Ajuda compra de bicicleta para iniciação ao enduro

#43
O proprietário diz que ela esta parada ha alguns anos porque ele teve um problema de coração e deixou de poder utilizala e pelas fotos não se nota grandes marcas de uso abusivo so alguns riscos leves e um bocado de pó por estar parada mas a bicicleta está no porto e eu vivo em lisboa por isso não sei se é boa ideia comprar sem experimentala . Eu queria saber se acham que o preço é justo digamos assim se não estou a pagar muito
 

OPEN

Active Member
#45
Essa bike não é para enduro. Deve ter 120mm de curso atrás e à frente.

Para trilhos agressivos e saltos, pelo menos deves ter 140mm de curso, o ideal sempre de 160mm para cima.
Depois entram fatores como técnica, peso do atleta...qto melhor a bike mais perdoa o atleta.

Nesse caso concreto, fazes idea qto custa a manutenção desse sistema de suspensão "brain" da specialized? Provavelmente nunca foi alvo de uma revisão e por menos de 200€ não tratas da suspensão e amortecedor. Feitas as contas...

Acho o teu orçamento muito, muito apertado e comprar algo por esses valores a realidade é esta: o problema não é comprar, é manter.

Fazes 2 ou 3 saídas e a bike vai para o estaleiro, dpo não há dinheiro para arranjar....
 

OPEN

Active Member
#47
Saltos com uma hardtail, ou tens uma técnica apuradíssima ou então estragas material todos os dias!!!

Se fores pesadote e tiveres pouca técnica compra essa mas não abuses nos saltos..
 

Daemon

Active Member
#48
Há, de facto, quem faça algum enduro numa hardtail... mas não esperes acompanhar o pessoal das suspensão total, nem esperes muito conforto, e ainda requer muita técnica para não destruir a traseira nos saltos.... mas para o orçamento disponível, não podes mesmo esperar milagres.
 
#49
Eu não sou muito pesado tenho cerca de 71 kg e também ainda não faço saltos muito grandes queria começar a progredir e acho que a hardtail secalhar conseguia acompanhar essa progressão
 

DriveMe

Active Member
#50
O proprietário diz que ela esta parada ha alguns anos porque ele teve um problema de coração e deixou de poder utilizala e pelas fotos não se nota grandes marcas de uso abusivo so alguns riscos leves e um bocado de pó por estar parada mas a bicicleta está no porto e eu vivo em lisboa por isso não sei se é boa ideia comprar sem experimentala . Eu queria saber se acham que o preço é justo digamos assim se não estou a pagar muito
Parada aos anos? Como já te disseram, provavelmente tens de gastar algum nas suspensões (o amortecedor traseiro é Brain qq cena, vê aqui; informa-te se consegues revisionar isso e quanto vale a revisão), e talvez nos rolamentos do quadro (fora o resto).
E não é para enduro, é vocacionada para All Mountain, de à 14 anos atrás.
Com todo o respeito pelo vendedor, mesmo que estivesse pronta a andar (revisões feitas), e querendo algo desse género, não sei se dava mais de 300/350e pelo conjunto.

É a úncia opção que estás a ter em conta, dentro dos usados?
Na zona de Lisboa, deves ter mais oferta.

A Vitus tem boa pinta, geometrias porreiras para te divertires.
Seria uma boa escola (e escolha), mas acho que acabarias sempre por comprar mais tarde ou mais cedo uma FS.
 

Daemon

Active Member
#51
Eu não sou muito pesado tenho cerca de 71 kg e também ainda não faço saltos muito grandes queria começar a progredir e acho que a hardtail secalhar conseguia acompanhar essa progressão
Não tem nada a ver com o peso, mas sim com a técnica. Como deves perceber uma FS a roda traseira amortece, nas HT quando bate no chão é "fixo". Mas claro, ninguém nasce ensinado, e uma FS também não faz milagres...

Para iniciar se calhar preferia uma HT com geometria atual do que uma FS com geometria com + de 10 anos (e olha que sou defensor das FS para tudo, excepto para competição, que aí há que ter acima de tudo rendimento máximo).

