Engate com a base Edge 500 partido

#1
Boas amigos do pedal, venho por este meio mostrar uma enorme insatisfação pela garmin, uma marca que só bem tinha a dizer.
Comprei um Edge 500 em junho e só tenho a dizer maravilhas daquele pequeno bicho, tive simplesmente o problema que muita boa gente teve do "freeze" mas a actualização veio a resolver isso e ficou 5 estrelas.
Visto ser aqui da zona de alcobaça e como sou um amante do poço suão e da serra dos candeeiros ( zona de mt pedra para quem não conhece ) no passado sábado tive um problema com o meu edge :mad: as patilhas de engate do gps ao suporte partiram se em andamento e tive que andar à procura dele no meio das pedras, felizmente encontrei-o.
Mal cheguei a casa pesquisei na internet e mesmo nos foruns da garmin e qual não é o meu espanto muita boa gente com o mesmo problema.

( não tirei fotos do meu mas encontrei estas nos foruns)




Nos foruns da garmin, diz-se que é um problema de design e a zona onde estão as patilhas é uma zona enfraquecida, ou seja, defeito fabrico ( não sei se posso linkar o forum da garmin com os posts mas facilmente encontram isso ) e a garmin em inúmeros casos dentro da garantia, trocou a zona traseira a muitos utilizadores e a muitos mandou edges 500 novos, isto nos USA.
Em portugal acontece o seguinte, na 2ªfeira fui ao mediamarkt onde tinha comprado o edge e eles mandaram para a garmin, tudo muito certo.
Na 3ª feira à noite recebo uma SMS do mediamarkt a dizer que o valor de arranjo do gps é de 100,66€ :fpalm:
Rapidamente telefonei à mediamarkt e eles simpáticos por acaso, tiveram me a ler o mail que a garmin enviou a mediamarkt no qual estava descrito que o valor era de 76€ e qq coisa para substituição de equipamento + portes envio e que a garantia não cobria devido a ser "utilização abusiva"
E eu fiquei a pensar "para que um equipamento novo quando é a capa traseira que esta danificada 4 parafusos e siga !!! )
Hoje 4ª feira telefonei para a Garmin PT no qual atendeu um rapaz muito simpático que merecia 3 pares de estalos, no qual disse que a garmin de nada o informou que se tratava de um defeito de fabrico do edge, e que o problema do meu era utilização abusiva. Já a mandar o rapaz na minha cabeça para um sitio que cá sei perguntei lhe o porque de ter que ser substituido o equipamento quando se trata de uma peça de plastico traseira.
Respondeu-me
" Na Garmin trabalhamos assim, está estragado manda-se um novo " no qual não consegui deixar escapar a piada para o rapaz.
" Espero que não parta então nenhum braço senão lá a Garmin tem de arranjar um empregado novo " :mad::mad:

Enviei os mails para o suporte da garmin com os links dos foruns da garmin e a resposta foi:
"Apesar de ser um Forum de discussão da Garmin, as opiniões dos utilizadores não traduzem a posição oficial da Garmin."

O problema é que é, os foruns da garmin e no qual estão a responder administradores do forum. tenham atenção a este produto e ao seu serviço pós-venda, a minha contribuição fica feita.

Deixo aqui 2 posts de clientes americanos que lhes aconteceu o mesmo e a garmin USA resolveu lhes o problema.
"Update:

I filed a Garmin Support ticket and heard back from a Customer Service Rep, who informed me that Garmin CAN replace my unit under warranty.

I also alerted them to this thread, just as a heads up
"


e outro:

Quote:
Originally Posted by ZXTIM

Another failure. A lug broke off today. Can't say i've been heavy handed. Love the edge but this takes the edge off it a bit!

Garmin came up trumps and replaced the unit at no cost. Happy again

 

RTC

Super Moderador
#2
:s

Pela descrição que fizeste, parece claramente falha do material. Quase de certeza.
Basta olhar para ele e para o respectivo suporte para eu ter decidido apenas fazer estrada com ele. O btt que fiz com ele foi coisa "soft", apenas para experimentar seguir um track.

Boa sorte para a tua reclamação, mas parece-me que tens a razão do teu lado.
 
#3
Acho estranho essa posição da Garmin pois conheço casos em que tudo funcionou bem.

O que deves fazer é ter calma e gerir bem o conflito. Talvez a DECO consiga fazer pressão sobre tal caso. Apresenta o caso bem fundamentado à Garmin com conhecimento à Garmin Europe e à DECO.
 
#4
Tenho uma Garmin Colorado 300 há mais de três anos. Num determinado momento tive um problema de software com o aparelho e levei-o ao representante em Portugal. Ficou para reparação, o que na realidade se traduziu na entrega após 1 semana de um aparelho novo. Como estava ainda dentro da garantia não paguei nada. A minha experiência com o serviço a clientes de algumas marcas de prestigio em Portugal leva-me a dar-te o seguinte conselho: expõe as tuas queixas directamente à casa mãe europeia e/ou americana:

Garmin (Europe) Ltd.
Liberty House
Bulls Copse Road
Hounsdown Business Park
Southampton, SO40 9LR , UK


Garmin International, Inc.
1200 E. 151st Street
Olathe, KS 66062-3426 (Kansas City metro area)
Phone: (913) 397-8200
Fax: (913) 397-8282
 
#5
Boas.

Há cerca de 3 semanas passou-se o mesmo comigo , partiu-se esse encaixe.

Sem duvida que o encaixe é frágil , mas eu sei bem que fui eu que forcei a meter pois tinha as luzes ao lado e ao rodar o EDGE para encaixar roçou lá e não queria entrar e eu forcei , e aquilo estalou , e só uns dias depois me apercebi da borrada que tinha feito.
Quem tiver o minimo cuidado a encaixar o GPS nunca o partirá , e não é por causa dos trilhos que isso parte.

