Cube ltd race 2011

edununo

Well-Known Member
O mercado está mau e com a chegada dos modelos de 2012, os de 2011 que ficaram levam descontos grandes. Uma usada ainda sofre mais.
Os 750 euros não me parecem descabidos e sinceramente não vale muito mais que isso.
 
Edununo,

Apesar de perceber o teu raciocinio e saber que, em termos de mercado, o pensamento é um bocado esse, continuo a afirmar que não vendia a minha por esse preço! Ou seja, 750€ corresponde a cerca de 55% do valor de tabela da bicicleta, que seguramente, ainda nem tem um ano, portanto, está a perder 45% do dinheiro que supostamente pagou.
No entanto, se partir de um pressuposto que teve um desconto de 10 a 15% estará a perder cerca de 35% do valor que pagou pela bike que no máximo terá uns 10 meses. Se aplicarmos esta desvalorização proporcionalmente ao ano, concluo que passados 3 anos quase que temos que pagar para nos ficarem com a bike :).

Tudo isto para dizer que se a crise existe para quem vende também existe para quem compra usado, portanto devemos saber valorizar o que vendemos, porque neste caso sabemos a real qualidade do produto.
Uma Cube LTD Race neste momento nova, mesmo com um bom desconto, fica sempre mais cara uns 450 a 500€ relativamente aos 750€, portanto, à que saber vender o peixe.

Abraço e boas pedaladas...

ps: Caso estivesse no lugar de comprador invertia o raciocinio :)
 

edununo

Well-Known Member
Uma LTD Race de 2011 já se deve arranjar novas por cerca de 1000 euros. O preço de tabela é de 1300 e picos euros e já se começam a ver descontos de 20 a 25% agora com a saída da gama de 2012.
É sempre assim, vender ao fim de um ano e logo nestes meses de Out / Nov é complicado.
 
Edununo,

Apesar de perceber o teu raciocinio e saber que, em termos de mercado, o pensamento é um bocado esse, continuo a afirmar que não vendia a minha por esse preço! Ou seja, 750€ corresponde a cerca de 55% do valor de tabela da bicicleta, que seguramente, ainda nem tem um ano, portanto, está a perder 45% do dinheiro que supostamente pagou.
No entanto, se partir de um pressuposto que teve um desconto de 10 a 15% estará a perder cerca de 35% do valor que pagou pela bike que no máximo terá uns 10 meses. Se aplicarmos esta desvalorização proporcionalmente ao ano, concluo que passados 3 anos quase que temos que pagar para nos ficarem com a bike :).

Tudo isto para dizer que se a crise existe para quem vende também existe para quem compra usado, portanto devemos saber valorizar o que vendemos, porque neste caso sabemos a real qualidade do produto.
Uma Cube LTD Race neste momento nova, mesmo com um bom desconto, fica sempre mais cara uns 450 a 500€ relativamente aos 750€, portanto, à que saber vender o peixe.

Abraço e boas pedaladas...

ps: Caso estivesse no lugar de comprador invertia o raciocinio :)
Tu não podes raciocinar dessa maneira. Tens que partir do preço tabela das actuais mais o desconto que as lojas fazem. A esse preço ainda tens que tirar cerca de 200/250€ para que o preço da bike seja atractivo na revenda para a loja. Ou seja se uma nova andar a ser vendida por volta dos 1000-1100 o valor da retoma nunca vai passar os 600-700 € para ser posta à venda por mais 50/100€ de forma que o preço da nova que é o negócio da loja seja atractivo.
E ainda tens que dar garantia na usada ......
Fazer contas estilo contabilista para valor comercial não dá.

Tal como os automoveis mal a tiras da loja o valor comercial vem por aí a baixo.

Eu em Junho quando comprei a AMS 110 SL dando a LTD como retoma deram-me cerca de 650€ pela LTD. Sei que mais tarde foi vendida por 750€.
 
Unknown_Rider,

Percebo e sei perfeitamente que a lógica de mercado é essa! E sabendo que lógica é essa, o "post" que escrevi foi no sentido de ironizar um maior protecionismo ao produto que vendemos! Isto porquê? Porque o mercado das bikes é, na actualidade, um negócio da moda em que a sobrevalorização das bicicletas atingiu talvez o seu maior apógeu desde a sua invenção. Trocar hoje de bicicleta é um luxo!! Porque no fundo estamos, muitas das vezes, a deitar dinheiro fora sem necessidade... (É claro que o dinheiro é de cada um e cada um faz dele o que quiser, mas isto já são outras "contas").

No fundo sabemos que o mercado não dá mais que 600/700€ por uma LTD com 10 meses (cerca de 50% do seu valor de tabela), agora imagina quanto não dará por uma com 18 meses (1,5 anos)! O que as lojas fazem é arranjar um ponto de equilibrio entre "as contas à contabilista" ;) e a lei da oferta de mercado para atribuirem um valor à nossa bicicleta... isto traduz-se numa desvalorização grotesca de um produto que já estava à partida sobrevalorizado e que, quando vendido usado, se apróxima do real valor.

