Falta de Civismo...já estou(ou estamos) Habituado

#1
Pois é pessoa...ia eu para o trabalho e mais uma vez resolvi ir de bike...tinha programado fazer um treinozito um pouco mais rápido para ver como me sentia...e lá fui no meu caminho.
Quando estou quase a chegar a Loja(cerca de 3-4km antes) passo por uma rotunda tem um desnivel de cerca de 2%(a descer) ia a 60km/h e antes de entrar na dita rotunda vou quase sempre(quando posso) para o lado direito...e faço a curva(ou não) e só começo a ver a bike a fugir...e já está....estrei as quedas no alcatrão. Naquela rotunda passam muitos camiões por causa das obras que andam por ali...logo também não ajuda nada...mas também abusei um bocado(ja tinha feito igual...mas a 2 foi de vez).

Mas qual foi o meu espanto qu quando caio passam tantos carros e nenhum foi capaz de parar para saber se estava tudo bem??? Só tive tempo de me levantar(um cadito mal da perna) e sair do meio da rotunda antes de ser passado a 'ferro'...a bike felizmente foi mesmo para dentro da rotunda e não sofreu danos por ai além...um guiador torto apenas e o meu rico X0 todo 'limado' do alcatrão.

Lá fui eu a pedalar para a loja e lá desinfectei tudo...braço e perna queimada...Não vou dizer que ia sem capacete senão matam-me já aqui :cry:

fica ai uma foto do local...de notar que ao lado da rotunda existe um MCDONALD...provavelmente a bike estava com fome e queria comer qualquer coisa.. :lol:


abraços e quedas melhores que as minhas..ou melhor sem quedas :wink:

Pluma
 
#2
Oh isso é o prato do dia... se tivesses a dar chocolates ou brindes ali na rotunda, quanto queres apostar que a maioria deles parava... agora para ajudar??? Ainda bem que não sofreste nada de mais e a bicla tb :)

Quedas no alcatrão é tramado... aquilo queima que se farta...

Abraços :D
 
#3
Pois é. Também já me aconteceu uma dessas.

Cair numa rotunda (era ligeiramente a descer e tinha acabado de chover e a roda de trás fugiu) :oops: , ficar no meio dela e a bicla em cima do passeio. Felizmente que naquele momento não havia trânsito nenhum, mas mesmo assim não me livrei de umas queimadelas. :evil:

Nem quero imaginar o que me teria acontecido se fosse a uma hora de ponta. :roll:
 
H

Hugo Carvalho

Guest
#4
Falta de Civismo...já estou(ou estamos) Habituado

Pois é... Se levasses uma camisola a dizer "pague 1 leve 2" ou "é Grátis" ou "Saldos 80%" ías ver se não te ajudavam. É cada um por si!! :evil:

Mas olha, para animar-te :lol: :lol: , hoje também espatifei-me todo :lol: :lol: :lol: :lol: Já somos dois... Um gajo qualquer armado em esperto tentou fazer uma pista de Down hill com um quadro 22, espigão meio metro e ao saltar numa rampa #-o #-o :cry: :cry:

Enquanto alguém não fizer qualquer coisa quanto à lei da gravidade, as quedas lá vão fazendo parte das nossas voltinhas... Já agora se houvesse alguém que também fizesse qualquer coisa quanto ao espírito egoísta e desumano de algumas pessoas...

Cumprimentos betetistas

Hugo Carvalho
 
#5
Pois são tramadas as rotundas! O meu único malho que dei na estrada até agora foi numa rotunda...A única coisa a lamentar foi os calções de licra...e um bocadinho queimado na coxa e na perna.

Por acaso até tenho tido sorte com o pessoal...Já me deram muitas boleias. Mas a maioria ignora um bocado. É o Portugal em que vivemos!

As melhoras Peso-Pluma!
 
#7
Falta de civismo foi ontem quando estava a fazer a subida do Inatel aqui em Albufeira onde devido aos carros estacionados só há espaço á rasca pra dois carros uns meninos do papá decidem ultrapassar o comboio turístico aqui da zona porque lhes apeteceu e estiveram-se a cag*ar pra mim que ia a subir de bike. Continuei na boa, os gajos tiveram que parar á pressa e, lá consegui arranjar um espacinho entre dois carros estacionados pra enfiar a bike (já que a faixa estava cortada por eles pra cima e atrás do comboio vêem sempre alguns carros). Depois de parar nesse espacinho, os gajos arrancam mal dispostos a ainda começam com a conversa típica de gente reles que mete nojo (ai o c******). A fervura foi rápida e a resposta á letra, tiveram sorte de não ter parado de novo...
 