O importante é escolheres uma bicicleta que gostes, para não te arrependeres mais tarde. E concordo com o DriveMe, acho que mais cedo ou mais tarde vais querer uma FS (com geometria atual) ;)
 
#52
Eu ajeito me a fazer revisão nas suspensões agora rolamentos nunca fiz eu secalhar vou aguentarme até a estação do outono aí o mercado fica mais baixo e conseguia mais bicicleta pelo dinheiro porque eu estou a começar a fazer drops e saltos e não queria que a bicicleta me atrasasse o desenvolvimento no sentido "não sei tento este salto é muito grande a bicicleta é capaz de não aguentar " . O mais complicado é q eu preciso no minimo de um quadro L e os anuncios são quase todos quadros M
 

Daemon

Active Member
#53
Aguenta-te com a que tens... fazes voltas mais simples, e vais treinando outro tipo de técnica que não os saltos ou drops grandes.... entretanto vais juntando o máximo de dinheiro que conseguires para tentares comprar logo o que tu queres!

Há muito que saber para andar "bem" de bicicleta... há sempre coisas novas para aprender, e bem difíceis. Os saltos/drops muitas vezes é só uma questão de coragem.
 

DriveMe

Active Member
#54
Essa Specialized não foi feita nem está equipada para saltos e drops.
E acredito que te safes a revisionar as suspensões.
A RS encontras o material facilmente, e para o amortecedor traseiro? Também?

Eu acho que tu não sabes bem o que queres, nem o que é o quê.
Fazes bem em aguentar até o Outono, até lá percebe e informa-te do que queres (o bom de comprarmos material com alguns anos é a facilidade de encontrar reviews e informações sobre os mesmos).
Digo isto com as melhores das intenções, estamos aqui para ajudar.
 
#55
É um bocado dificil decidir o que quero porque eu gosto muito de fazer descidas de downhill como o kamikaze que há em monsanto e queria progredir e começar a fazer saltos maiores que até à data passo ao lado em vez de saltar mas essa mesma bicicleta também tenho de comseguir pedalala para o topo para conseguir fazer varias descidas por isso n pode pesar uns 30 kilos e acho que tou a ter dificuldade em encontrar uma bicicleta que possua esse equilibrio ....
.dito isto ando de olho nas mondraker plunder susp frente: marzochi bomber 180
Susp atras: fox dhx 3.0
 

DriveMe

Active Member
#56
Já tive uma Plunder R (de 2009, salvo erro) com uma 66 na frente e DHX 5 a mola atrás.
Foi talvez a bicla mais divertida (e com o PVP mais alto) que tive até hoje.

A Plunder era vendida com desviador frontal (2x9; e tb era vendida com o HammerSchmidt), pelo que é uma ajuda no pedal.
Não vai pesar 30kg, mas vai estar acima dos 16/17kg, certamente (penso que só o quadro e amortecedor passam os 5kg; não vais ter muita margem para lhe tirar peso).
Mas tem atenção a isto: na altura havia o conceito de Freeride (talvez se assemelhe ao Rampage dos dias de hoje), que talvez descreva como um DH mais agressivo (drops abusados, saltos maiores, em que o relógio não era a prioridade), mas que tb exigia alguma facilidade de manobras. O material tinha de ter provas dadas. A Plunder estava neste segmento.

Experimenta-a, se achares que tens pernas para a levar nas tuas voltas, considera-a.
Garante que tens um guiador de 740-760mm, e um avanço curto, e estás pronto para as curvas.
Tem em conta que os modelos anteriores a 2009 (posso estar enganado, pesquisa sobre isto!) tiveram problemas com a escora (partia).

Como disseste, é difícil encontrares um equilíbrio.
Provavelmente, iria para algo mais robusto (virado mesmo para o DH), seria uma grande escola para saltos, drops, ganhares confiança, e a Plunder, para mim, está no ponto. Depois disso, técnica desenvolvida, olhas para uma máquina de Enduro (mas prepara 3 a 6x esse budget).
 
#57
A que eu estou a ver ja tem só um prato à frente ficando com 1×9 e também acho que é melhor comprar uma coisa mais robusta mesmo que seja mais pesada para subir tenho a certeza que posso abusar na descida sem medo de partir o material
 

DriveMe

Active Member
#58
Sim, mas 32/34T por 32/34T.. mais o peso, geometria.. tens de ter pernas.
De qq maneira, um desviador, manípulo e um prato não deve ser dificil de encontrar, mesmo usado. Idealmente, era juntar tb uma guia para dois pratos.