GPS mais indicafo a minha utilização.

m.r.f.

Active Member
#21
jppina said:
O que entendes por navegação? é que pelo que percebo, apenas queres ter um mapa no GPS que, se assim o entenderes, te permita decidir por onde ir, ser tu próprio a "navegares" vendo o mapa, é isso? Se for assim o 520 serve perfeitamente.
Como é que se consegue ir "vendo o mapa" no 520?
O 520 não te mostra o mapa.
 
#22
Boas, se não tens problema com o preço do 1000 força.
Mas se não quiseres gastar tanto, tens opções muito mais baratas quase por metade do preço.
Eu ainda uso o dakota 20 que já foi descontinuado pela garmin o seu substituto penso que seja o eTrex Touch 35 (gps e glonass) arranjas a partir de 235€.
Boas m.r.f

Tb tinha dado uma vista de olhos pelo eTrex Touch 35, assim bastante superficial, pensava que era mais para montanhismo, geocaching, etc.
O dakota vi que estava a bom preço numa loja online aqui há uns tempos, mas parece-me um bocado "sabonete".

A minha inclinação está mais para o 1000, mas não sei até que ponto não será bastante volumoso tb. Convinha encaixar bem no avanço.

Cumps
 
#23
Bvcosta,

Do 520 para o 800/810 a principal diferença funcional é a navegação (e o ecrã, como disse o edununo). Do 810 para o 1000 há algumas diferenças, embora me pareça que o mais relevante seja a interatividade do 1000 e o Glonass.

De resto, em termos de lojas, em Portugal existe uma que, por norma, é utilizada como referência que é a ciclonatur. Online existem várias opções!
Boas,


Sim, tb me parece que o mais relevante sejam esses dois pontos que referiste.
Pelo forum tb falam de uma loja espanhola que parece ter bons preços, a Mammuth, conheces?

Cumps
 
#24
O que entendes por navegação? é que pelo que percebo, apenas queres ter um mapa no GPS que, se assim o entenderes, te permita decidir por onde ir, ser tu próprio a "navegares" vendo o mapa, é isso? Se for assim o 520 serve perfeitamente. O que o 520 não faz em relação ao 810 e 1000 é navegar como um gps de automóvel, meteres uma morada ou um POI e ele dar-te indicações para lá chegar.

Podes também equacionar um dos mais recentes GPS da Garmin e que aqui não foi falado ainda, o Explore 1000. Sim, há o 1000, há o touring, e mais recentemente saiu o Explore 1000 ;-)
Viva jppina,

Pretendo para as duas coisas, tanto para ir navegando vendo o mapa, como para estabelecer um destino e ele me definir rotas para lá chegar, é possivel no 1000? Acho que ele calcula até 3 rotas possiveis certo?

Tb vi esses GPS´s, quais são as principais diferenças?

Cumps.
 
#26
Eu já tive o mesmo problema que tu.....qual GPS escolher para seguir uns trilhos descarregados da net, gravar percursos nos dias em que me dá na cabeça inventar e também ir sabendo dados sobre o ritmo e caracteristicas do percurso que estou a fazer.

Comecei por um dakota 20, e tive-o durante uns meses, excelente mas um bocado lento, vendio-o e troquei por um Edge Touring, passei de cavalo para burro, sempre a bloquear, vendi-o e troquei por um 810, de novo a bloquear muitas vezes com os mesmos mapas que usava no Dakota e no Edge...vendi-o e comprei o meu atual, um etrex touch 35, bom ecran, estável e sem problemas até agora.

Considera também a opção do eTrex Touch 35 pois acho que responde ás tuas necessidades

Cumps
JM
Viva jmpnm,

Existe uma vasta gama de GPS, até fica um bocado complicado chegarmos ao que realmente precisamos, daí já teres trocado algumas vezes.
Fica registado, vou ver umas reviews sobre ele tb.


Cumps
 

m.r.f.

Active Member
#27
Bvcosta said:
Tb tinha dado uma vista de olhos pelo eTrex Touch 35, assim bastante superficial, pensava que era mais para montanhismo, geocaching, etc.
O dakota vi que estava a bom preço numa loja online aqui há uns tempos, mas parece-me um bocado "sabonete".

A minha inclinação está mais para o 1000, mas não sei até que ponto não será bastante volumoso tb. Convinha encaixar bem no avanço.

Cumps
Eu tenho o dakota 20 à 4 anos e ainda não troquei, e uso sempre na bike nem que seja para ir para o trabalho o uso, pois serve alem de gps para contra kilometros também.
E um bocado "sabonete" assim como o eTrex touct 35 em quanto o 520, 810, 1000 são mais finos e em aparência são melhores para ciclismo estrada mas também são mais frágeis do que os "sabonetes" e para btt é melhor um "sabonete" à prova de agua e quedas.