A

americo

Guest
#9
Boas

Ontem dia 17, vinha eu de um hipermercado conhecido em Lisboa com um amigo meu motard à minha frente quando numa Rotunda e sem nada fazer esperar a roda detrás fugiu e ele foi ao alcatrão.

Uma queda a 20 Km, sem grandes consequência fisicas a não ser mão, braços e ombro arranhados/queimados e corpo dorido. Eu parei imediatamente e alguns carros atrás também oferecendo ajuda mas felizmente foi uma queda suave.
Quando saí do carro apercebi-me o porquê da queda:
Oleo no pavimento!
Logo passado 2 minutos apareceu um carro dos bombeiros para deitar pó em cima do oleo, e por dois míseros minutos ele podia não ter caido...

Espero que esteja tudo bem peso-pluma e que na próxima ida para o trabalho de bicla a aproximação a essa Rotunda seja feita com maior cuidado.
Essa de ninguém parar para ajudar realmente é a parte que me deixa preocupado...

Um abraço

Américo Ribeiro
 
#10
Hoje em dia há muita violência, e as pessoas por vezes têm medo, mas nestes casos, realmente a verem que uma pessoa cai.... é indecente. Aposto, que o Pluma se fosse UMA pluma, eram ás resmas a parar para ajudar!!!!!
 
#11
O que vocês precisam todos, é de umas rodinhas atrás!! Tirei as da bike do meu puto, estou disposto a empresta-las. :lol:
 
Z

zeluz

Guest
#12
Há 3 anos, perto de Torres Vedras, um puto engraçadinho com carta à menos de 1 mês, decidiu fazer-me um fininho (eu ia na berma que naquele local tem quase 2mts...). Resultado: acertou-me em cheio e atirou-me ao alcatrão... fiquei mais de 5 minutos caido no chão sem que nenhum carro parasse...
Infelizmente é este o pais onde vivemos...
 
#13
Todos temos episódios de quedas.
Eu já tive duas em alcatrão e das duas não tenho que me queixar por falta de ajuda. Prontamente alguém pára e faz de tudo para ajudar, querendo mesmo na ultima vez levar-me à força para o Hospital :) .
De referir que foram sempre mulheres que me tentaram ajudar. :D
 
#14
Eu a alguns anos atrás tive um queda mais ou menos aparatosa em que sem querer saltei uma parede com uns 3 metros para dentro de um terreno com bananeiras. (esqueci foi a bike na estrada).
Até hoje tenho a agradecer a atitude do homem do lixo que me foi buscar trouxe-me para a estrada e forçou a paragem a um carro para me levar para o Hospital, graças a Deus não precisei de tratamento, apenas desinfectar feridas (que acreditem eram muitas).
Um abraço
JM
 
#15
Eu já caí na marginal, ia na estrada .. encostei-me demasiado ao passeio .. toquei .. e pimba, catrapuz!

Para meu espanto a única preocupação dos automobilistas que seguiam atrás e presenciaram a queda foi .. desviar-se!! .. um deles abriu a janela para mandar vir!!! :shock: .. eu estava a empatar o senhor, ali caído na estrada!

Nada mais a dizer. Infelizmente, a maioria das pessoas não se preocupa com os outros e é mal educada, mesmo nas situações mais incríveis :(

Espero que essas feridas já esteja saradas Pluma, caso contrário, as melhoras!
 
#16
É tudo uma questão de sexo. Se for uma senhora que caía numa rotunda e se por acaso ficar com os cações rasgados de forma a que fique algo a ver, vocês vão ver que os carros a parar. até terão de chamar a policia para mandar circular o transito.
 
#18
Não sei como é nas zonas onde vocês moram, mas aqui na Madeira não temos muita malta a andar de bike na estrada. Portanto o respeito que nos dão é muito pouco.
É perfeitamente normal eu andar na estrada a descer (+-40Kmh) e vir atrás de mim um bacano a me chamar nomes e a buzinar porque simplesmente quer que eu me afaste para ele passar.
Agora o que eu tento fazer é andar de forma que incomode o menos possivel os outros condutores e sempre que aparece um Lucky Luke a buzinar e dizer asneiradas, tento sorrir o mais que posso, tentando mostrar a esse paspalho que sou muito mais feliz em cima da minha bicicleta que ele dentro do seu carrão.
JM