Tudo isto pra dizer que vender hoje em dia uma bike tipo LTD Race só se tiver bastante dinheiro pra esbajar, caso contrário mais vale ficar com ela e estimar o que temos!! Vendê-la passado 1 ano e meio se pensarmos comprar uma bike de suspensão total de 2000€, por exemplo, na minha forma de pensar também não faz sentido porque o valor de mercado já andará nos 400€/500€. É preferivel poupar mais 1 ou 2 meses e juntar estes 400 ou 500€ que nos faltam pra comprar a bike do que tar a vendê-la ao desbarato... E no fundo ficamos com duas bikes em condições!!!

Cumprimentos e boas pedaladas...
 
Unknown_Rider,

Percebo e sei perfeitamente que a lógica de mercado é essa! E sabendo que lógica é essa, o "post" que escrevi foi no sentido de ironizar um maior protecionismo ao produto que vendemos! Isto porquê? Porque o mercado das bikes é, na actualidade, um negócio da moda em que a sobrevalorização das bicicletas atingiu talvez o seu maior apógeu desde a sua invenção. Trocar hoje de bicicleta é um luxo!! Porque no fundo estamos, muitas das vezes, a deitar dinheiro fora sem necessidade... (É claro que o dinheiro é de cada um e cada um faz dele o que quiser, mas isto já são outras "contas").

No fundo sabemos que o mercado não dá mais que 600/700€ por uma LTD com 10 meses (cerca de 50% do seu valor de tabela), agora imagina quanto não dará por uma com 18 meses (1,5 anos)! O que as lojas fazem é arranjar um ponto de equilibrio entre "as contas à contabilista" ;) e a lei da oferta de mercado para atribuirem um valor à nossa bicicleta... isto traduz-se numa desvalorização grotesca de um produto que já estava à partida sobrevalorizado e que, quando vendido usado, se apróxima do real valor.

Tudo isto pra dizer que vender hoje em dia uma bike tipo LTD Race só se tiver bastante dinheiro pra esbajar, caso contrário mais vale ficar com ela e estimar o que temos!! Vendê-la passado 1 ano e meio se pensarmos comprar uma bike de suspensão total de 2000€, por exemplo, na minha forma de pensar também não faz sentido porque o valor de mercado já andará nos 400€/500€. É preferivel poupar mais 1 ou 2 meses e juntar estes 400 ou 500€ que nos faltam pra comprar a bike do que tar a vendê-la ao desbarato... E no fundo ficamos com duas bikes em condições!!!

Cumprimentos e boas pedaladas...
Percebi-te perfeitamente. No meu caso foi mesmo impossível ficar com a LTD por problemas logísticos. Ter 2 bikes em casa ....no mínimo era malas á porta.
 
Unknown_Rider como eu te entendo!! :)

Este meu palavreado é todo muito bonito na teoria, mas na prática tenho a sensação que era malas à porta também...

Não é fácil partilhar este vicio com a Maria!

Cumprimentos...
 
Está decidido um upgrade para a minha menina, vão ser os manipulos de mudança XTR juntamente com os mesmos travões.

Agora a questão é se poderei usar uns discos ashima com estes travões. Uma vez que as rodas serão umas Crossmax ST ou SLR Centerlock (que devem de trazer os adaptadores para 6 furos certo?)



Cumprimentos
 
Last edited:

edununo

Well-Known Member
As centerlock são ligeiramente mais leves mas os discos centerlock são mais pesados. Se usares discos de 6 furos tens de usar adaptadores e lá vai o ganho do peso.
Por isso com as de 6 furos consegues um conjunto mais leve e mais escolha nos discos.
 
Uma vez que o stock dos produtos que quero terminou, lá vou ter de esperar mais um tempo :mad:

Entretanto vou deixar aqui "as" novidades que virão e uma "pequena" dúvida :wink:

O guiador Easton 30 vais dar lugar ao 3T XIDA Team 640mm
O espigão de selim da Ready for Race sairá e vem um 3T DORIC Team 31,6mm 350mm
E o avanço da Easton será substituído por um 3T ARX Team 100mm -6
Os punhos da marca CUBE vão de vela e vêm os fresquinhos Chunky vermelhos

A dúvida é... que rodas colocar... As Crossmax SLR são um alvo irr€alista, logo vou ter optar por uma gama mais baixa:

MAVIC Crosstrail ou Crossmax ST?

Boas pedaladas
 
Last edited:
Boas malta,

Vou mudar os meus Formula RX, mas entretanto não sei se pelos XTR 2011 ou os R1.

Nos R1 posso colocar os adaptadores de 160mm/160mm certo? É que onde vou comprar trás180mm/160mm (http:// www.bike- discount.de/shop/k976/ a58922/r1-scheibenbrems-set- schwarz.html?lg=sp)

Já os discos vão ser os ashima 160mm/160mm. Fica melhor em vermelho ou normais?
 
Last edited:
Tenho os RX, apesar do roçar nos discos até são bons, mas já li que os xtr têm melhor progressividade e manutenção. Mas lá está os r1 ficavam a matar na minha Cube, mas não posso ir por ai..