Os "sabonetes" são mais indicados para montanhismo, geocaching ou pesca mas também dá para btt por isso é que a garmin lançou suporte de bike e além de ritmo cardíaco também tem a função se medir a cadencia que é uma função propria para ciclismo.

Agora tu é que sabes, 500€ por um 1000 ou 250€ por um "sabonete".
 
#28
Bvcosta,

Não conheço a mammuth.

Como já alguns companheiros disseram, o Dakota 20 também é interessante. Tenho um que usei durante muito tempo na bicicleta! Quando comprei o 810, nunca mais o usei na bicicleta, mas ainda o mantenho, por ser um excelente aparelho e que ainda uso para às vezes me orientar em caminhadas e no geocaching. Tem as naturais limitações ao nível de informação de treino, mas para navegar é muito prático e versátil.
Aproveito só para acrescentar ao post do m.r.f. que nem o dakota nem os edge são à prova de quedas, embora ambos resistam bem à água.
 
#30
Como é que se consegue ir "vendo o mapa" no 520?
O 520 não te mostra o mapa.
Como assim não mostra o mapa? O meu mostra! Se o teu não te deixa ver o mapa das 2 uma, ou tens a página do mapa desativada, ou não carregaste nenhum mapa (o mapa base que vem pré carregado é quase um não-mapa!)
 

m.r.f.

Active Member
#31
gcaetano said:
Aproveito só para acrescentar ao post do m.r.f. que nem o dakota nem os edge são à prova de quedas, embora ambos resistam bem à água.
Se ainda tens o dakota 20 bem podes ver que tem borracha nas laterais e o corpo é resistente a quedas, agora os edges é que não são.
Mas penso que existe umas proteções em silicone para o 1000 vendidas em separado.
 
Last edited:

m.r.f.

Active Member
#32
Bvcosta said:
como para estabelecer um destino e ele me definir rotas para lá chegar, é possivel no 1000? Acho que ele calcula até 3 rotas possiveis certo?
É possível mas só na estrada e se os mapas forem roteáveis, agora se não forem roteáveis nada feito.
Em geral os caminhos do monte não são roteáveis.

Que eu conheça só existem mapas roteáveis de estrada, mas se estiver enganado que me corrigem.
 
#33
É possível mas só na estrada e se os mapas forem roteáveis, agora se não forem roteáveis nada feito.
Em geral os caminhos do monte não são roteáveis.

Que eu conheça só existem mapas roteáveis de estrada, mas se estiver enganado que me corrigem.
Errado!! Os caminhos do monte são roteáveis, pelo menos alguns! Aqueles que fazem parte do mapa que seja roteável! Por exemplo o City Navigator da Garmin, para além das estradas tem imensos caminhos, estradões, etc... todos eles são roteáveis, desde que essa opção seja ativada nas definições do GPS.

Já os mapas tipo Topolusitânia ou Openstreetmaps não permitem a navegação.

A tua confusão deve partir do pressuposto que o City Navigator só tem estradas, mas não, tem muito mais!
 

m.r.f.

Active Member
#34
Errado!! Os caminhos do monte são roteáveis, pelo menos alguns! Aqueles que fazem parte do mapa que seja roteável! Por exemplo o City Navigator da Garmin, para além das estradas tem imensos caminhos, estradões, etc... todos eles são roteáveis, desde que essa opção seja ativada nas definições do GPS.

Já os mapas tipo Topolusitânia ou Openstreetmaps não permitem a navegação.

A tua confusão deve partir do pressuposto que o City Navigator só tem estradas, mas não, tem muito mais!
Eu sei que o city tem alguns caminhos mas quando vou para o monte activo o mapa topolusitania que é muito mais completo.
 

m.r.f.

Active Member
#36
Sim, é mais completo, mas podes ter os 2 ativos ao mesmo tempo ;-)
Não gosto de andar com os dois activos ao mesmo tempo porque faz um pouco de confusão em alguns cruzamentos.
O topolusitania é que podia ser roteavel ou o city incluir todo os caminhos do topolusitania.
 
#38
m.r.f.

O edge é tão resistente como o dakota... O corpo do dakota até pode ser resistente (embora o meu já tenha um belíssimo "lanho"), mas o ecrã é bastante sensível, como o da generalidade dos GPS. Sei de mais do que 2 ou 3 pessoas que já "pifaram" o ecrã do dakota.

Uso silicone tanto no edge como no dakota, e a ideia que tenho é que, tanto um como o outro, caso caiam, é uma questão de sorte (ou azar!) o facto de se estragarem, ou não. Dai dizer que nem o dakota nem o edge são à prova de quedas!

Boas pedaladas!
 
#39
Viva pessoal, tive a oportunidade de pegar tanto no Edge 520 como no 1000, inclusive experimentar o 520 e dadas as diferenças de tamanho achei o 520 bem mais engraçado, já para não falar na diferença de preço. Claro que o 1000 tem outros recursos, mas realmente olhando a utilização que lhe posso dar, para seguir uns trilhos, acho o 520 a solução mais razoável.