Até um dia Amigo, pedala em paz!

Eu não diria nada! Amor com amor se paga, olho por olho e dente por dente! Não traz ninguem de volta, mas pelo menos não andam por ai impunes! Desculpem o desabafo, mas a nossa justiça tudo justifica para o comum cidadão, mas se fosse um Boy a coisa metia logo Judite! Tenham cuidado, temos de cuidar de nos e nos outros! Na estrada já há pouco respeito entre automobilistas! E as bicicletas ainda fazem muita confusão a quem pouco ao nada sabe de condução e civismo! Cumpram regras e pratiquem condução defensiva, porque a minima distração pode ser fatal.
 
Os meus sentimentos á família e a todos os que privaram com o Nuno...

Respeito na estrada? onde? eu faço 5 treinos por semana e 2 deles são estrada,já pratico a modalidade desde os meus 14 anos e ontem se não salto na bike de estrada e me enfio por uma borda abaixo e caio a um campo, a esta hora não estaria a escrever pois o Camionista que sem mais ninguèm na estrada teve que me apertar e eu ía fora das linhas que definem a faixa de rodagem!!!!!!! e o reboque do veículo ainda me tocou.... respeito? Civismo? eles sabem lá o que isso é!
Desculpem o meu desabafo.
 
Antes de mais, os meus sentimentos à família e aos amigos mais chegados do Nuno.

Em segundo lugar, não é uma andorinha que faz a primavera. De facto os condutores portugueses (que deveremos ser quase todos nós) estão mais cautelosos. Infelizmente, continuarão a existir ovelhas negras, como em tudo.
 
É impressionante a friesa que se vê/sente neste tipo de situações. É inacreditável!!!! :|

Os meus sentidos pêsames aos amigos e famíliares. Descanse em páz!!

1 @br@ço, cumpts BTTistas :(
 
Se não estou enganado, e era quem eu estou a pensar, este companheiro ganhou até várias provas em Espanha... um poço e força e vontade de pedalar.... é assim... deixo também os meus sinceros sentimentos à família e amigos.

Rui Martins
 
Em 9 de Fevereiro de 2012, isto é, há poucos dias foi aprovada a Resolução da Assembleia de Republica n.º 14/2012 que recomenda o governo à promoção da mobilidade sustentável com recurso aos modos suaves de transporte, nomeadamente, através de medidas práticas que garantam efectivas condições de circulação aos seus utilizadores e o reforço da sua segurança.

Infelizmente e como tudo neste pais, algumas medidas que são tomadas não são colocadas em prática, ou em alguns casos, a Lei existe e não é cumprida.
É verdade que a falta de sensibilidade dos automobilistas para com todos os ciclistas que circulam nas estradas é por demais evidente, contudo parece haver casos a roçar a malvadez e em outros, um problema psicológico ou psíquico contra os utilizadores das duas rodas. Para estes, pena máxima.

É com enorme tristeza que recebo, uma vez mais, uma noticia da morte de um colega de pedalada.
As minhas sinceras condolências e que o mesmo descansa Paz.:(

 
Infelizmente, fica registado a perda de mais um amigo na nossa família Bttistas!
Cada vez mais, temos de ter uma atitude mais defensiva, optar por estradas com menos trânsito, etc.

Os meus sentimentos à família e amigos!