Contactei directamente a GARMIN PORTUGAL e a solução para estes casos é igual a outros paises , troca do equipamento velho por um Novo , pagando esses setenta e tal Euros mais IVA e ficando com 2 anos de garantia a vigorar a partir dai.

Tambêm questionei sobre a troca apenas da tampa traseira ao que o Simpático Sr , e aqui digo sem ironias pois fui muitíssimo bem atendido , talvez por me ter identificado como técnico de Electrónica que sou na vida real , e como ia dizendo ele confessou que seria para eles mais facil e menos dispendioso trocarem as tampas , mas como os EDGE todos são selados com um Gaz que irá manter o equipamento estanque e como tal protegido contra as intempéries , e a Fábrica não fornece a nenhum pais os meios para selarem devidamente os equipamentos , como tal e por imposição da Fábrica , os equipamentos são trocados por um novo pagando-se esse valor simbólico.
E pelo que li na altura é procedimento comum a outros paises.

Compreendo a tua insatisfação pelo sucedido , mas como é obvio , mesmo para ti , isto não partiu por acaso , um problema de software ou outro mau funcionamento do equipamento terias toda a razão na exigência da garantia e ela teria que te ser concedida , nesse caso , como deves compreeder , é muitissimo dificil fazeres alguêm acreditar que isso partiu por obra e graça do Espirito Santo , por mais frágil que possa ser.

O meu eu sei exactamente que fui eu que o forcei , apesar de só ter reparado quase 2 semanas depois , mas quando puxei pela cabeça lembrei-me logo do que tinha feito.

Boa resolução.
 
#6
Não foi devido à graça do espirito santo que se partiu o encaixe nem devido a ter as luzes ao lado nem a uma má utilização ou forçar o gps. o que se passa é se perderes 5 min a pesquisar verás que muitas pessoas têm o mesmo problema e com vários tipos de resolução entre os quais a troca de equipamento sem qualquer tipo de encargos.
Não sou nenhum técnico de electrónica como o senhor fernando mas sou técnico de moldes de plásticos e o que posso dizer é que a zona partida está deveras fragilizada.
provavelmente se tivesse aberto a caixa antes de o comprar não o teria adquirido, ainda nos foruns da garmin poderá ver que este suporte vem para substituir os antigos ( senão estou em erro os 705 ) devido a ter o mesmo problema que estes.
 
#7
Se lerem uns posts meus em relação ao edge 800, eu fiz referência a isso ;), no qual relatei o facto de um colega meu ter partido esses apoios no 500 e que no 800 pesando o dobro poderia agravar com o seu uso em btt.

Aqui http://www.forumbtt.net/showthread.php?26674-Garmin-EDGE-800&p=616613#post616613 pagina 18

Em relação a garantia em Portugal é mesmo assim esteja ele com a patilha partida ou esmagado, pagas o mesmo

Abraço
 
Last edited:
#8
Ó amigo , eu perdi bem mais de 5 minutos a pesquisar....

Acontece que eu entendo bem os procedimentos que os importadores nacionais têm de fazer.
Como disse trabalho em Electrónica e sou responsável nacional por 2 marcas de equipamentos de outra onda fora do Ciclismo , e sei bem os entraves que as fábricas colocam na resolução de situações semelhantes...
Obviamente não será a importação que te pode oferecer pagando do bolso um equipamento novo....
Terá de ser a Fábrica a fazer isso , quando eles aceitam , tudo bem , fica todo o mundo satisfeito , quando a fábrica não troca.....Há que se arranjar forma , e eventualmente é o procedimento que a Garmin Portugal está a fazer com a troca do velho , por novo pagando aquele valor simbólico.

Eu não ganho nada da Garmin para os defender , eu optei pela troca e fiquei satisfeito por haver uma resolução para o problema , e já tive problemas com aparelhos destes , por exemplo parti o encaixe de 1 ciclocomputadores Sigma que acabou no lixo pois não teve solução....
 
#9
é obvio que compreendo a situação do importador, e ainda voltando atrás já tenho o gps de volta mas rejeitei a "reparação", visto no meu caso ser uma parvoíce pagar 100.66€ por uma coisa que já sei que + dia - dia vai dar ao mesmo e depois aqui está o mesmo a pagar 100.66€, mas lá está, isto sou eu que tenho a consciência tranquila que não foi devido a má utilização da minha parte e ainda por cima nada que um pouco de cola super3 com uma abraçadeira de plástico não resolva ( é como ter um ferrari com umas rodas de um carro de rolamentos mas é o que se arranja ).
Eu tb não estou aqui a fazer uma propaganda contra a garmin nem ganho nada com isso, quando fiz este tópico foi para dar a conhecer a muitos colegas o que me aconteceu e apartir dai as pessoas que sigam a sua consciência se compram ou deixam de comprar e o pessoal que já o tem que tenha cuidado com este equipamento.
Mas para acabar com a conversa existem coisas engraçadas, as marcas por vezes tentam escapar com as suas responsabilidades e até no meu ramo já vi falhas de design até a falhas de planeamento de muitas empresas e depois quem sofre no meio de isto tudo é sempre o consumidor final, já devem ter imaginado as horas que eu já perdi em forums,blogs, etc e no meio de isto tudo encontrei uma raridade.

Giro de Italia, Bicicleta de contra-relógio da equipa garmin ( não sei o nome do ciclista ) e reparem no garmin edge 500 e tirem as vossas conclusões.


Abraços!