Hardtail 1000€ ou um pouco mais

#1
Olá a todos.

Gostaria de lhe pedir uma opinião, sf.f.:

A minha experíência resume-se a bicicletas de estrada e procuro uma hardtail.
Não será para fazer descidas agressivas, quero algo que role bem, não seja demasiado pesado e suba razoavelmente bem. Estou na dúvida na transmissão: tenho um negócio em vista com uma transmissão 1x11 (prato 34 e transmissão XT e cassete 10-50). Mas tb pondero a XC100 com SRAM NX 1x12, ou mesmo uma transmissão 2X10 ou 2x11. Não queria ficar limitado pela transmissão.

Algum conselho neste sentido? A ideia seria gastar 1000€ ou um pouco mais.

Desde já, muito obrigado.
 

Insignia

Well-Known Member
#6
Posso estar enganado, mas esse quadro foi pintado, sendo um cube reaction e não um merida big nine. Para além disso nem eixo passante traseiro tem, ainda é de aperto rápido.
Por esse preço arranjas muito melhor no mercado de usados.
 
#7
Posso estar enganado, mas esse quadro foi pintado, sendo um cube reaction e não um merida big nine. Para além disso nem eixo passante traseiro tem, ainda é de aperto rápido.
Por esse preço arranjas muito melhor no mercado de usados.
No mercado de usados não tenho encontrado nada para preços razoáveis...
Mas agradeço todos os conselhos, porque não domino os aspetos técnicos desta modalidade.
 

Insignia

Well-Known Member
#8
Considera comprar uma nova na decathlon, são bikes com excelente custo benificio e sabes que estás a comprar uma coisa nova.
O mercado de usados de btt é mais complexo que o de estrada e facilmente gastas uma fortuna numa bike usada que á primeira vista poderá estar boa.
 
#9
Considera comprar uma nova na decathlon, são bikes com excelente custo benificio e sabes que estás a comprar uma coisa nova.
O mercado de usados de btt é mais complexo que o de estrada e facilmente gastas uma fortuna numa bike usada que á primeira vista poderá estar boa.
Sim, a xc100, a xc500 ou mesmo a xc900 estão no meu radar (será que vale a pena investir mais e escolher esta última?).
Não tenho qualquer estigma com a marca e já li muitas reviews positivas sobre essas bicletas. Estou incerto quanto ao tamanho: meço 1,80 e, apesar de o site recomendar um L, alguns ciclistas de altura equivalente recomendam um M.
 

Insignia

Well-Known Member
#10
Podendo ir para a XC900 será sempre melhor, salta á vista o quadro de carbono e uma cassete com maior range(10-50), o que te vai permitir atingir maior velocidade de ponta.
Senão com qualquer uma das outras ficarás bem servido.

A nível de tamanhos, na maior parte das marcas deves encaixar melhor no L.
 
#11
Podendo ir para a XC900 será sempre melhor, salta á vista o quadro de carbono e uma cassete com maior range(10-50), o que te vai permitir atingir maior velocidade de ponta.
Senão com qualquer uma das outras ficarás bem servido.

A nível de tamanhos, na maior parte das marcas deves encaixar melhor no L.
Esta escalada das cassetes não tem fim. Já há cassetes 10-52?

Como nunca experimentei monoprato, fico a pensar se acharei suficiente. Por exemplo, nas bicicletas de estrada, os pedaleiros que tenho são um 53-39 (pesado, confesso) e um 50-34. Mas claro, bem sei que BTT é muito diferente de ciclismo de estrada.
 
#12
Esta escalada das cassetes não tem fim. Já há cassetes 10-52?

Como nunca experimentei monoprato, fico a pensar se acharei suficiente. Por exemplo, nas bicicletas de estrada, os pedaleiros que tenho são um 53-39 (pesado, confesso) e um 50-34. Mas claro, bem sei que BTT é muito diferente de ciclismo de estrada.
Amigo.. faz falta e de que maneira. eu na BTT tenho prato 34T + cassete 10-50. E há alturas nalguns sitios que não me importava de ter um cassete até 52, ou um prato 32t ;) Na de estrada tenho prato 34/50, mas cassete 12-28T.. epá subir até monchique é "foda". eu na de estrada nunca me adaptei muito.. mas este ano estou a treinar mais... Prefiro caminhos agrestes em terra e no meio da natureza do que andar no meio dos outros automobilistas ;)
 
#13
Amigo.. faz falta e de que maneira. eu na BTT tenho prato 34T + cassete 10-50. E há alturas nalguns sitios que não me importava de ter um cassete até 52, ou um prato 32t ;) Na de estrada tenho prato 34/50, mas cassete 12-28T.. epá subir até monchique é "foda". eu na de estrada nunca me adaptei muito.. mas este ano estou a treinar mais... Prefiro caminhos agrestes em terra e no meio da natureza do que andar no meio dos outros automobilistas ;)
Pois, é por isso que hesito entre o monoprato e um 2x10 ou 2x11.
 

edununo

Well-Known Member
#15
Podendo ir para a XC900 será sempre melhor, salta á vista o quadro de carbono e uma cassete com maior range(10-50), o que te vai permitir atingir maior velocidade de ponta.
Senão com qualquer uma das outras ficarás bem servido.

A nível de tamanhos, na maior parte das marcas deves encaixar melhor no L.
Depende.
Eu tenho 1.79m e sempre me senti melhor com os Ms.
 
#17
Tens de ter em consideração o range da transmissão:

Mono-prato com cassete 10-50 tens 500%. Com 10-51 tens 510% e com 10-52 tens 520%.

Um 2x10 muito usual é 38/24 com cassete 11-36. Tens 518%.
Bem, puseste-me a fazer contas, mas percebi:

(38x36) / (24x11) = 1368 / 264 = 5,181818 = 518% (aproximadamente)

Sendo monoprato, as contas são diretas: 50/10 ou 51/10 ou 52/10.
A desvantagem esta nos maiores saltos entre andamentos.

Claro que no 2x10 há sempre a possibilidade de também mudar a cassete e o pedaleiro,
mas fiquei mais convencido.
 

DriveMe

Well-Known Member
#19
Que relação tens na tua transmissão atualmente?

Não sei se queres adicionar a XC 50 à tua lista (se voltar a ter stock), e com a diferença ajustas a transmissão às tuas necessidades.
Ou se fores à loja na tua zona pode ser que tb te façam essa troca.