Costa Vicentina

#2
Muito bom!! Ando a pesquisar rotas para fazer a mesma aventura em Setembro e gostei bastante da tua versão! O mais junto ao mar possivel! Quanto gastaste só em alojamento? Andava a pensar pernoitar nos parques de campismo por supostamente ser mais barato... Mas a vontade de andar com a tenda atrás não é muita...
 
#3
Fico feliz por teres gostado :D

É uma zona muito bonita. Vais gostar. Tem atenção é que existem trilhos da Rota Vicentina, principalmente os junto ao Mar que são praticamente impossíveis de andar com a bicicleta, por exemplo o trilho entre o Cabo Sardão e Porto das Barcas, que recomendo, é lindissimo, mas o final é quase impossível de fazeres mesmo com ela às costas.

Em relação ao alojamento, existem imensos parques de campismo ao logo da Costa. Eu também tive isso em hipotese, mas como a Costa Vicentina foi apenas uma parte da viagem, comecei em Abrantes e depois de chegar a Sagres ainda continuei até Vila Real de Santo António (6dias, 600km) e seria um pouco desgastante para os kms que tinha de fazer, andar a montar e arrumar tenda, todos os dias. Por isso, optei por uma experiência diferente. Na Costa Vicentina, os alojamentos andam entre os 80€ e os 100€ dia.
 
#4
Quantas aventuras e quantos quilometros... Cusquei o site todo, gostei e pedi "emprestado" algumas ideias. Muito bom mesmo. Força nisso, continuação para a malta acompanhar. Boas pedaladas.
 
#6
Epah, estás a assustar-me com essa do trilho entre Cabo Sardão e Porto das Barcas! Já me tinham dito que havia trilhos impossiveis de pedalar. Que se tinha de andar a pé. Até não tava assustado com o ter de andar com a bike à mão mas agora essa do "nem com a bike às costas..." Tenho de investigar esse troço com atenção! E o banho final? Tens noção de como a malta se safa ao chegar a Sagres?
 
#7
Tens como fugir ao Porto da Barcas. Dá para seguir numas viragens antes do Porto das Barcas e voltar mais à frente à Rota Vicentina.

Em relação ao banho? É o banho no mar :D ou banho de água potável? Banho no mar é sem problema, o banho banho, combinado antecipadamente, tens o quartel de bombeiros de Vila do Bispo. Se quiseres dormir, em Sagres tens imensos hostels.
 
#9
Fiz a Costa Vicentina no ano passado e fiz num dia de Vila Nova de Milfontes até Aljezur só porque do Cabo Sardão até ao Porto das Barcas preenchemos um cartão memoria com fotografias.... So a parte final é feita a pé (o trilho do Cabo Sardão até ao Porto das Barcas também, com tanta paragem para fotos). Esse percurso vale cada centímetro.
 
#10
Olá malta,
é já na próxima segunda feira que pela 3ª vez vou percorrer esses trilhos, ao ver as fotos até me babei todo pá, isso não vale, prá semana lá estarei
 
#11
Oi. Boa sorte para essa viagem! eu pretendo ir na ultima semana de Agosto!

Já agora, qual o mínimo de dias necessário para desfrutar de tudo?

Os percursos junto ao mar costumam ter muita areia ou são perfeitamente cicláveis?
 
#13
Também sou um dos que vai fazer esse percurso no inicio de Outubro. Vai ser uma semana de férias a pedalar até Sagres.

Uma pergunta, o regresso de Sagres dá para fazer de camioneta ou comboio com as bicicletas? Tem que ser com marcação prévia?
 
#14
Olá,
de Sagres não conheço forma de regressar, normalmente o pessoal vai até Lagos e ai regressa no InterCidades, tens é que embrulhar a bicicleta, o I.C. no Sul ainda não tem ganchos para bicicletas. Depois tens autocarros para Lisboa, mas nunca regressei de autocarro, não sei qual é o procedimento em relação ás bicicletas.
 
#16
Estou a pensar em fazer a Rota desde o cabo de São Vicente até Santiago do Cacém pelo caminho histórico em 2 dias, ou seja 1 etapa com cerca de 110 km e outra com cerca de 100 km.

Agora a minha dúvida é se a totalidade do percurso é maioritariamente clicável, trilhos largos e sem grande dificuldade técnica, ou se existem zonas perigosas e onde se tenha de ir a pé.

Sei que vou apanhar zonas de areia mas gostava de saber se o percurso é ao estilo do Alvalade Porto Covo, rolante e sem grande dificuldade técnica e onde se podem fazer km ou se será melhor dividir o percurso em 3 etapas.
 
#17
Boas António.

Vais fazer o caminho histórico ou os trilhos dos pescadores?

Eu tentei fazer a costa o mais junto ao mar possivel (não segui nada por GPS, fui à descoberta) e apanhei alguma (bastante) areia, excepto entre sines e vilanova de mil fontes que consegues perfeitamente ir perto do mar com trilhos largos e pouca areia!
 
#18
Olá,
não sei qual é o teu nível de preparação, mas a minha sugestão é que dividas isso em 3 etapas, eu fiz Tróia Sagres pelo Caminho Histórico em 3 dias e achei durinho, tenho 6 amigos que o fizeram em 2 dias e só 2 conseguiram chegar ao fim, com um valente empeno. O percurso a que me refiro, é o Caminho Histórico da Rota Vicentina mais o troço Tróia -Santiago que dificulta um pouco mais, mas mesmo só a Vicentina não é pêra doce
 
#19
Boas.

Vou aproveitar este tópico para colocar algumas duvidas.

Na vossa opinião quanto tempo leva fazer Troia --> Sagres? Pelo que li 3 dias chega. Confirmam?
Quais as etapas?
Há facilidade de dormidas e comidas nos locais de paragem?
O regresso é feito de comboio ou camioneta? E deve ser preciso um saco para a bike não?

Desde já grato a quem me ajudar!
 

SeteGu

Active Member
#20
Boas

Apenas posso ajudar no que ao comboio diz respeito: https://www.cp.pt/passageiros/pt/informacao-cliente/informacao-util/transporte-bicicletas

Dá para transportar bicicletas montadas nos Intercidades da Linha do Norte mas infelizmente ainda não na Linha do Sul:
CP said:
Intercidades das linhas da Beira Alta, Alentejo e Sul - As bicicletas podem ser transportadas desde que desmontadas e devidamente acondicionadas como bagagem que não exceda, nos porta volumes ou por baixo dos bancos, o espaço correspondente aos lugares a que tenham direito, num máximo de um volume por passageiro. Este transporte é gratuito.
Acondicionadas: saco próprio de transporte.