Gostas da tua menina? É linda ? Mostra-a ao pessoal, aqui!

Posso-te pedir uma breve review da bike?

Estou para comprar uma nova e esta pode ser uma opção.

Ja agora peço opiniões se por mais 400€ vale a pena comprar com o quadro em carbono.

Porque a diferença desta 960 para a 940 parece-me ser mesmo so o quadro, e se repararem a 940 em carbono so pesa menos 300gr.

https://bikezone.pt/pt/-xc-maratona/11582-scott-scale-960-2020.html

https://bikezone.pt/br/-xc-maratona/11586-scott-scale-940-2020.html
Filipe, estas a referirte a minha bicicleta?
 
A minha Scott Scale 730.
Equipamento relevante:
FOX 32 Performance - muito bom, trocarei no futuro por um Factory para ganhar 0,5kg
Transmissão Shimano XT 2x11 - adoro 2x11 pois tem a melhor relação possível
Travões Magura MT8 SL - apenas os mais leves do mercado e com um power incrível
Selim Fabric Scoop Shallow - um trono e ainda por cima muito leve
Espigão Syncros 2.0 já com o 1.0 de carbono encomendado
Guiador Syncros 1.0 carbono 740mm
Pneus Maxxis Ardent Race - os melhores que testei até hoje
Rodas - tinha Mavic Crossmax Elite, estraguei agora uma e vou trocar esta semana por umas Prototype
Peso actual 10,8kg - vai baixar para uns 10,5 com as novas rodas e espigão
 

Attachments

edununo

Well-Known Member
A minha Scott Scale 730.
Equipamento relevante:
FOX 32 Performance - muito bom, trocarei no futuro por um Factory para ganhar 0,5kg
Transmissão Shimano XT 2x11 - adoro 2x11 pois tem a melhor relação possível
Travões Magura MT8 SL - apenas os mais leves do mercado e com um power incrível
Selim Fabric Scoop Shallow - um trono e ainda por cima muito leve
Espigão Syncros 2.0 já com o 1.0 de carbono encomendado
Guiador Syncros 1.0 carbono 740mm
Pneus Maxxis Ardent Race - os melhores que testei até hoje
Rodas - tinha Mavic Crossmax Elite, estraguei agora uma e vou trocar esta semana por umas Prototype
Peso actual 10,8kg - vai baixar para uns 10,5 com as novas rodas e espigão
2x11 com que relação?
36/26 com 11-40?
38/28 com 11-40?
 
Tens razão; a minha pedaleira não é convencional. Foi montada com um prato de cada
Fiquei com uma relação espectacular sem absolutamente nenhum problema pela invenção - já fiz 3.200km assim.
 
Há que experimentar
Algumas subidas de terra em mau estado com 26 graus de inclinação sobem-se com um conforto espectacular. Verdade que não é para usar sempre! Mas em algumas subidas que nunca tinha conseguido subir... é um mimo!!
 

edununo

Well-Known Member
Cassetes Shimano 11v:

11-40 (11-13-15-17-19-21-24-27-31-35-40 teeth)
11-46 (11-13-15-17-19-21-24-28-32-37-46 teeth)

A 11-40 é mais leve que a 2a relação mais leve (37) da 11-46.
Além disso ganhas nuns saltos menores entre alguns andamentos.
 
Obrigado pelo esclarecimento. Raramente tenho oportunidade de trocar impressões com alguém sobre este tema.
Antes de ter 2x11 tinha 2x10 com 11-42 atrás.
o que mais gostei em ter trocado para esta 2x11 foi precisamente a relação de 26 à frente com 46 atrás (0,56). Embora consideres que é quase inútil, posso confirmar-te que me tem permitido fazer coisas incríveis que não fazia antes.
Tenho gasto algum dinheiro para tornar a bike mais leve e sei que esta transmissão acarta algum peso extra; é um peso que eu considero que vale a pena pois tenho relações de 0,56 a 3,45 o que me dá um leque de opções ímpar.
Gastarei facilmente mais dinheiro a trocar outros componentes para tirar peso do que a trocar esta relação de transmissão que tenho...
Curiosamente, já alguma vez experimentaste uma relação destas? Não serve obviamente se a subida for muito técnica, pois vai derrapar; mas naquelas subidas duras com alguns obstáculos a partir dos 15 graus (há tantas assim), é espectacular...
 
Posso-te pedir uma breve review da bike?

Estou para comprar uma nova e esta pode ser uma opção.

Ja agora peço opiniões se por mais 400€ vale a pena comprar com o quadro em carbono.

Porque a diferença desta 960 para a 940 parece-me ser mesmo so o quadro, e se repararem a 940 em carbono so pesa menos 300gr.

https://bikezone.pt/pt/-xc-maratona/11582-scott-scale-960-2020.html

https://bikezone.pt/br/-xc-maratona/11586-scott-scale-940-2020.html
Desde já peço desculpa pela demora a responder.
Até agora estou a adorar a bicicleta. Não sou o maior especialista em bicicletas de btt, mas com a minha experiência posso dizer que a bicicleta tem uma boa rigidez lateral e consigo ter boas sensações em acelerações bruscas. A suspensão faz bem o trabalho dela. E os travões são bastante bons. Na minha zona há descidas longas com grande inclinação e nunca senti que os travões falhassem. A trava da suspensão é muito boa mesmo. É só uma trava mas a Scott fez bem o trabalho. Selim para mim bastante confortável. Os pneus que traz também tenho gostado bastante.
Quanto ao peso, nunca andei com um bicicleta de btt de carbono super leve mas para mim o peso não tem interferido nada. Também sou um tipo muito habituado a subidas, mas mesmo assim acho que está bem equilibrada. Quanto à transmissão nada de mal a apontar. No geral não me arrependo nada da compra e pelo preço acho que é uma boa bicicleta de alumínio.
 
Penso que o Boost com QR (5x141) é a maior "banhada" que se pode ter numa bicicleta.

A troca de rodas é logo uma tarefa muito mais difícil e dispendiosa...além de que se tem a mesma rigidez que o tradicional QR, mais fraco que o Thru Axle.
Caso se troque de suspensão ou se compra uma para QR para se manter a roda...ou compra-se uma Thru Axle e tem de se comprar também uma nova roda para a frente.

Sei do que falo...tenho a minha Trek X-Caliber 8 2019 com esse sistema da treta. :mad:
Mas no caso da minha Scott 960 apenas a roda de trás é QR. A da frente não é. Ou seja devo poder trocar a roda da frente ou a suspensão sem qualquer uma dessas preocupações. Estarei errado?