notou. Irão ser colocados marcos de madeira.
 
#25
Caro Miguel Claro,
Gostei bastante de ler o relato do teu Caminho!!:D
Deu para perceber que a sul do Porto irei ter mais dificuldade na orientação. O episódio da chegada a Redondela foi igual ao meu com a única diferença que não estava lá a tua amiga gorda, ah ah. Fui perfeitamente orientado para o albergue privado, (http://www.albergueredondela.com/inicio/) entrei, telefonei e fui logo orientado para o 2º andar onde escolhi um quarto só com 2 beliches e que acabei por partilhar com um casal que já tinha estava com eles em Mós a tirar fotos.

O Caminho é realmente extraordinário, as pessoas que conhecemos, as histórias de vida de cada um (esse alemão de 72 anos...) a variedade de pessoas que encontramos nos albergues e "dormimos com eles" e nunca estamos sozinhos. É mesmo como dizes vamos sozinhos mas nunca sentimos a solidão.
Abraço e pode ser que nos encontremos por esses Caminhos.
 
#28
Caro rop12770
Foi de facto uma rica aventura e que recomendo vivamente.
Eu fiz +/- 600 kms em seis dias. No primeiro dia fiz cerca de 150. Nos restantes uma média de 90 kms. Uns dias mais... outros dias menos...
Desconheço o acumulado. Mas posso confirmar que se sobe e desce bastante.
Ab.
Miguel
 
#29
Pessoal
Alguém sabe qual a melhor forma e mais barata de obter a Credencial do Peregrino, hoje em dia?
Sabem se há algum site ou organização que a envie pelo correio para casa? (Caldas da Rainha)
Ab.
Miguel
 
#32
Boa Noite Miguel,

Vou fazer no próximo mês de Julho o Caminho de Santiago a partir do Porto. Li o Teu Blog e fiquei fascinado. Uma coisa o suporte que tinhas aguentou com o peso da mochila é que na decathlon o empregado informou-me que o suporte não aguenta com muito peso (+/- 8 kg ) ... aposto que a tua mochila pesava mais. O que achas-te do suporte?

Estava a pensar comprar um suporte igual e uma mochila +/- 20L ... tenho receio que o suporte não aguente com o peso.

Abraço,

Jorge Carneiro