Mapas Topo Portugal

#41
Boas malta!
Aproveitando o tópico, gostava de vos fazer umas perguntas!

O meu Edge 810 ja vinha com o mapa de origem, o TopoLusitania v0.97 e com o City Navigator com mapas da Europa, entretanto já arranjei o TopoPortugal v5 que pretendo experimentar.

Tenho os 3 mapas activados, costumam accionar apenas 1 ou todos? Se accionar o TopoLusitania v0.97 e TopoPortugal v5 vai fazer algum conflito?
 

Joseelias

Well-Known Member
#43
Quem estiver interessado em avaliar o OpenStreetMap para garmin pode descarregar o mapa neste link pois partilhei-o no dropbox:

https://www.dropbox.com/s/55r17arh1tf79rk/Freizeitkarte_ESP_PRT_gmapsupp.img?dl=0

Tem o mapa de Portugal e Espanha e estará disponível durante alguns dias. Fiz algumas alterações ao TYP para o tornar mais legível no ecrã do eTrex20, e coloquei os trilhos a verde escuro e as estradas de serviço (estradões) a verde lima. As zonas florestais estão apenas em tom verde e sem símbolos e tornei a curvas de nível um pouco mais discretas. Poderá não ser do agrado de todos mas prefiro essas cores. Quem quiser pode depois alterar isso com um editor TYP.

Como tem havido algum debate aqui no fórum sobre qual o melhor mapa topográfico, e depois de ter comparado o TopoLusitania v0.95 e o TopoPortugal V5 da Ciclonatur, consegui agora descarregar o OpenStreetMap para Portugal e Espanha. Neste momento não tenho dúvidas que o mapa do OpenStreetMaps é o mais completo para a região em que ando, tanto em trilhos como em estradas. Possivelmente também o é para outras regiões do país, embora isso tem que cada um verificar.

Se estiverem interessados em avaliar podem descarregar no link acima.
 
#44
Se em determinada zona não está tão completo é bastante fácil e rápido acrescentar os caminhos em falta.

Na minha zona tenho atualizado o open street map com quase todos os trilhos que conheço. Se toda a gente o fizer tornar-se-à, sem dúvida, o mapa mais completo de todos.
 
#45
Confesso a minha ignorância entre as diferentes versões/costumizações para GPS, ao que percebo o TYP não é mais que uma espécie de "style sheet" que formata o modo como os dados são apresentados. No entanto parece que há bastantes diferenças entre os vários tipos de mapas feitos para GPS com os dados do OSM (Open Street Map), o que pode levar a que alguns caminhos estejam de facto marcados no terreno mas não sejam "renderizados" no dispositivo.
Um exemplo: existe uma tag (atributo) que se pode usar quando se marca/altera singletracks no OSM "mtb:scale" que serve para marcar a dificuldade técnica do mesmo e por norma é usado só para singletracks, segundo parece existem mapas que até têm a opção de fazer rotas seguindo caminhos marcados com esse atributo:

http://wiki.openstreetmap.org/wiki/OSM_Map_On_Garmin/Download

Openmtbmap.org
Mountainbike and hiking focussed. Autorouting with preference for trails and offroad ways, using amongst others mtb:scale:)uphill) incline and class:bicycle for route calculation. No autorouting on motorways/trunk roads.
Estes mapas têm updates a cada semana (!).

Uso android e a melhor alternativa para OSM neste momento julgo que são os mapas do Openandromaps, têm updates mensais, são compativeis com o Oruxmaps,Locus e BackCountry Navigator, a instalação não podia ser mais fácil: é feita directamente com links do site e para Portugal inteiro são cerca de 100MB. Com um style sheet do mesmo site (Elevate) pode-se até desligar informação que não interessa ou enfatizar o que queremos (BTT) no programa GPS da nossa escolha.
Tb tenho tentado adicionar os singletracks que vou fazendo, com a minha interpretação da dificuldade dos mesmos, seguindo estas guidelines:

http://www.google.com/translate?langpair=de|en&u=http://www.singletrail-skala.de/s0
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Key:mtb:scale
 

Joseelias

Well-Known Member
#46
Para quem estiver interessado, disponibilizei o mapa com apenas os trilhos de Portugal já que é mais leve (150Mb contra os 1,19Gb do Portugal+Espanha).

Pode ser descarregado aqui: https://www.dropbox.com/s/agp35prjg4kxmai/Freizeitkarte_PRT_en_gmapsupp.img?dl=0

Os comentários relativamente à configuração do TYP (aspectos gráficos) mantêm-se relativamente à mensagem anterior.

*************************

@ FMCurto

Esta também foi a minha primeira incursão no OpenStreetMaps e em alterar o TYP, que é mesmo o ficheiro que formata o aspecto gráfico do mapa como as cores dos trilho, sinais e símbolos e por aí fora.

Mas digo-te que foi complicado fazer as alterações no TYP já que apenas encontrei um software que permitia fazer as alterações em freeware e como era incompatível com o Windows 10 (ou com o meu pc...) tive que fazer tudo no arranque seguro do Windows com a configuração mínima. E mesmo assim ainda dava erros e era mais ou menos complexo. Nem menciono as horas que passei à volta disto só para conseguir pôr a coisas a funcionar...

Também andei de volta do desse site (openmtbmap.org) mas confesso que não me entendi muito bem com ele. Acho que é pago em parte das opções e deu-me erros a descarregar o mapa para Portugal. Tenho que voltar a tentar.

Obrigado pela explicação da tag "mtb:scale". Não me tinha apercebido desse aspecto. É muito interessante para quem não tem gráfico de altimetria no GPS, como é o caso do eTrex 20. Vou ver se consigo descarregar e experimentar.
 
#47
Acho que não expliquei bem :)

Quando marcas caminhos no OSM, eles ficam com vários atributos "tags" que tu ou alguém lhes dá. Para o BTT e em particular para os singletracks por norma só precisas de 2:

highway=path -> define que é um caminho, por oposição a estrada ou estradão.A titulo de exemplo alguém tinha marcado o trilho dos Burros (Sintra) como "track" e aparecia nos mapas como sendo transitavel por carros,tratores,etc... (dual-track), quando estava a adicionar outras coisas foi só alterar para "path" e ficou logo bem.

a outra,apesar de não ser necessária (o path só por si indica que é caminho) é o mtb:scale , mas que serve só para indicar a dificuldade técnica do mesmo. Julgo que nos Garmin aparece com cores diferentes conforme o seu valor. Por norma se for de dificuldade técnica com 3 ou mais é praticamente impossível de subir.

Agora, de alguma forma (não sei como) quem está à frente desses mapas (openmtbmap.org) consegiu pegar nos dados OSM e usando essas tags (junto com a inclinação se estiver marcada no mapa - incline ) criou mapas roteaveis só para BTT, que evitam as estradas e usam só trilhos (path) e talvez dual-tracks - (track), ou pelo menos é o que eles dizem pq não tenho GPS para exprimentar.
 
Last edited:
#52
@kidgasosa, já testei o mapa e parece-me bem conseguido. No entanto, existem a meu ver dois pontos que me saltaram à vista onde acho que poderia ser melhorado: incluir curvas de relevo (creio que isso possa ter que ver com o TYP) e não incluir tantos POI's... Ontem quando estava no centro da vila de Sintra nem conseguia ver mais nada no mapa senão POI's (zoom 80m).

De qlqr das formas obrigado pela partilha ;)
 
#53
Obrigado pelo feedback MiGuEl_82. As curvas de relevo estão lá, podem é estar com uma cor pouco visível. Mas também só experimentei no Edge 810, pode haver alguma incompatibilidade com o Dakota. Quanto aos POI's, estou a tentar fazer uma seleção dos mais importantes para quem faz BTT/Ciclismo, de modo a evitar essa sobreposição.
 
#55
Obrigado pelo feedback MiGuEl_82. As curvas de relevo estão lá, podem é estar com uma cor pouco visível. Mas também só experimentei no Edge 810, pode haver alguma incompatibilidade com o Dakota. Quanto aos POI's, estou a tentar fazer uma seleção dos mais importantes para quem faz BTT/Ciclismo, de modo a evitar essa sobreposição.
Tens razão, estão lá mas são muito ténues e não são em linha sólida.

Quanto a POI's, com uma selecção dos mais importantes acho que o mapa fica 5 estrelas.

Mais uma vez obrigado pela partilha ;)